Keywords Abstract
Giglio, Ernesto Michelange, Marcos Goggi, and José Antonio Fantin. "A Aplicação dos Princípios de Redes de Negócios nas Empresas Imobiliárias: Uma Proposta a Partir de Reflexões e Exemplos de Redes Brasileiras." In 12ª Conferência Internacional da LARES. The application of business networks’ principles in real estates companies: A propose model from reflections and examples of Brazilian networks. São Paulo, 2012.

O objetivo é apresentar os princípios da teoria de redes de negócios e discutir as possibilidades de desenvolvimentos de redes imobiliárias, indo além da estrutura hoje presente nos portais de redes na Internet. A afirmativa central é que toda empresa está em rede, quer utilize, ou não, suas ligações e que as empresas imobiliárias podem e devem desenvolver suas redes. Os autores realizaram pesquisa bibliográfica e verificaram que o tema de redes está ausente no negócio imobiliário, o que constitui uma lacuna quando se consideram as vantagens estratégicas de ações coletivas. Após a explicação dos princípios e da pesquisa bibliográfica apresenta-se um modelo para formação de redes e são analisados três casos de redes brasileiras. A análise mostrou que o modelo tem capacidade de diferenciar os estágios e estruturas das redes, além de oferecer linhas de ação gerencial. Nas conclusões discutem-se os desdobramentos e conseqüências da proposta. O benefício teórico consiste na divulgação da teoria de redes, considerada na literatura acadêmica internacional como uma nova forma de compreender e realizar negócios. O beneficio metodológico consiste em apresentar um modelo de formação e desenvolvimento de redes, que pode ser utilizado tanto para pesquisas acadêmicas, quanto para ações gerencias. O benefício gerencial consiste em oferecer um modelo instrumental para as ações dos gerentes de redes imobiliárias.

Silva, Osvaldo, Alice Brasileiro, and Cristiane Duarte. "A Arquitetura como fator valorativo na avaliação de apartamentos no Rio de Janeiro." In 12ª Conferência Internacional da LARES. Architecture as a comparative factor in apartments’ assessment in Rio de Janeiro. São Paulo, 2012.

Na avaliação de imóveis, os procedimentos avaliatórios são regidos pelas normas técnicas; especialmente naquelas de cunho judicial, discordâncias e questionamentos serão tratados segundo o que preconizam as normas estabelecidas. No que tange à avaliação de apartamentos, o método mais utilizado é o comparativo de dados de mercado. É necessário, porém, que os dados amostrais sejam suficientemente compatíveis com o imóvel avaliando, para que se tenha uma justa noção de seu valor. A pesquisa que fundamenta este artigo mostra que podem ocorrer diferenças no valor das unidades, ao serem levados em consideração aspectos arquitetônicos e urbanísticos como fatores de comparação. Na medida em que as normas técnicas não caminham para essa direção, ou, ao contrário, apontam para uma tendência de massificação na avaliação, com procedimentos que exigem um grande número de dados amostrais, elas reduzem a possibilidade de uma avaliação mais precisa e cuidadosa. Ao necessitar de grande quantidade de dados, reduzem-se as possibilidades de encontrá-los suficientemente semelhantes e próximos ao imóvel avaliando, sendo necessário reduzir cada vez mais o número de fatores comparativos, tornando a avaliação uma análise superficial e sem a necessária fundamentação em relação às características do imóvel, como foi constatado em pesquisa realizada na cidade do Rio de Janeiro, em apartamentos de dois a três quartos, voltados para a classe média. A pesquisa foi iniciada a partir de uma perícia judicial para determinação do valor de um imóvel nos termos da norma vigente à época. Mais tarde, se verificou que o mesmo era afetado pelas suas características arquitetônicas em relação às mesmas características qualitativas dos dados amostrais. Como procedimento metodológico, foi utilizado o método comparativo direto de dados de mercado, demonstrando como a inserção de um novo fator, denominado Fator de Arquitetura e Urbanismo, pode embasar decisões e tornar mais justa a determinação do valor de mercado de um apartamento.

Netto, Cássio Roberto Leite, and Enrico Dalla Riva. "A INFLUÊNCIA DO CRÉDITO IMOBILIÁRIO E DO NÍVEL DE RENDA DAS PESSOAS NOS PREÇOS DOS IMÓVEIS RESIDENCIAIS NO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO." In 12ª Conferência Internacional da LARES. THE INFLUENCE OF REAL ESTATE CREDIT AND LEVEL OF INCOME IN RESIDENTIAL REAL ESTATE PRICES IN THE CITY OF SÃO PAULO. São Paulo, 2012.

O propósito desse artigo é avaliar a importância do financiamento imobiliário residencial e da renda das famílias na variação dos preços dos imóveis residenciais no município de São Paulo. Os preços dos imóveis têm se elevado de maneira inédita no país, suscitando dúvidas sobre a sustentação dessa elevação. Há quem diga que esse incremento de preços é fundado no aumento do nível de renda da população, e ainda, num mercado historicamente reprimido, mas há quem defenda que a causa fundamental tem sido o acelerado aumento nas concessões de crédito para o financiamento de compra e construção de unidades habitacionais. Utilizando a técnica de regressão linear de séries temporais de variáveis ligadas ao setor da construção civil, por meio do método dos mínimos quadrados ordinários (MQO), foram realizados diversos testes estatísticos para avaliar quais seriam aquelas com maior poder explicativo em relação ao aumento de preços medido pelo índice Fipe-Zap de preço de venda dos imóveis residenciais na cidade de São Paulo. O resultado ao qual se chegou sustenta as duas hipóteses, tanto de que o aumento de renda quanto o aumento na liberação de financiamentos possuem influência relevante nos preços dos imóveis. E ainda, que cada variável tomada isoladamente num modelo de regressão simples, possui menor poder explicativo que o modelo integrado por ambas e ainda por outras variáveis ligadas ao setor.

