In the use of the evolution method, the value of the property is determined by the parcels of the value of the land and its improvements, an addition that later come to be adjusted by the commercialization factor. The land normally is evaluated for the comparative method, therefore an statistical process that results in a value band. In the case of the improvements, the evaluation makes through detailed budget or with table use where unitary values for standardized projects are indicated. Therefore, in any of these procedures, the process finishes being non-statistical, result then for indicating a prompt value for this parcel that composes the value of the property. Thus it remains harmed the determination of a confidence Interval for the property, since the evaluation finishes being carried through for mix methodology - statistician and non-statistician, respectively. With the use of the Monte Carlo techniques, we can simulate the reproduction of these innumerable improvements times, making possible the attainment of a sample of costs that can then receive treatment statistical, that allows to construction confidence interval of this parcel and an interval for the addition of two independent populations, that must represent the limits that the value of market of the property if locates with certain degree of significance.

Na utilização do método evolutivo, o valor do imóvel é determinado pela parcelas do valor do terreno e suas benfeitorias, uma soma que posteriormente vêm ser sopesada pelo fator de comercialização. O terreno normalmente se avalia pelo método comparativo, portanto por um processo estatístico que resulta numa faixa de valor. No caso das benfeitorias, a avaliação se faz através de orçamento detalhado ou com uso de tabelas onde são indicados valores unitários para projetos padronizados. Portanto, em qualquer desses procedimentos, o processo acaba sendo determinístico, resultado então por indicar um valor pontual para essa parcela que compõe o valor do imóvel. Assim resta prejudicada a determinação de um Intervalo de Confiança para o imóvel, visto que a avaliação acaba sendo realizada por metodologia hibrida – estatístico e determinístico, respectivamente. Com a utilização da técnica de Monte Carlo, podemos simular a reprodução dessas benfeitorias inúmeras vezes, possibilitando a obtenção de uma amostra de custos que podem então receber tratamento estatístico, que permite a construção de intervalo de Confiança dessa parcela e conseqüentemente um intervalo para a soma de duas populações independentes, que deve representar os limites que o valor de mercado do imóvel se posiciona com certo grau de significância.