The follow-up of the physical and financial progress made only on the basis of measurements for contractors, do not have links with a schedule, so, even if the measurements are beyond or below expectations, the deadline will remain unchanged. For this problem not to occur, a method is proposed, where the measurement is linked to the schedule, that is, the inputs found in budget, are appropriated to schedule activities, with their respective quantities and costs. Therefore, it is possible to carry out a follow-up that will be directly aligned with the construction deadline, where any progress beyond what is expected will represent an advance of the deadline, as well as less than expected progress will represent delays in the final deadline. In addition to the comparison, it is possible to obtain projections of new curves, based on the timeline used.

O acompanhamento de evolução físico-financeiro realizado apenas com base em medições para empreiteiros, não possuem vínculos a prazo de cronograma, sendo assim, mesmo que as medições se encontrem além ou aquém das previstas, o prazo continuará inalterado. Para que este problema não ocorra, propõe-se um método, onde a medição está vinculada ao cronograma, ou seja, os insumos encontrados em orçamento, são apropriados a atividades de cronograma, com suas respectivas quantidades e custos. Sendo assim, é possível realizar um acompanhamento que estará diretamente alinhado ao prazo de obra, onde todo andamento além do previsto representará adiantamento de prazo, assim como andamentos inferiores ao previsto representarão atrasos no prazo final. Além da comparação, é possível obter projeções de novas curvas, com base no cronograma utilizado.