Gottiniaux, Cátia Rocha Vicentini, and Eliane Monetti. "A qualidade da localização do Panamby - São Paulo: condição atual e esperada após as intervenções de infra-estrutura previstas para a região." In 12ª Conferência Internacional da LARES. Locational qualities of Panamby - São Paulo: Present situation and expected one after infrastructure projects in the area. São Paulo, 2012.

O presente trabalho tem como objetivo a análise do tecido urbano com foco na qualidade das localizações, propondo uma forma de abordagem à questão da atratividade de determinada região em diferentes cenários. Aplicando metodologias já desenvolvidas para medir a qualidade localizacional, buscou-se atribuir uma “nota” a determinada região com base em seu conjunto de atributos de localização sob a ótica dos usuários e potenciais usuários dos produtos.

No estudo de caso da região do Panamby em São Paulo, foram feitas análises tanto para a situação atual quanto para alguns cenários simulados, cuja construção obedece aos princípios formulados por SCHUARTZ (1996) e cuja análise foi aplicada trecho a trecho dentro da região estudada. O estudo procurou estabelecer a maneira pela qual determinadas mudanças poderiam impactar os atributos de localização, tornando cada trecho mais ou menos atrativo para determinado uso.

Como resultado da aplicação da matriz de atributos de qualidade localizacional, conclui-se que, nesse caso, o uso residencial apresenta uma situação de atributos de qualidade melhores atualmente nos setores já consolidados para este uso, localizados, porém, em áreas próximas a trechos que apresentam usos complementares ao residencial.

Analisando os cenários propostos em comparação com a região da maneira como se encontra hoje, pode- se dizer que o adensamento natural da região como um todo teria pouco impacto na área e mesmo assim, o pequeno impacto ocorreria em alguns setores específicos dentro do perímetro estudado. Já no caso das intervenções de infra-estrutura previstas para a região, os cenários prospectivos indicam que os impactos também seriam causados de maneiras diferentes em setores específicos, por conta da singularidade de cada um deles e da extensão da área de estudo que acarreta distâncias físicas por vezes grandes entre as intervenções propriamente ditas e certos pontos localizados no perímetro da área objeto de estudo. Para o uso não-residencial não foi possível aplicar a rotina completa, uma vez que a região ainda não consolidou essa tipologia de empreendimento e por isso a análise deste uso não foi aqui apresentada.

Tasca, Luciane, and Sabrina Ferretti do Amaral. "A Reestruturação do Espaço Urbano em Juiz de Fora a partir de Projetos Urbanos de Grande Impacto." In 12ª Conferência Internacional da LARES. The Restructuring of Urban Space in Juiz de Fora from the Urban High Impact Projects. São Paulo, 2012.

O presente artigo se insere na temática da reestruturação do espaço em cidades médias brasileiras e apresenta como principal objetivo analisar a implantação de Projetos Urbanos de relevante impacto na estrutura da cidade de Juiz de Fora, MG. Segundo perspectiva histórica, desde a década de 1970, o município vem passando por alterações significativas na sua estrutura, resultantes de sua expansão e do surgimento de novas centralidades. Destaca-se, no entanto, que desde o ano 2000, Juiz de Fora se tornou palco de Projetos Urbanos (especialmente na sua Região Sul), a partir de mudanças implementadas pela administração pública focadas no planejamento estratégico e no empresariamento urbano. Percebe-se assim, o surgimento de um novo núcleo de atratividades num processo crescente de alteração da dinâmica urbana do município. Diante da morosa ação por parte do poder público local, somada à falta de políticas urbanas integradas ao planejamento espacial da cidade, este trabalho se justifica por se apresentar como um meio de explorar e debater idéias que contribuam efetivamente para a qualidade urbana da cidade.

Meirelles, Célia Regina Moretti, and Henrique Dinis. "A VIABILIDADE DO SISTEMA STEEL FRAME NA PRODUÇÃO DA HABITAÇÃO SOCIAL NO BRASIL." In 12ª Conferência Internacional da LARES. THE VIABILITY OF THE SYSTEM STEEL FRAME IN THE PRODUCTION OF THE SOCIAL HABITATION IN BRAZIL. São Paulo, 2012.

O presente trabalho faz uma análise do potencial construtivo do steel frame no Brasil, na produção de habitações de baixo custo. O crescimento deste mercado se deve aos investimentos realizados no País nos últimos dez anos, na implantação e desenvolvimento do parque industrial, nas formas de financiamento da tecnologia aplicada à habitação pela Caixa Econômica Federal, e em divulgação e treinamento de profissionais. Outros aspectos de grande relevância são a leveza da construção e a rapidez construtiva. A qualidade final da construção pode ser muito superior às construções convencionais em concreto e em alvenaria, por ter grande parte de seu processo construtivo industrializado. As perspectivas de crescimento deste mercado estão associadas à produção da habitação social de qualidade, entretanto para que o mercado assuma uma tendência nesta orientação, é importante a adequação do sistema as caracteristicas locais e a cultura do povo brasileiro e que se efetuem mais investimentos na indústria de componentes e painéis com consequente minimização de custos.

Brito, Larissa Santos, Vivian Rodrigues Magalhães, and Maria Carolina Gomes de Oliveira Brandstetter. "Análise do Bairro Jardim Goiás – Variáveis do Mercado Imobiliário Goianiense." In 12ª Conferência Internacional da LARES. ANALYSIS OF JARDIM GOIÁS - VARIABLES OF GOIANIA REAL ESTATE MARKET. São Paulo, 2012.

