The Espírito Santo real estate market had its scenario changed since 2007, due to several factors, including the remarkable presence of large national companies in this sector. This fact influenced significantly in the change of values of the new endeavors, presenting security-linked concepts, welfare and customer social life, adding into their designs, for example, the emphasis on the leisure facilities, with many leisure options in a single condominium, and significant changes in the private areas of these endeavors, impacting its length, type and floor plan. Given these changes, I raised the question of what is in fact valued in a condominium with regard to the common and private areas. Therefore, the main objective was to understand what is essential for the customers in a multi-family condominium. To answer this question, I performed a market data analysis along with a case study, and qualitative and quantitative research in order to evaluate which items can be considered differential in a property and appreciated by customers. With the results, I found that even if this concept of leisure club is not used in an enterprise, there are four primary items (pool, ballroom, gym and barbecue area). In the private areas, despite being a major trend and opportunity to purchase and invest in compact apartments consisting of two bedrooms, properties with larger rooms are still the most valued, with three bedrooms, one bedroom suite and two parking spaces. However, it is important to note that these values can be changed over time, and that is why it is essential to make a constant analysis of what is desired at the time of the acquisition and analysis of a property, to achieve what the companies focus on, which is the customer satisfaction.

O mercado imobiliário capixaba teve seu cenário transformado a partir de 2007, gerado por diversos fatores, dentre eles, a presença marcante de empresas nacionais deste ramo no Estado do Espírito Santo. Este fato influenciou, significativamente, na mudança dos valores dos novos empreendimentos, que apresentaram conceitos atrelados à segurança, bem-estar e convívio social do cliente, inserindo em seus projetos, por exemplo, o enfoque do lazer clube, com diversas opções de lazer em um único condomínio, e alterações expressivas nas áreas privativas destes empreendimentos, impactando a metragem, tipologia e planta do imóvel. Diante destas alterações, levantou-se a questão do que é, realmente, valorizado em um condomínio em relação às áreas comuns e privativas. Assim sendo, o objetivo principal do trabalho foi entender o que é primordial para os clientes em um condomínio multifamiliar. Para obter a resposta desta questão, foram realizadas análises de dados do mercado, juntamente com um estudo de caso, e pesquisas qualitativa e quantitativa, para avaliar os itens que podem ser considerados diferenciais em um imóvel e apreciados pelos clientes. Diante de todos os estudos levantados, constatou-se que, mesmo que este conceito de lazer clube não seja empregado em um empreendimento, o primordial são quatro itens (piscina, salão de festas, sala de ginástica, churrasqueira), e nas áreas privativas, apesar ser uma grande tendência e oportunidade de compra e investimento lançar apartamentos compactos, compostos por dois quartos, imóveis com ambientes maiores são ainda os mais valorizados, com tipologia de três quartos, uma suíte e duas vagas de garagem. Contudo, vale ressaltar, que estes valores podem ser alterados ao longo do tempo, e por isso que é fundamental fazer uma análise constante do que é desejo no momento da avaliação e aquisição de um imóvel, para que se alcance o que tanto as empresas focam, que é a satisfação dos clientes.