Reits became a popular and interesting investment option in last years. This kind of investment had their origin in the US, and the regularization in Brazil was in the 90’s. In this context, the capital market gain in popularity as an investment. In this way, those options can be represented by indexes, the IFIX for the Real Estate Investment Trusts and the IBOVESPA for the overall capital market. Within this, the both indexes represent investment options in the Brazilian market, and present risk and returns in their investment nature. So, this research has as aim to show the risk relation between Brazilian REITS and the Overall market. With that, to achieve the aim, was used an mixed econometric model, initially using was to estimate an autoregressive modeling AR(1), to the indexes series IFIX and IBOVESPA. From this, was founded the estimation errors (et), and after that they was raised to their quadratic form, obtaining in this sense their variances. Thus, was realized the estimation of a regression coefficients of the variances. First was estimate the mean and the standard deviation, where was found that IBOV has a higher values of mean and standard deviation than the IFIX. From this, was estimated the autoregressive models for both series. After that, the correlation matrix was found, showing that exist a low correlation between the quadratic errors. Showing that, there is a weak relation between the market risk and the Brazilian REITS. Thus, the research demonstrates a lower relation in those investment options, encouraging the usage of this assets in a investment portfolio.

Os fundos de investimento imobiliário tornaram-se uma opção de investimento com certa popularidade nos últimos anos. Esta modalidade de investimento teve sua origem nos Estados Unidos, sendo regularizados no Brasil na década de 90. Dentro deste contexto, o mercado de capitais também se tornou de maior popularidade. Sendo assim, estes dois índices representam opções de investimento no mercado brasileiro, e apresentam riscos e retornos inerentes a sua natureza de aplicação. Desta forma, esta pesquisa tem como objetivo, demonstrar a relação de risco entre os Fundos de Investimento Imobiliário, e o mercado de capitais em geral. Com isso, para alcançar os objetivos da proposta pesquisa, foi utilizado um modelo econométrico misto, usando inicialmente uma modelagem autoregressiva AR(1), para as séries do índice IFIX e IBOBESPA. Com isso, posteriormente foram encontrados os erros de estimação (et), os quais foram elevados ao quadrado, obtendo a variância das séries univariadas. Sendo assim, partiu-se para a estimação de uma regressão com os erros quadráticos dos modelos univariados dos índices estudados. Como resultados, foram estimadas as estatísticas descritivas de média e desvio padrão das séries estudadas, onde o índice do mercado imobiliário apresentou menor média e desvio padrão (IFIX) em relação ao índice de mercado (IBOV). Partindo disto, foram estimados os modelos AR(1) para as duas séries, sendo eles aceitos já que apresentaram coeficientes. Tendo estes modelos estimados, os resíduos destas modelagens foram utilizados para a estimação de uma matriz de correlações, onde foi demonstrado que existe uma correlação fraca entre os erros quadráticos, demonstrando assim, que existe uma fraca relação de entre os riscos do mercado de fundos imobiliários e o mercado em geral. Sendo assim, a pesquisa demonstrou que existe uma baixa relação de risco entre os fundos imobiliários e o mercado em geral, encorajando o uso destes ativos em uma carteira de investimentos.