O atual aquecimento no setor imobiliário nacional, e consequentemente na cidade de Goiânia, gera a preocupação com a capacidade da estrutura urbana em absorver as necessidades dessa nova massa edificada. O entendimento do processo de urbanização local, o estudo quantitativo desse crescimento e a noção de critérios de formação de valor imobiliário se mostram estudos de suma importância para a compreensão e planejamento da infraestrutura necessária para atender essa nova demanda. Este trabalho aborda a importância destes estudos e traz uma análise específica do setor Jardim Goiás, que apresenta crescimento e demanda ainda mais acentuada. A revisão bibliográfica contextualiza o mercado imobiliário, o histórico das transformações urbanas e dos planos diretores de Goiânia, o processo de verticalização e o mercado imobiliário da cidade. A metodologia englobou a etapa de contextualização do mercado imobiliário de Goiânia e do bairro estudado, baseando-se em fontes de pesquisa tais como livros, artigos, teses, dissertações e em sites sobre o assunto, além de documentos como o Plano Diretor, o Plano Municipal de Habitação de Goiânia e o Plano de Desenvolvimento e Integração de Goiânia. Dos sites das empresas que investem no setor foram aproveitadas as campanhas publicitárias dos empreendimentos ali lançados e as informações sobre tais empresas. Para a elaboração de gráficos foram usados o banco de dados da ADEMI-GO e do CRECI-GO, entidades vinculadas ao mercado imobiliário do estado. De posse de todos os dados e indicadores coletados, foi elaborado um histórico do mercado do setor, uma análise do atual quadro, dividido em quatro grandes áreas: ambiental, mobilidade, sociocultural e socioeconômico. O trabalho conclui apresentando as contradições notórias entre as vantagens vendidas pelo mercado imobiliário e a deficiência de alguns setores de infraestrutura e o quanto tais contradições poderão ser prejudiciais ao consumidor.

Rizkallah, Jr., Alfredo, Angela dos Santos Silva, Benedita de Jesus Alvarenga, Fernanda Pereira Lisboa, and Michel Rosenthal Wagner. "Assembleias virtuais nos condomínios." In 12ª Conferência Internacional da LARES. Condominiums in virtual meetings. São Paulo, 2012.

O mundo digital introduziu na vida em condomínio novas tecnologias e formas de comunicação. Várias transformações se processam e influenciam diretamente os processos de administração de condomínio. O tema contemporâneo ganha destaque com a análise da aplicação da tecnologia sob o aspecto social e jurídico.

Este artigo visa propor uma reflexão sobre a possibilidade de realização de assembleias por meio da internet, suas vantagens e desvantagens. Objetiva-se identificar o suporte jurídico necessário que as viabilizem sob os aspectos de validade, segurança e eficácia, a atuação dos profissionais envolvidos, os custos; a operacionalização das atividades para os administradores, condôminos, profissionais envolvidos é um desafio que se impõe.

da Silva, Fernando Cordeiro, Antonio Edésio Jungles, Estácio Siemann Santos Pereira, and Daniela Matchulat Ely. "Avaliação da conduta sustentável de empresas da Indústria da Construção Civil." In 12ª Conferência Internacional da LARES. Evaluation of sustainable conduct of companies in the Civil Construction Industry. São Paulo, 2012.

As empresas atualmente tendem a adotar estratégias que visam obter vantagens competitivas sustentáveis, assumindo desta forma, seu papel social e ambiental frente á sociedade. O objetivo deste artigo é avaliar a conduta sustentável de três empresas da Indústria da Construção Civil atuantes no município de Belo Horizonte – MG. A metodologia utilizada foi baseada em uma das vertentes do modelo ESA. A partir de 78 indicadores foi verificada a adoção total, adoção parcial ou não adoção de determinada conduta sustentável. Os indicadores foram divididos em nove dimensões: (1) desenvolvimento de produtos/processos; (2) produção e manutenção; (3) compras; (4) recursos humanos; (5) administração geral; (6) financeiro; (7) jurídico; (8) marketing e vendas; (9) distribuição, sendo avaliados em fraco, intermediário e forte. Os dados foram coletados através de questionários, entrevistas semi-estruturadas e por observação direta nos canteiros de obra e escritórios das empresas. Com base na classificação dos indicadores foi constatado que as empresas A e B apresentaram avaliação de conduta fraca nas dimensões“Compras” e “Administração Geral” e além destas a empresa C apresentou avaliação fraca na dimensão, “Recursos Humanos”. Contudo, na análise geral, conclui-se que as condutas das empresas A, B e C são fortes. Com base nestes dados, as empresas podem assumir uma nova estratégia de conduta, com o objetivo de melhorar seu desempenho. Como exemplo, pode ser realizada a estruturação do processo de compras, bem como a adoção de uma política de gestão de responsabilidade social.

Hemphill, LA, JN Berry, and WS McGreal. "Business Improvement Districts – Revenue Analysis and Regeneration Investment Potential." In 12ª Conferência Internacional da LARES. LARES. São Paulo, 2012.

The current economic downturn has seen many UK town and city centres suffer from funding cuts to public services and a lack of investment. To counter the effects of reduced consumer spending the Business Improvement District (BID) model continues to gain in popularity with many areas seeking to benefit from the additional funding opportunities and the perceived success of this model. This support is further evidenced by recent Government policy decisions including funding being set aside to help finance the start-up of additional BIDs within the UK in response to recommendations contained in the Portas Review on the Future of the High Street. This paper evaluates the success of BIDs by presenting findings from a survey of UK and Ireland BIDs to analyse the revenue and funding streams used by BIDs and how these are contributing to wider regeneration objectives. In particular evidence is presented on the increased multiplier effect that is evident with BID age and maturity. The paper also demonstrates the efficiency of the BID model in generating diverse sources of additional revenue and providing a value added contribution to service delivery in town and city centres. Furthermore, the contingent valuation principles of ‘Willingness to Pay’ and ‘Willingness to Accept’ are presented as a means of evaluating the wider acceptance and success of the BID model within the BID community. Conclusions are drawn on the role and success of BIDs and their significance for real estate.

da Rocha Lima, Jr., João. "COMEÇAR DE NOVO: Performance adiante das empresas de real estate de capital aberto no Brasil." In 12ª Conferência Internacional da LARES. LARES. São Paulo, 2012.

