The Student Housing niche has already matured in a number of countries in Europe, Asia and the United States. In 2018 alone, US $ 17.1 billion was invested in student housing worldwide, a 425% increase in ten years. New generations of students are demanding more for better quality accommodation, equipped rooms and private bathrooms, quite different from the traditional university accommodation, with old dormitories, shared bathrooms and dining halls. However, in Brazil this market is still underdeveloped in a corporate way, where the main agents are individual entrepreneurs (owners of republics) and public institutions, through university residential housing. Since the subject is still little explored in academic studies in Brazil, this research aimed, through an exploratory bibliographic survey, to describe the characteristics of the student real estate market and its singularities, the students and their aspirations, their preferences, residential satisfaction and factors. to choose student housing. In addition, concepts on real estate-based developments, which characterize this type of development, were addressed, as well as the definition of alternative real estate assets, which is part of the Student Housing sector, recognized as an asset class on a global scale. Finally, considerations were made about the factors that induce housing demand in the student real estate market and the processes to be considered in the development of projects in this sector.

O nicho de mercado Student Housing já atingiu a maturidade em vários países da Europa, Ásia e Estados Unidos. Somente no ano de 2018, foram investidos US $ 17,1 bilhões em moradias estudantis no mundo todo, um aumento de 425% em dez anos. As novas gerações de estudantes estão mais exigentes por uma melhor qualidade de acomodação, quartos equipados e banheiros privativos, bem diferente das acomodações tradicionalmente oferecidas pelas universidades, com dormitórios antigos, banheiros e refeitórios compartilhados. Contudo, no Brasil esse mercado ainda é pouco desenvolvido de forma corporativa, onde os principais agentes são empreendedores individuais (donos de repúblicas) e instituições públicas, por meio de moradias residenciais universitárias. Visto que o assunto é ainda é pouco abordado em estudos acadêmicos no Brasil, esta pesquisa objetivou, através de um levantamento bibliográfico exploratório, descrever as características do mercado imobiliário estudantil e suas singularidades, os estudantes e seus anseios, suas preferências, satisfação residencial e fatores pessoais para escolha da moradia estudantil. Além disso, foram abordados conceitos sobre os empreendimentos de base imobiliária, o qual caracteriza esse tipo de empreendimento, assim como a definição de ativos imobiliários alternativos, o qual está inserido o setor Student Housing, reconhecido desta maneira como classe de ativo em escala global. Finalmente, foram feitas considerações sobre os fatores indutores da demanda habitacional no mercado imobiliário estudantil e os processos a serem considerados no desenvolvimento de empreendimentos nesse setor.