Real Estate Investment Funds (FII) were created in Brazil in 1993. During the period from 1993 to 2010, several laws and instructions were prepared, contributing for their development and maturation, but did not cause this market showed significant growth, reaching the number of 101 founds and Shareholders' Equity of R$ 8,321 million over a period of seventeen years. From the year 2010 the demand for founds investment grew significantly in 2015 reaching the number of 261 founds and Shareholders' Equity of R$ 61,703 million. This article aims to analyze the factors that may impact the transaction value of the shares of real estate investment funds, whether macroeconomic or own the assets that serve as collateral for these transactions. Thus, it evaluated the correlation indicator of Real Estate Investment Funds (IFIX) and macroeconomic indicators, and has also prepared a case study based on the Real Estate Investment Fund Ourinvest for analysis of the influence of specific factors of the asset, which is ballast of this fund, the pricing of the shares. In conclusion, it was observed that among the analyzed indicators, interest rates have a significant correlation with the IFIX and that can influence the investor at the time of pricing of fund shares.

Os Fundos de Investimento Imobiliário – FIIs foram criados no Brasil em 1993. Durante os anos de 1993 à 2010, foram elaboradas diversas leis e instruções que contribuíram para seu desenvolvimento e amadurecimento, mas não fizeram com que este mercado apresentasse crescimento significativo, atingindo o número de 101 FII e Patrimônio Líquido de R$ 8.321 milhões num período de dezessete anos. A partir do ano de 2010 a demanda por investimento em FIIs cresceu de modo significativo atingindo em 2015 o número de 261 FII e Patrimônio Líquido de R$ 61.703 milhões. Este artigo pretende analisar quais os fatores que podem impactar os valores de transações das cotas dos fundos de investimento imobiliário, sejam eles macroeconômicos ou próprios dos ativos que servem como lastro para estas operações. Deste modo, foi avaliada a correlação do indicador dos Fundos de Investimentos Imobiliários (IFIX) e indicadores macroeconômicos, e também foi elaborado um estudo de caso com base no Fundo de Investimento Imobiliário Ourinvest, para análise da influência dos fatores próprios do ativo, que é lastro deste fundo, na precificação das cotas. Como conclusão, observou-se que, dentre os indicadores analisados, as taxas de juros possuem significativa correlação com o IFIX e que podem influenciar o investidor no momento de precificação das cotas de fundos de investimento imobiliários.