O ambiente do real estate brasileiro está extremamente conturbado nesse primeiro semestre de 2012, como consequência do desempenho apresentado pelas empresas de capital aberto, refletido nos balanços de 2011 (2010 para Cyrela). Séries de resultados positivos, mostrados desde 2006/2007 se substitui por prejuízos, cuja evidência é que são fruto de apropriações inadequadas no ciclo passado. O setor está marcado por descrédito, porque o mercado não é capaz de vislumbrar quanto do que estava "escondido" já foi levado para os balanços e quanto resta de problemas internados. A crítica se dissemina especialmente porque as empresas têm creditado os maus resultados a estratégias de parceria que privilegiaram, sem mostrar, entretanto, como montaram estruturas novas de gestão para não replicar problemas adiante. Construir é da essência de empreender, mas não é da essência de ser empreendedor. As empresas brasileiras em geral escolheram construir como atividade das companhias empreendedoras. As empresas devem ter sua estrutura redesenhada, na medida em que o desenho prevalente desde 2006 se mostra incapaz de servir à uma boa gestão, especialmente nas questões de estratégia de construir, e no sistema de decisão sobre empreendimentos. Uma nova era advirá e as empresas ganharão credibilidade na medida em que sejam capazes de começar de novo.

Pinto, Celina Maria Rodrigues, and Gilda Collet Bruna. "Condicionantes do preço da terra no Município de Mairiporã, São Paulo (SP)." In 12ª Conferência Internacional da LARES. Conditioning Factors of Land Price in the Municipality of Mairiporã, São Paulo. São Paulo, 2012.

Mairiporã, cidade periférica da Região Metropolitana de São Paulo (Latitude Sul: 23°, 19’, 12”; Longitude Oeste: 46°, 35’, 18”), é conhecida pelas suas belezas naturais e por ter desenvolvido nas últimas décadas uma urbanização centrada em loteamentos fechados.
Compreende-se por observação empírica que em toda urbanização há valorização fundiária decorrente da conversão do uso do solo rural em urbano. Pesquisas exploratórias realizadas no Município de Mairiporã entre os anos de 2005/2006 e em andamento entre 2011/2012 esclarecem em que base, como se processa essa valorização e determina seus fatores preponderantes em urbanização poli nucleada. Metodologicamente, a pesquisa foi assim realizada:

1o - através da tabulação de anúncios imobiliários veiculados via internet. Tabularam-se todos os lotes vagos (sem edificação) à venda do município, contendo áreas e valores (por m2 em R$), separados por Regiões, por situação interno-externa aos condomínios e por tipo de área, urbana ou rural. Os dados foram transformados em gráfico seguido da análise dos resultados obtidos.

2o - via questionário, efetivada diretamente nas imobiliárias locais. Contém indagações sobre valor médio do m2 (R$) nas regiões mais e menos valorizadas do Município; nas regiões mais e menos vendidas; preço médio do m2 (R$) de cada região; nos loteamentos mais e menos valorizados de cada região. Sobre o determinante principal do valor médio do m2 (R$) de cada região e de cada loteamento; sobre a estabilidade ou instabilidade do mercado de terras nos intervalos (1996-2006), (2006-2012) no município e/ou região. Por último a solicitação da opinião acerca da relação Leis Proteção dos Mananciais/mercado de terra no município de Mairiporã.

Lisboa, Fernanda Pereira. "Condomínios entregues em etapas: as questões registrárias." In 12ª Conferência Internacional da LARES. Condos delivered in stages: notary questions. São Paulo, 2012.

O registro da incorporação imobiliária por etapas gera situações não previstas na ocasião da averbação da construção no Cartório de Registro de Imóveis. O tema é contemporâneo. Um assunto que além de tirar o sono de muita gente, provoca idas e vindas e divergências entre Cartórios e Prefeitura, ocasionando atrasos e gerando problemas aos compradores e incorporadores na entrega das unidades autônomas. Portanto, com foco nesta questão, o objetivo deste artigo é demonstrar as questões práticas identificadas e propor uma reflexão.

Ferrari, Carlos Eduardo. "CONSIDERAÇÕES SOBRE A ESTRUTURAÇÃO JURÍDICA DE CONTRATO ATÍPICO DE LOCAÇÃO COMERCIAL DE LONGO PRAZO, SOB A MODALIDADE BUILT TO SUIT." In 12ª Conferência Internacional da LARES. LARES. São Paulo, 2012.

As operações de locação denominadas built to suit, com algumas variações, se estabelecem por um contrato por meio do qual uma parte contrata outra para identificar, adquirir imóvel e sobre ele construir unidade de uso industrial ou comercial, que atenda às características próprias da contratante, com disponibilização de uso por longo prazo, mediante pagamento da remuneração contratada. A empresa contratante pretende dispor de uma edificação para explorar a sua atividade e a empresa contratada estabelece esta edificação de acordo com as especificações que lhe são pedidas, mantendo o imóvel em sua propriedade e o disponibilizando para uso pela contratante, recebendo remuneração pelos investimentos realizados. Como consequência, verifica-se a formalização de uma operação complexa, envolvendo diversos elementos contratuais, tais como: prestação de serviços, aquisição de imóvel para destinação a terceiros, construção e, por fim, disponibilização para uso. Tal tipo negocial geralmente envolve a necessidade de aporte de elevados recursos pela contratada, principalmente para aquisição do terreno e construção, por si ou por terceiros, do imóvel em conformidade com os requisitos solicitados pelo locatário. No presente artigo se apresentam pertinentes Considerações sobre a estruturação jurídica desta forma de contrato atípico de locação comercial de longo prazo, sob a modalidade built to suit.

