The process of urban space structuring is the result of actions of a wide variety of social agents, among which it is possible to highlight the real estate developers. With them, housing production assumes a capitalist logic, seeking to maximize profit to the detriment of environmental aspects and the availability of urban infrastructure. In this way, the proximity of urban equipment, green areas and infrastructure are added to the value of the building, making location one of the main variables to consider about the price of a dwelling. Among the various urban equipments attractive to consumers, Higher Education Institutes (HEIs) stand out because they are an increasingly necessary activity in the present day and require daily attendance. It is assumed that the logic of real estate developers is to meet the consumer's wishes, locating their enterprises near these urban facilities. Thus, this article proposes to correlate the distribution of real estate ventures produced in the city of Natal/RN, from 1990 to 2017, with the HEIs existing in the city. For this, the geoprocessing of the residential real estate ventures and the HEI of the city was done, with subsequent generation of maps that provided data for the analyzes. The results showed that both seek to occupy the same spaces, in an attempt to provide their users with greater benefits, such as better infrastructure and accessibility. This makes spaces of high concentration of ventures and HEIs coexist with spaces devoid of both.

O processo de estruturação do espaço urbano é resultado de ações de uma ampla variedade de agentes sociais, dentre os quais é possível destacar os promotores imobiliários. Com eles, a produção de moradias assume uma lógica capitalista, procurando a maximização do lucro em detrimento de aspectos ambientais e da disponibilidade de infraestrutura urbana. Desta forma, a proximidade de equipamentos urbanos, áreas verdes e infraestrutura são somados ao valor da edificação, fazendo com que a localização seja uma das principais variáveis a se considerar sobre o preço de uma moradia. Dentre os vários equipamentos atrativos aos consumidores, destaca-se as Instituições de Ensino Superior (IES) por constituírem uma atividade crescentemente necessária nos dias atuais e que exige comparecimento diário. Supõe-se que a lógica dos promotores imobiliários seja atender os anseios do consumidor, localizando seus empreendimentos no entorno próximo desses equipamentos urbanos. Assim, esse trabalho se propõe a correlacionar a distribuição de empreendimentos imobiliários produzidos na cidade de Natal/RN, no período de 1990 à 2017, com as IES existentes no município, analisando a atratividade destas em relação aos empreendimentos. Para isso, foi feito um trabalho de geoprocessamento dos empreendimentos residenciais verticais e das IES da cidade, com posterior geração de mapas que forneceram dados para as análises. Os resultados mostraram que tanto os empreendimentos imobiliários quanto as IES buscam ocupar os mesmos espaços, na tentativa de fornecer aos seus usuários maiores benefícios, como melhor infraestrutura e acessibilidade. Isso faz com que coexistam na cidade espaços de elevada concentração de empreendimentos e IES com espaços desprovidos de ambos.