The growth of the elderly population is a global phenomenon and, in Brazil, the changes take place in a radical, diffused and fairly accelerated way. According to an IBGE survey, published in July 2018, the share of people over 65 will reach 15% of the Brazilian population by 2034, exceeding the 20% barrier in 2046. In 2010, it was at 7.3%.

In the city of São Paulo, according to the Seade Foundation4, there are 1.7 million elderly people in the city, which corresponds to 15% of the total population. The increase of the activity of the elderly in the social and economic area is a reality in Brazil, fact that have attracted several companies from different sectors to explore this promising market and that tends to grow even more in the coming years.

The real estate companies, aiming at this specific public, have been presenting some undertakings that lead to the so-called gerontological awareness, that is, that seek to attend to both the differentiated building features for the specific needs, and also to adapt to the desires of this population that, for their life experience, tend to be differentiated and demanding.

Therefore, this is a specific product designed to meet a possible "niche" that appears to be emerging in the market, which may be fully consolidated in certain countries, and is currently been explored at the Brazilian Market as well.

The objective of this paper is to propose an array of some attributes for a housing Real Estate product to meet this market niche and could be adherent to the buying aspirations of this target audience, here mostly characterized by individuals aged between 65 and 75, part of A/B social class, and participants of the Baby Boomer and Xers5 generations. A review of the literature on the topic of Senior Housing in Brazil was conducted, as well as the exposure of the main experiences already implemented in the market of the city of São Paulo. In addition, a Case Study was carried out, characterized by a Field Survey, which produced an information framework that led to discussions, the formulation of the matrix and the final conclusion. This was conducted through a quantitative research, seeking to understand objectively the habits, needs and desires of this sub-segment of the population and thus test their adherence to a typical venture with attributes for a Senior Housing. Thus, it is intended to broaden the research on the subject, in order to sustain the current and future debates regarding this possible niche market.

O crescimento da população idosa é um fenômeno mundial e, no Brasil, as modificações ocorrem de forma radical, difusa e bastante acelerada. Segundo pesquisa do IBGE, publicada em julho de 2018, a fatia de pessoas com mais de 65 anos alcançará 15% da população brasileira já em 2034, ultrapassando a barreira de 20% em 2046. Em 2010, estava em 7,3%.

No município de São Paulo, segundo a Fundação Seade1,existem 1,7 milhão de idosos no município, o que corresponde a 15% da população paulistana.
A atuação mais ativa do idoso na área social e econômica é uma realidade cada vez mais presente, fato que têm atraído várias empresas de diferentes setores a explorar este mercado promissor e que tende a crescer ainda mais nos próximos anos.

As empresas do setor imobiliário, visando este público específico, vêm apresentando alguns empreendimentos que levam a chamada “consciência gerontológica”, isto é, que buscam atender tanto a características físicas diferenciadas para as necessidades específicas, como também para se adaptar aos anseios desta população que, por sua experiência de vida, tende a ser diferenciada e exigente.

Trata-se, portanto, de um produto específico, para atender um possível “nicho” que cresce no mercado, e que já está totalmente consolidado em determinados países, e atualmente se modela para o mercado brasileiro e que se define por Sênior Housing.2
O objetivo deste trabalho é propor alguns atributos para um produto imobiliário habitacional para atender este nicho de mercado e que seja aderente aos anseios de compra deste público alvo, o qual, em sua maioria, está caracterizado por indivíduos com idades entre 65 e 75 anos da classe A/B das gerações Baby Boomer e Xers.3

Realizou-se, para tanto, uma revisão da literatura a respeito do tema Senior Housing no Brasil além de citar as principais experiências já implementadas no mercado da cidade de São Paulo. Além disso, foi realizado um Estudo de Caso que aqui se caracteriza por um Levantamento de Campo, o qual produziu um referencial de informações que levou à obtenção dos dados, análise, discussão, proposta e conclusão final. Este foi realizado através de uma pesquisa quantitativa, buscando entender de forma objetiva os hábitos, necessidades e anseios deste subsegmento de mercado e assim, testar a aderência deste a um empreendimento atributos para o Senior Housing.

Desta forma, se pretende ampliar a pesquisa sobre o tema, de forma a sustentar os debates atuais e futuros em relação a este possível nicho de mercado e seus anseios.