Weise, Andreas Dittmar, Jürgen W. Philips, Norberto Hochheim, Andréa Cristina Trierweiller, and Antonio Cezar Bornia. "Contramedidas da especulação imobiliária no mercado residencial." In 12ª Conferência Internacional da LARES. Countermeasures of speculation in the residential market. São Paulo, 2012.

Há 2.000 anos atrás já havia especulado com terras. A especulação imobiliária em si pode gerar crescimento, porém em algumas situações, tem uma conotação negativa, ou seja, de grande perdas. O ciclo do mercado imobiliário, inerentemente, apresenta oscilações nos preços dos imóveis em todas as cidades e no decorrer do tempo. É essencial averiguar quando se trata de uma queda normal cíclica do mercado imobiliário ou quando, é consequência de especulação. O primeiro caso é normal e até "desejado" para a cidade. Já, o segundo caso, embora nem sempre seja negativo, pode acarretar em uma queda dos preços imobiliários e, assim, perda de impostos e de bens. As contramedidas da especulação são diversas e variam conforme o país, nível dos preços, período da especulação, comportamento do mercado imobiliário, dentre outras variáveis econômicas e não-econômicas. O objetivo deste estudo consiste na apresentação de contramedidas da especulação imobiliária no mercado residencial. Em termos metodológicos, caracteriza-se como descritivo-exploratório realizado por meio de pesquisa de campo e investigação ex post facto. Este artigo apresenta casos de contramedidas especulativas analisadas em 101 cidades de 10 países, sendo identificadas várias possibilidades. Dentre as contramedidas detectadas, tem- se: fixação de preços; incentivos fiscais e subsídios governamentais; falta de Plano Diretor; utilização da Planta de Valores Genéricos; recolhimento de dados estatísticos e imposto especulativo. Uma parte dessas contramedidas já foi testada, algumas resultaram em sucesso e outras, em fracasso. Mesmo assim, eles ajudam para combater a parte perigosa da especulação imobiliária, se fossem mais aplicadas pelos governos.

Marè, Renata, Osvaldo Gogliano Sobrinho, Brenda Chaves Coelho Leite, and Carlos Cugnasca. "Contribuição à Sustentabilidade na Edificação por Meio do Monitoramento Contínuo, Remoto e Seguro de Variáveis Diversas." In 12ª Conferência Internacional da LARES. Contribution to the Building Sustainability, Through a Continuous, Remote and Secure Monitoring System of Different Variables. São Paulo, 2012.

A manutenção da operação sustentável de uma edificação só é viável, se acompanhados continuamente uma série de aspectos ao longo de sua vida útil. Este acompanhamento permite que se obtenham informações imprescindíveis à tomada de decisões corretivas e/ou preventivas, por parte dos gestores da edificação. Aspectos como qualidade do ambiente interior, consumos de energia, água, gases, dentre outros, requerem monitoramento contínuo, de modo a que se estabeleçam estratégias visando a sua otimização. Sabe-se que a tecnologia aplicada pelo conjunto instrumentação e software entra como forte aliada nesta tarefa. Mas questões como acesso aos dados restrito ao edifício monitorado, soluções proprietárias e não customização dos sistemas, engessam o usuário que se vê limitado a determinados fornecedores para determinadas aplicações, ou seja, fadado à adoção de múltiplos sistemas independentes, sem integração. Apresenta-se aqui o resultado de uma pesquisa realizada com o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo e da Escola Politécnica da USP: sistema de monitoramento remoto e contínuo, via Internet, de variáveis diversas, que foi concebido com o intuito de permitir liberdade ao usuário, tanto no acesso remoto aos dados, como na adoção de protocolos de comunicação e fornecedores diversos, integrados em uma mesma solução, além de customização de funcionalidades e interface com sistemas Building Management System. O sistema contempla quesitos de segurança que conferem maior confiabilidade ao histórico de dados gerado, podendo ser utilizado em auditorias ou processos de certificação a exemplo de AQUA e LEED, permitindo a pontuação em diversos itens. Instalaram-se protótipos em duas salas de aula climatizadas do Edifício de Engenharia Civil da EPUSP, sendo monitorados temperatura, umidade relativa do ar e CO2, parâmetros de conforto térmico e qualidade do ar interior. Os dados coletados por uma rede de sensores ali instalada são transmitidos via Internet a um servidorweb remoto, onde são tratados e armazenados. A consulta aos dados por usuários autorizados é feita por umwebsite dedicado, apresentando-se dashboards com gráficos, leituras instantâneas das variáveis e tabelas. Trata- se de uma ferramenta de suporte à operação sustentável da edificação, alinhada aos conceitos de Green Economy, preconizados pelo Programa Ambiental da Organização das Nações Unidas.

Lisboa, Fernanda Pereira. "Cruzada São Sebastião – RJ: concepção e transformações." In 12ª Conferência Internacional da LARES. Cruzada São Sebastião Housing: conception and transformations. São Paulo, 2012.

Encravado no bairro carioca do Leblon, no Estado do Rio de Janeiro, a Cruzada São Sebastião é uma espécie de condomínio popular situado num dos metros quadrados mais caros do mundo. Concebido na década de 50, integrava um projeto que visava erradicar as favelas cariocas e abrigou famílias da extinta Favela da Praia do Pinto, localizada no mesmo bairro. Várias transformações ocorreram desde a concepção até os dias atuais; e incluem a vista privilegiada para a Lagoa Rodrigo de Freitas e para o … O caso expressivo para a cidade do Rio de Janeiro permanece quase desconhecido aos brasileiros. Discorrer sobre as transformações até os dias atuais é o objetivo deste artigo.

de Oliveira Brandstetter, Maria Carolina Gomes, Alexandre Ligoski Dal’Astra, Danilo Vieira Tavares, and Guilherme Gouveia de Freitas. "Diretrizes de Marketing Imobiliário a partir da Investigação do Ciclo de Vida Familiar." In 12ª Conferência Internacional da LARES. Guidelines of Real Estate Marketing from the Inquiry of the Family Life Cycle. São Paulo, 2012.

