(versão revisada)

Between September/2005 and October/2007, representative companies of Brazilian residential real estate market had adopted the strategy to increase their investment capacity by initial public offer (IPO). The context was favorable for residential real estate production to middle class because of two main factors: first, regarding to better conditions of financing to purchase residential properties promoted by the Brazilian finance system restructure from 2005, and, second, regarding to certainty demand in this market (middle class), considering that the majority of companies had focused on upper class market in order to guarantee the sales resources in the production phase. In this way, to attend the middle-class demand, it was necessary to enhance the investment capacity of the real estate companies. These factors, associated to the good expectations on Brazilian economy scenario as well as the global economy, encouraged the representative companies of Brazilian residential real estate market to increase their investment capacity by IPO, in a short time. The focus of this article is to analyze the quality of the investment in stocks of these Real Estate companies (15 offers were taking into account in the analysis). In order to identify in which expectations these companies supported their decisions to enter in Bovespa with the occurred prices and amounts, were also analyzed the offers correlations against BOVESPA Index (market index). Based on the results, it is possible to conclude that these offers were not supported by validated procedures of pricing, representing just speculative offers.

No ciclo de set/2005 a out/2007 empresas representativas do mercado brasileiro de real estate residencial adotaram a estratégia de captar recursos via mercado de capitais. O contexto se mostrava favorável para produção de imóveis destinados a classe média, por dois principais fatores, primeiro, em razão das melhores condições de financiamentos para a compra de imóveis decorrente da reestruturação do sistema financeiro habitacional brasileiro a partir de 2005, e, segundo, por ser um segmento de mercado com demanda não atendida, já que boa parte das empresas focava para a produção de imóveis para a classe média alta e alta em razão da maior poupança dos compradores, que facilitava o encaixe de preço no ciclo de implantação e reduzia a necessidade de investimento por parte das empresas. Nesse sentido, para atender a demanda da classe média restava às empresas aumentarem sua capacidade de investimento para produção. A estratégia de capitalização via mercado de capitais, por meios das IPOs, foi adotada pelas empresas mais representativas, em curto intervalo de tempo. O foco do artigo consiste na análise da qualidade de investimento nas ações dessas empresas (fazem parte da análise 15 ofertas). Na finalidade de identificar em quais expectativas as empresas se apoiaram para entrarem na Bovespa nos períodos, volumes e preços ocorridos, foram analisadas as correlações dessas ofertas com o índice de mercado (IBOVESPA). A partir dos resultados obtidos, por meio do método de valuation mais conhecido e fundamentado, é possível concluir que a colocação das ofertas não foi sustentada em procedimentos validados de precificação, configurando ofertas meramente especulativas.