This study has as aim analyze how economic factors, as interest rate, Construction Cost Index, the speed of sales, the Gross Domestic Product, and average income of the population and the economically active population, influence the price of rents and sales of residential real estate in Porto Alegre/RS. The real estate price is directly related to his characteristics and to economy of his country. After a period of rise in the real estate market was verified that the real estates had gained an appreciation of real estate prices lower than the inflation. To this end, several variables can explain this phenomenon as price stability, the fall in interest rates and credit expansion. To test the influence of macroeconomic factors in real estate prices, was used a multiple linear regression model. Through waste normality tests, we used the tests of Kolgomorov -Smirnov, Lilliefors and Shapiro-Wilk. To multicollinearity of the independent variables, was used factor inflation, or Variance Inflation Factor and for homoscedasticity we analyzed the constant variance. In addition, we had done a multiple linear regression analysis to associate the influence of macroeconomic factors. It is noteworthy that the appreciation/depreciation of real estates were influenced by the gradual increase of the National Construction Cost Index. Therefore, these factors contributed to the research aim could be achieved.

O estudo analisa o quanto que os fatores econômicos, como a taxa Selic, Índice Nacional de Custo da Construção, Índice de Velocidade de Vendas de imóveis, Produto Interno Bruto, bem como, a Renda média da população e a População economicamente ativa, influenciam nos preços dos aluguéis e de venda dos imóveis na cidade de Porto Alegre/RS. O valor de um imóvel está relacionado às suas características, e economia de seu país, porém após um período de ascensão do mercado imobiliário verificou-se que os imóveis passaram a ter uma valorização inferior à inflação. Para tanto, diversas variáveis podem explicar esse fenômeno como, a estabilidade de preços, a queda na taxa de juros e a expansão do crédito. Para testar a influência dos fatores macroeconômicos nos preços dos imóveis, utilizou-se a técnica estatística de regressão linear múltipla, assim como, testes de normalidade dos resíduos, Kolgomorov-Smirnov, Lilliefors e Shapiro-Wilk. Para multicolinearidade das variáveis independentes, realizou-se o teste fator de inflação da variância, ou Variance Inflation Factor e para a homocedasticidade analisou-se a variância constante. Destaca-se que a valorização/desvalorização dos imóveis foi influenciada pelo aumento gradativo do Índice Nacional de Custo da Construção, tal como pela Renda Média da População e pela População Economicamente Ativa. Portanto, esses fatores contribuíram para que o objetivo da pesquisa pudesse ser atingido.