O fator comportamental do consumidor é decisório na busca pela moradia que deve atender a um limite mínimo de requisitos para que o morador decida-se pelo negócio ou espere uma oportunidade mais atraente. Neste raciocínio, pode-se perceber, ainda, que muitas pessoas escolhem sua moradia não porque correspondem às suas preferências, mas porque são as disponibilizadas pelo mercado. Apesar do aquecimento do setor imobiliário, ainda existem várias empresas construtoras concebendo seus produtos com base na observação empírica do comportamento do mercado. Este trabalho busca investigar características da demanda do mercado imobiliário para apoiar diretrizes que possam fundamentar estratégias de marketing para orientar incorporadores correlacionando preferências, necessidades e variáveis socioeconômicas dos clientes e variáveis do produto imobiliário. O instrumento utilizado na coleta de dados foi uma entrevista estruturada feita com moradores que residem em apartamentos na cidade de Goiânia. A abordagem utilizou-se de dois meios veiculares, pesquisas realizadas pessoalmente e por formulários eletrônicos via internet, com período de obtenção de dados nos meses de agosto a outubro do ano de 2011, atingindo 201 entrevistados. Entre os resultados obtidos, o estágio do ciclo de vida familiar é apontado como a variável fundamental da demanda que deve complementar a pesquisa de marketing, a qual não deve ficar apenas restrita à renda do cliente em potencial.

da Câmara de Queiroz, Luiz Alessandro Pinheiro. "DO TURISMO IMOBILIÁRIO À FINANCEIRIZAÇÃO DO MERCADO: OSCILAÇÕES DA PRODUÇÃO IMOBILIÁRIA EM NATAL/RN – 2000 a 2010." In 12ª Conferência Internacional da LARES. TOURISM REAL ESTATE MARKET FINANCIALIZATION: OSCILLATIONS OF PRODUCTION BUILDING IN NATAL / RN - 2000 to 2010. São Paulo, 2012.

As transformações na economia mundial e a sequência de crises a elas associadas, recolocaram o conceito de ciclo no centro do debate econômico. Nesse novo contexto, o mercado imobiliário exerce papel com importância crescente. O estreitamento de sua associação com o capital financeiro, em um quadro marcado pela redução dos mecanismos reguladores, vem provocando alterações na sua forma de atuar afetando a produção e o consumo do espaço urbano, além da economia de uma maneira geral.

A produção imobiliária em Natal (Brasil) nos últimos trinta anos vem crescendo e refletindo os diferentes momentos da economia nacional. Ocorre uma significativa sincronia entre os fenômenos macroeconômicos e a tomada de decisão dos promotores imobiliários. Na década de 2000 destacam-se dois momentos específicos: (i) produção de flats e segundas residências, vinculada ao forte crescimento do fluxo de turistas estrangeiros e, (ii) ingresso dos grandes players nacionais – especialmente aqueles com capital aberto. A crise financeira internacional separa esses dois momentos que, somados, representam o maior boom imobiliário do município.

A partir de uma pesquisa documental realizou-se o censo das incorporações registradas em Natal durante a década de 2000. 380 empreendimentos foram cadastrados somando 32.000 unidades habitacionais e 4.000.000 de m2 de área construída. Os dados mostram uma produção seis vezes maior do que as registradas nas décadas anteriores, fortalecendo a ideia de que as mudanças macroeconômicas e o aperfeiçoamento do marco regulatório foram decisivos para a ampliação do crédito imobiliário e, consequentemente, para o expressivo crescimento da produção.

Esse artigo pretende ampliar a compreensão acerca da produção imobiliária como um reflexo das mudanças no sistema de financiamento e na ampliação do crédito imobiliário, supondo que a abundância de crédito e a diversidade dos sistemas de financiamento repercutem na produção habitacional e na sua distribuição espacial, acirrando problemas relativos à infraestrutura e fragmentação urbana.

Lim, LC, and LA Hemphill. "Educating the Real Estate Valuers of Tomorrow – A Partnership Approach." In 12ª Conferência Internacional da LARES. LARES. São Paulo, 2012.

Real estate education has evolved to reflect the increasing need to produce young graduates capable of responding to the changing needs and challenges of the global property market. The internationalisation of property markets and the recent economic crisis that has affected many established economies has placed a greater influence on professional bodies and the increased need for the regulation of industry to maintain high professional standards and practice. A key aspect of the professionalism needed is an awareness of the interdisciplinary nature of property decisions and the importance of establishing academic and professional alliances which will both inform and prepare students for the challenges of the workplace and the global economy. This paper focuses on how to educate future valuers through an academic and professional partnership approach. It identifies the importance of public and private sector collaboration in shaping the curriculum and bringing real life industry scenarios into the classroom. The paper emphasises the critical balance needed between theory and practice, with increasing importance placed on research informed teaching and real world assignments, thereby ensuring that the valuers of tomorrow have the multivariate skills sets needed to compete in a challenging industry.

Carollo, José Renato. "Existe uma melhor configuração para o financiamento imobiliário no Brasil?" In 12ª Conferência Internacional da LARES. LARES. São Paulo, 2012.

