In the current economic situation, in the fall of construction activities in a recessionary market, real estate companies have reformulated their strategies to survive, to maintain or even to grow. The objective of this work is to recognize in residential construction companies what measures have been taken in the tactical, strategic or operational environments that have served to reduce or take advantage of the effects of the economic crisis of recent years. A survey was applied to several companies in the sector asking about their performance in the last years, which shows the actions taken in these different planning environments. The results showed a marked disposition of these companies for changes in the strategic planning and few changes in operational levels. Concluding on the common denominator in the planning of residential real estate companies facing markets in recession.

Na atual situação econômica, na queda de atividades na construção civil num mercado em recessão, as empresas de real estate têm reformulado suas estratégias para sobreviver, se manter ou inclusive crescer. O presente trabalho tem o objetivo de reconhecer em empresas construtoras de empreendimentos residenciais quais são as medidas tomadas nos ambientes tático, estratégico ou operacional que tem servido para aliviar os efeitos da crise econômica dos últimos anos. Aplicou-se uma pesquisa a várias empresas do setor sobre sua atuação nos últimos anos, a qual destaca as ações tomadas nesses diferentes ambientes de planejamento. Os resultados mostraram uma marcada disposição dessas empresas por mudanças no âmbito estratégico e poucas mudanças no patamar operacional. Concluindo-se sobre o comum denominador no planejamento de empresas do setor residencial frente a mercados em recessão.