Competitive Intelligence (CI) is a tool that allows the transformation of information into structured knowledge to support decision making in organizations. This tool is gaining more and more relevance, as companies realize the need to make decisions backed by quality information, so that they can remain competitive and still achieve growth targets (Bose, 2008). In the real estate market, also referred to as the real estate sector, significant changes and fluctuations have occurred in the past seven years, due to macroeconomic and sector reasons, whose transformations had a direct impact into the strategies adopted by companies in the sector (SOUZA, 2010; CAMARGO, 2011) In this context, the application of IC to support strategic decisions can influence the results to be achieved by organizations significantly. Another highlight of this tool is its importance for small and medium enterprises, whose structures are sometimes more prone to fluctuations in the operation environment. Based on this, this study aims at identifying the implementation of CI as a support to strategic decisions in a medium-sized Real Estate company. This analysis was performed using a multiple case study, which identified the main characteristics of the IC implementation, as well as aspects of weaknesses in using this tool. The model allows the application to other companies with similar structure in the industry, in order to motivate reflections that lead to the improvement of processes adopted by small and medium Real Estate enterprises.

A Inteligência Competitiva (IC) é uma ferramenta que permite a transformação da informação em conhecimento estruturado para apoiar a tomada de decisão nas organizações. Essa ferramenta vem ganhando cada vez mais relevância, tendo em vista a percepção das empresas quanto à necessidade de tomar decisões lastreadas em informações de qualidade para que possam manter a competitividade ou ainda alcançar metas de crescimento (BOSE, 2008). No mercado imobiliário, também referenciado como setor do real estate, significativas transformações e oscilações ocorreram nos últimos 7 anos, em decorrência de aspectos macroeconômicos e setoriais, cujas transformações refletiram diretamente nas estratégias adotadas pelas empresas do setor (SOUZA, 2010; CAMARGO, 2011). Neste contexto, a aplicação da IC como apoio às decisões estratégicas pode exercer grande influência nos resultados a serem alcançados pelas organizações. Destaca-se ainda a importância desta ferramenta para pequenas e médias empresas, cujas estruturas, por vezes, são mais suscetíveis às oscilações do ambiente de atuação. Frente ao exposto, o presente trabalho objetiva identificar a aplicação da IC como apoio às decisões estratégicas em uma empresa de médio porte atuante no setor do Real Estate. Tal análise foi realizada por meio de um estudo de caso múltiplo, que permitiu identificar as principais características de aplicação da IC, assim como aspectos de fragilidades na utilização desta ferramenta. O modelo adotado permite a aplicação em outras empresas do setor, com estrutura similar, de forma a motivar reflexões que levem à melhoria dos processos adotados por pequenas e médias empresas do real estate.