Este artigo mostra os efeitos das mudanças na condução da política de financiamento imobiliário por parte do governo. Esta política, por ser abrupta, impulsiona o aumento de prazos de financiamento, provocando, com isso, uma pressão sobre preços e uma transferência de renda de novos adquirentes para proprietários correntes e o próprio governo (por meio do aumento generalizado de preços de imóveis e os correspondentes impostos incidentes sobre essa base mais alta). Neste artigo discute-se o principal efeito dessa política de prazos além de outras variáveis nas condições de financiamento e sugere-se alternativas.

Savelli, Alfredo Mario, and Henrique Dinis. "HABITAÇÃO POPULAR - FINANCIAMENTO." In 12ª Conferência Internacional da LARES. POPULAR HOUSING – FINANCE. São Paulo, 2012.

O estudo objetiva a indicação de fonte de recursos para o programa Minha Casa, Minha Vida, que já atendeu 3.565 municípios. A metodologia consiste em pesquisa junto aos órgãos de fomento. A primeira fase programa Minha Casa, Minha Vida, até 2010, contratou 1.005.128 moradias, 41,6% já entregues. Na segunda etapa, com a elevação do teto de investimento da menor faixa de renda (R$ 1.600,00 a R$ 5.000,00), de R$ 52 mil para R$ 65 mil por unidade, a meta de dois milhões de moradias foi atendida por 457 mil unidades em 2011, 335 mil já entregues, 104 mil para famílias de baixa renda. Em 2012 serão mais 496 mil unidades, 57% para famílias de baixa renda. No primeiro trimestre deste ano, 39% do total do investimento da União, de R$ 6,2 bilhões, destinaram-se ao programa Minha Casa, Minha Vida. Em 2011 os recursos de cadernetas de poupança proporcionaram R$ 79,9 bilhões e os recursos do FGTS R$ 34,2 bilhões, respondendo por 95% do funding imobiliário para baixa renda. Em 2011 o saldo das cadernetas de poupança cresceu apenas 10%, de R$ 302 bilhões para R$ 332 bilhões, com a expectativa de em três anos não mais haver disponibilidade de recursos provenientes da poupança das famílias. As aplicações em Letras de Credito Imobiliário (LCIs) e em Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRIs) têm crescido significativamente. Entre dezembro de 2010 e 2011 o estoque de LCIs passou de R$ 29,2 bilhões para R$ 46,8 bilhões e o estoque de CRIs de R$ 18,9 bilhões para R$ 27,7 bilhões. Concluímos que, mantida a atual tendência, as Letras de Credito Imobiliário (LCIs) e os Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRIs) despontam como fontes alternativas para contornar o iminente risco de escassez de recursos para habitações de interesse social.

Furtado, Fernanda, and Claudia Acosta. "Instrumentos para la planeación y el financiamiento del desarrollo urbano: Brasil y Colombia en un abordaje jurídico – urbanístico comparado." In 12ª Conferência Internacional da LARES. Instruments for urban planning development and financing: Brazil and Colombia experiences through a legal urban approach. São Paulo, 2012.

En este artículo se busca evaluar, en una perspectiva comparada, algunos instrumentos de planeación urbana de Brasil y de Colombia en los cuales es necesaria la combinación del abordaje jurídico y urbanístico para lograr una comprensión adecuada de sus potencialidades y desafíos. Seleccionamos algunos instrumentos que, en las últimas décadas, hayan sido considerados importantes por las políticas urbanas nacionales dirigidas a los municipios en su diseño e implementación. Fueron seleccionados elPlano Diretor municipal de Brasil y el Plan de Ordenamiento Territorial de Colombia. Como instrumentos específicos para atender los nuevos principios incorporados en los textos jurídico– urbanísticos de ambos países, son analizados la Outorga Onerosa do Direito de Construir (Brasil) y la Participación en Plusvalías (Colombia). En representación de instrumentos tradicionales que presentan nuevas posibilidades y un papel central en la política urbana actual, elegimos la expropiación. Finalmente, tomamos el Derecho de preferencia (preemção en Brasil), como ejemplo de un nuevo instrumento incorporado de forma complementaria en las políticas urbanas de ambos países, con el fin de apoyar la planeación y desarrollo urbano municipal. En cada uno de estos instrumentos analizamos los conceptos básicos, las iniciativas de reglamentación, y una perspectiva comparada sobre las posibilidades de implementación de cada uno de estos instrumentos en los ambientes jurídico-urbanísticos de Brasil y Colombia, proponiendo, en lo posible, casos e ilustraciones de aplicación, o simulaciones en relación a las dificultades para su inserción práctica en los sistemas locales de política urbana. Con este trabajo buscamos contribuir a la comprensión adecuada de estos importantes instrumentos, ofreciendo elementos que auxilien en el perfeccionamiento de las políticas urbanas municipales.

Martins, Anderson Sopena, Daniela Matschulat Ely, Estácio Siemann Santos Pereira, and Antonio Edésio Jungles. "MANUTENÇÃO PREDIAL EM HOTÉIS RESORTS: AVALIAÇÃO DE CUSTOS." In 12ª Conferência Internacional da LARES. BUILDING MAINTENANCE IN HOTELS RESORTS: EVALUATION OF COSTS. São Paulo, 2012.

