The current economic instability in the country, which has worsened in recent years has generated insecurity in real estate investors. Where once there were great gains, appreciation and high constants, today it presents risk, stagnation and an exacerbated timidity due to the current dynamics of the market. However, arbitrage opportunities can present better returns taking into account the same type of investment. However, the real estate investor should look more closely at each opportunity before making the decision to invest. The objective of this study was to compare real estate investments in Fortaleza with fixed income investments. In order to do so, a comparative analysis of profitability and market risk using the SHARPE index among the 20 most traded neighborhoods of Fortaleza, considering them as real estate funds (FII), and public securities TFB, NFB, NTN-B, NTN-Main B, NTN-C and NTN-F during the period from January / 14 to December / 17. As a result, it was found that in the year 2014, 25% of the districts had an average return of between 2% and 3% a month, and approximately 75% had higher returns than public bonds, which had yields below 1% per month. As of 2015, this movement has reversed and Fortaleza's neighborhoods started to show lower average yields than investments in public bonds, which means investment with greater risks for investments in the real estate market. In 2016, Sharpe's index values were between -3.00% and -0.44%, indicating an increased risk in the industry. In this way, public bonds became more attractive between 2015 and 2017. In 2017, average profitability in the neighborhoods of Fortaleza showed signs of improvement, but still did not surpass fixed-income investments. The results found can help investors improve the quality of their decisions by seeking a more secure position during the crisis period.

A atual instabilidade econômica no país, que se agravou nos últimos anos tem gerado insegurança nos investidores imobiliários. Onde antes existiam grandes ganhos, valorização e constantes altas, hoje apresenta risco, estagnação e uma timidez exacerbada em função da dinâmica atual do mercado. Entretanto, as oportunidades de arbitragem podem apresentar melhores rentabilidades levando em consideração a mesma tipologia de investimento. Todavia, o investidor imobiliário deve analisar mais atentamente cada oportunidade antes de tomar a decisão de investir. O objetivo deste trabalho foi comparar os investimentos imobiliários em Fortaleza com os investimentos de renda fixa. Para tanto, foi realizado uma análise comparativa de rentabilidade e risco de mercado utilizando o índice de SHARPE entre os 20 bairros mais negociados de Fortaleza, considerando-os como fundos imobiliários (FII), e os títulos públicos LFT, LTN, NTN-B, NTN-B principal, NTN-C e NTN-F durante o período de janeiro/14 a dezembro/17. Como resultado foi encontrado que, no ano de 2014, 25% dos bairros apresentaram rentabilidade média entre 2% e 3% ao mês e aproximadamente 75% apresentavam rentabilidades maiores do que os títulos públicos, que apresentavam rentabilidades abaixo de 1% ao mês. A partir de 2015, esse movimento se inverteu e os bairros de Fortaleza começaram a apresentar rentabilidades médias menores que os investimentos em títulos públicos, o que significa investimento com riscos maiores para os investimentos no mercado imobiliário. Em 2016, os valores do índice de Sharpe ficaram entre -3,00% e - 0,44%, indicando um aumento do risco no setor. Desta forma, os títulos públicos ficaram mais atraentes entre 2015 e 2017. Em 2017, a rentabilidade média nos bairros de Fortaleza apresentou sinais de melhoria, mas ainda não superaram os investimentos de renda fixa. Os resultados encontrados podem ajudar os investidores a melhorar a qualidade das suas decisões, buscando uma posição mais segurança durante o período de crise.