After 2007 the scenario of the Brazilian residential market has been largely changed due to the capitalization of companies via IPO. Manaus wasn ́t different. This new reality brought on the one hand the diversification, professionalism and transparency of 'foreign' companies, but also launched the frenzied race to land, unprecedented in the city so far. The objective of this research is to show how the real estate residential market in Manaus reacted with the arrival of traded companies. To analyze the evolution of prices per square meter of area launches from 2007 to 2011 and the behavior of the consumer market. Introducing the effects after the initial free competition in order to understand the chain effect that led to soaring property prices.

Após 2007 o cenário do mercado imobiliário residencial brasileiro foi amplamente alterado em virtude da capitalização das empresas via IPO. Em Manaus não foi diferente. Esta nova realidade trouxe por um lado a diversificação da oferta, o profissionalismo e transparências das empresas “estrangeiras”, mas lançou também a desenfreada corrida aos terrenos, inédita na cidade até aquele momento. O objetivo desta pesquisa é apresentar como o mercado de incorporações residenciais de Manaus reagiu com a chegada das empresas de capital aberto. Analisar a evolução dos preços do metro quadrado de área privativa dos lançamentos de 2007 a 2011 e o comportamento do mercado consumidor. Apresentando os efeitos posteriores a inicial livre concorrência com o intuito de entender o efeito em cadeia que levaram a forte alta nos preços dos imóveis.