This study examines concepts of Markowitz’s Portfolio Theory and discusses their applicability to an investment portfolio composed of financial and real estate assets. After a review of the literature on the concepts of portfolio management theory and Markowitz Portfolio Theory, a model was prepared using such theory. The model was then applied to an actual portfolio composed of financial and real estate assets, in order to identify the influence that changes in the weight of assets exercise over the risk-return relationship in the portfolio, and thus determine whether the model can serve as one more tool to assist managers of investment portfolios composed of real estate assets. The study indicated that there are limitations on the applicability of Markowitz’s Theory to portfolios composed of real estate assets. Despite these limitations, the model showed itself to be effective, leading to the conclusion that it can be an important auxiliary tool in assisting managers to distribute assets in a mixed portfolio in a more efficient way.

O presente estudo aborda conceitos da Teoria de Carteiras de Markowitz e discute sua aplicabilidade a uma carteira de investimentos composta por ativos financeiros e ativos do Real Estate. Após uma revisão da literatura acerca dos conceitos inerentes à gestão de carteiras de investimentos e à Teoria de Carteiras de Markowitz, foi elaborado um modelo fundamentado nesta teoria. Posteriormente, o modelo foi aplicado a uma carteira real, composta por ativos financeiros e ativos do Real Estate, para se verificar a influência que a modificação do peso dos ativos exerce sobre a relação risco e retorno da carteira. Buscou-se assim, avaliar se tal modelo pode servir como mais uma ferramenta para auxiliar o gestor de carteiras de investimentos compostas por ativos do Real Estate. Por meio do presente estudo, foi possível concluir que existem limitações à aplicabilidade da Teoria de Markowitz a carteiras compostas por ativos do Real Estate, justamente em face das especificidades deste setor. Apesar das limitações existentes, a aplicação do modelo mostrou-se eficaz, consistindo em um importante instrumento para auxiliar o gestor a distribuir os ativos de uma carteira mista de uma forma mais eficiente.