Este estudo realiza uma análise sistemática da relação entre os preços das casas e a renda pessoal, derivando um modelo de equilíbrio espacial simples e realizando uma análise empírica usando dados para as 50 maiores áreas estatísticas metropolitanas dos EUA (MSAs) para o período 1980-2014. Na análise empírica, aplicamos ferramentas de análise de dados de painel de última geração, definimos renda de múltiplas formas, permitem heterogeneidade regional e controle de dependência espacial e endogeneidade. Tanto as considerações teóricas como os achados empíricos nos levam a concluir que a relação preço-renda da casa não é um bom indicador para as bolhas dos preços das casas. Achamos que a relação preço- renda da casa não é estável a longo prazo para a maioria das cidades. Em contraste, os modelos de regressão de painel que permitem a heterogeneidade regional e o controle de endogeneidade produzem equações estacionárias para os preços das casas na maioria dos MSAs. Entre outras descobertas, mostramos que é importante permitir a heterogeneidade em locais ao analisar a relação entre preços de casas e renda. As descobertas também têm implicações para as tendências da relação renda-renda.

This study undertakes a systematic analysis of the relationship between house prices and personal income by deriving a simple spatial equilibrium model and conducting an empirical analysis using data for the 50 largest U.S. Metropolitan Statistical Areas (MSAs) for the period 1980-2014. In the empirical analysis, we apply state-of-the-art panel data analysis tools, define income in multiple ways, allow for regional heterogeneity, and control for spatial dependence and endogeneity. Both theoretical considerations and empirical findings lead us to conclude that the house price-income ratio is not a good indicator for house price bubbles. We find that the house price-income ratio is not stable in the long run for most cities. In contrast, panel regression models that allow for regional heterogeneity and control for endogeneity yield stationary equations for house prices in most MSAs. Among other findings, we show that it is important to allow for heterogeneity across locations when analyzing the relationship between house prices and income. The findings also have implications for trends in the wealth-income relationship.