According to Law 4,591 / 64, there are two types of construction for real estate developments: construction for a global contract or closed price, and construction for administration or cost price. The incorporations at cost have attracted investors and leveraged the real estate sector of the capital of Santa Catarina, due to a supposed economic advantage in relation to the incorporations at a closed price. However, there are no studies that confirm this premise. This completion of course work discusses the pros and cons of the cost price modality in relation to the closed price modality. The results of the study were derived from a survey that compared the amounts disbursed in a condominium apartment at a cost price, with another apartment, very similar, built at a closed price. The survey was complemented by an interview with the purchasers of units at cost price, who already had experience in the acquisition of units at a closed price, to reveal their comparative perception between the two modalities. The results pointed out that, by financial point of view, there was an economic advantage in the acquisition of units at cost price. The interviews showed that the perception of the purchasers of units in the cost price modality is positive, with no complaints regarding the modality. The interviewees, in general, asserted that they made savings on the purchase of the apartments at cost price, as proven in the case study.

De acordo com a Lei 4.591/64 existem duas modalidades de construção para as incorporações imobiliárias: construção por empreitada global ou preço fechado, e construção por administração ou preço de custo. As incorporações a preço de custo vêm atraindo investidores e alavancando o setor imobiliário da capital catarinense, em razão de suposta vantagem econômica em relação às incorporações a preço fechado. Entretanto, não há estudos que confirmem essa premissa. Este trabalho de conclusão de curso discorre sobre os prós e contras da modalidade preço de custo em relação à modalidade preço fechado. Os resultados que embasaram o estudo foram extraídos de uma pesquisa que comparou os valores desembolsados em um apartamento em condomínio a preço de custo com outro apartamento, muito similar, construído a preço fechado. A pesquisa foi complementada por uma entrevista realizada com os adquirentes de unidades a preço de custo, que já tinham experiência na aquisição de unidades a preço fechado, para revelar sua percepção comparativa entre as duas modalidades. Os resultados apontaram que, do ponto de vista financeiro, houve vantagem econômica na aquisição de unidades a preço de custo. As entrevistas demonstraram que a percepção dos adquirentes de unidades na modalidade preço de custo é positiva, sem queixas em relação à modalidade. Os entrevistados, de maneira geral, asseveraram que fizeram economia na compra dos apartamentos a preço de custo fato comprovado no estudo de caso.