This paper proposes an analysis of the housing market in Goiania focusing on economic segment. The literature review deals with the Brazilian real estate market and features the segment of smaller enterprise standard and social housing. The methodology involved two steps. The first step was a survey in relation to market indicators for the studied segment. So a greater focus is given to residential buildings by type of multipavimentos two bedrooms, especially for businesses with more units sold, considering factors such as price per meter square, private area and location. In a second step, was done a case study at a construction in Goiás, identifying the strategies adopted by the market for social housing coupled with its production. The results of the survey data confirm the heating of the real estate sector in the economic segment of Goiás. The case study confirms the main difficulties in building houses for the sector, such as hiring skilled people, bureaucratic aspects of tax and financing, and acquisition of quality materials affordable and enable for the business. This intense heating is mainly due to increased economic power of the population, the government subsidies and funding opportunities.

Este trabalho propõe uma análise do mercado imobiliário de Goiânia com enfoque no segmento econômico. A revisão bibliográfica trata do mercado imobiliário brasileiro e caracteriza o segmento de empreendimentos de menor padrão e habitações de interesse social. A metodologia abrangeu duas etapas. Na primeira etapa foi feito um levantamento em relação aos indicadores de mercado relativos ao segmento estudado. Para tanto um enfoque maior é dado às edificações residenciais de multipavimentos segundo a tipologia de dois quartos, com destaque para os empreendimentos com mais unidades vendidas, considerando fatores como preço do metro quadrado, área privativa e localização. Em uma segunda etapa foi feito um estudo de caso em uma construtora goiana, buscando identificar as estratégias adotadas pelo mercado de habitação de interesse social aliadas à sua produção. Os resultados confirmam o aquecimento do setor imobiliário goiano no segmento econômico a partir dos dados do levantamento. O estudo de caso confirma as principais dificuldades na construção de casas para esse setor tais como a contratação de mão de obra qualificada, aspectos burocráticos de impostos e financiamentos, além da aquisição de materiais de qualidade com preço acessível e que viabilizem o negócio. Este forte aquecimento deve-se principalmente ao aumento de poder econômico da população, aos subsídios do governo e as possibilidades de financiamento.