The valuation of different assets is broadly utilized in several sectors and in various contexts. The growing globalization of business makes necessary the existence of international standards so that valuations can be conducted and delivered with transparency, consistency and credibility. Besides, because of the integration between the real estate market and the financial world, through its funds or development incentives, there is a need to comply with certain standards, amongst them the international valuation standard. The International Valuation Standards Council (IVSC) is the independent global standard setter – known as International Valuation Standards (IVS) - for valuation practice and the valuation profession. Despite the existence of the IVS, there are still the local standards that could differ from the international standard, causing normative disassociation and confusion among international investors. In Brazil, the valuation standard is NBR 14653 – Assets Appraisal, created by the Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). The objective of this study is to compare the stated standards so that the Brazilian valuation professional can understand its requisites and how it is made in an international scenario and thus, keep competitive in the market and broaden the opportunities.

As avaliações de diferentes ativos são amplamente utilizadas em diversos setores e em vários contextos. A crescente globalização dos negócios faz com que seja necessária a existência de padrões internacionais para que as avaliações possam ser conduzidas e entregues com transparência, consistência e credibilidade. Além disso, em função da integração do mercado imobiliário com o mundo financeiro, seja através de fundos ou incentivos ao desenvolvimento, existe uma demanda de atendimento de normas específicas, dentre elas a norma internacional de avaliação. O International Valuation Standards Council (IVSC) é a entidade reconhecida que produz as normas internacionais de avaliação, conhecidas como International Valuation Standards (IVS). No entanto, apesar da existência destas, ainda há as normas locais que, por vezes apresentam variações em relação a norma internacional que podem causar confusões para investidores internacionais e desassociações normativas. No Brasil, a norma responsável por fornecer as diretrizes para o trabalho de avaliação é a NBR 14653 – Avaliação de bens, elaborada pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). O objetivo deste estudo é comparar as referidas normas para o avaliador brasileiro entender seus requisitos e o modo de funcionamento da atividade num cenário internacional e assim, se manter competitivo no mercado e ampliar seu horizonte de possibilidades.