A concorrência existente entre os meios de hospedagem é elevada, com a busca constante da qualidade plena, com o intuito de oferecer um serviço diferenciado e de qualidade superior, para conquistar o hóspede em termos de qualidade, aspecto visual, marketing, serviços, conservação e manutenção, sempre com um menor preço. Com base neste fato, este artigo tem como objetivo determinar o custo médio dos principais serviços de manutenção predial em hotéis resorts. Desta forma, foram realizadas a análise qualitativa dos principais serviços, de manutenção predial e a quantitativa do número de incidências e seus respectivos custos financeiros. Um estudo de caso foi realizado em um hotel com 14 edifícios e 35.227,00 m2. Foram selecionados os principais serviços de manutenção para uma investigação mais profunda. Os serviços foram escolhidos de acordo com sua incidência e grau de importância no atendimento dos hóspedes. A análise dos serviços de manutenção predial foi feita através da determinação dos seus custos médios, o custo por m2 de construção, o custo percentual da manutenção em relação ao custo de construção da edificação e o custo total de cada serviço. Foi realizada também a análise do ciclo da manutenção em relação à incidência de serviços versus tempo e custo versus tempo. O estudo foi realizado durante um período de 5 anos, sendo que a maior incidência de manutenção ocorreu nos serviços de manutenção de elementos e componentes, como persianas e fechaduras, serviços de reparo nas instalações elétrica, hidráulica e telefonia, renovação de pintura, serviços de marcenaria e de pedreiro. Através deste estudo foi possível estabelecer um custo médio para cada serviço de manutenção e a estimativa do seu ano provável de ocorrência. O serviço de manutenção hidráulica foi o de maior ocorrência em todos os anos do estudo, correspondendo a 32,66% das manutenções. Estima-se que aolongo de 16 anos de criação do empreendimento, os “serviços gerais e pedreiro” foi o mais oneroso, comum custo médio por manutenção de aproximadamente R$ 368,32.

Leal, Andréa, Diego Canales, Georges Darido, and Shomik Raj Mehndiratta. "Menos Estacionamento, Mais Incentivos para o Transporte Alternativo." In 12ª Conferência Internacional da LARES. LARES. São Paulo, 2012.

Como mudanças na lei que exige a construção de número mínimo de vagas pode tornar o setor imobiliário mais sustentável – e como um projeto piloto do Banco Mundial pode servir de base para essa mudança

O Projeto Piloto de Mobilidade Corporativa CENU-WTC é o primeiro projeto desenvolvido pelo Banco Internacional de Reconstrução e Desenvolvimento (BIRD) para melhorar a mobilidade em parceria com o setor privado. O Piloto está sendo implementado na cidade de São Paulo, uma área metropolitana com 19,8 milhões de pessoas, uma das mais numerosas frotas de veículos motorizados do mundo – 8,5 milhões – e alguns dos piores índices de congestionamento.

Embora a solução para o problema dos congestionamentos no longo prazo resida em investimentos em melhores sistemas de transporte, como metrô, esses investimentos são caros e demandam muito tempo. Uma maneira menos custosa de melhorara a mobilidade é modificar as escolhas de deslocamento dos usuários, ou, em outras palavras, gerindo a demanda por transporte.

O objetivo do Projeto Piloto de Mobilidade Corporativa CENU-WTC é reduzir os deslocamentos em veículos com um único ocupante. O BIRD convidou empresas sediadas em dois complexos comerciais que juntos abrigam cerca de 6.000 funcionários para participar voluntariamente desse piloto. O BIRD vai desenvolver planos de mobilidade para as empresas, com o objetivo de incentivar seus funcionários a adotar alternativas, como o uso de carona, ônibus fretado, teletrabalho e bicicleta.

O projeto foi inspirado em casos de estudo de experiências bem-sucedidas em cidades do mundo todo que têm políticas de gestão de demanda de viagens (TDM em inglês) exigindo que as empresas tenham planos de mobilidade para reduzir o número de funcionários dirigindo sozinhos para o trabalho. A implementação do projeto será concluída em novembro de 2012, com um estudo de avaliação de impacto.

Se o projeto for bem-sucedido em sua meta de reduzir o número de pessoas dirigindo sozinhas, ele poderá lançar as bases para uma mudança importante na legislação municipal de São Paulo, que poderia passar a incorporar instrumentos de TDM. Um desses instrumentos é a gestão de estacionamento. São Paulo ainda tem legislação exigindo a construção de número mínimo de vagas de estacionamento para novos empreendimentos, enquanto a tendência global é justamente limitar a oferta de estacionamento, para desencorajar o uso do carro. O Projeto Piloto de Mobilidade Corporativa pode ajudar a reduzir ou banir a exigência de números mínimos de vagas, substituindo-a pela adoção de uma política estruturada, desenvolvida para estimular a adoção de alternativas de transporte.

Borba, Robinson Antonio Vieira. "Mercado Imobiliário nas Cidades Cognitivas: decisões mais inteligentes." In 12ª Conferência Internacional da LARES. Real Estate in Cognitive Cities: smarter decisions. São Paulo, 2012.

Cidades como Londrina, no Paraná, Ribeirão Preto em São Paulo, Joinville em Santa Catarina têm sido referência nacional em desenvolvimento tecnológico e inovação em comunicação, com universidades respeitadas pelo alto nível de ensino e produção acadêmica. A gestão pública,nestes casos, tem sido muito criticada pela debilidade de decisões que deveriam envolver de forma mais ampla seus cidadãos. Novas ferramentas tecnológicas poderiam auxiliar no fortalecimento da gestão municipal, superando obstáculos políticos como o orçamento muito carente de recursos. Por outro lado, no setor empresarial, por exemplo, a crescente demanda por habitação faz destas cidades foco de atenção de empresas imobiliárias e não apenas as de médio como também as de grande porte, que esbarram na falta de informação para aperfeiçoar seu processo de decisão, especialmente por não contarem com sistema de informações capazes e sensíveis as dinâmicas de mercado resultante de demandas ainda insuficientemente caracterizadas. Esta carência de organização de dados e informações deveria estar resolvida de forma ampla pela inovação tecnológica com suas novas tecnologias de sistemas de comunicação e informação. Esbarrando na questão cultural, da participação e adoção das novas tecnologias de forma ampla e geral pela população e pelo meio empresarial, ainda com incipiente visão sobre os novos meios e mídias para ampliar o conceito de qualidade de vida, através da interação da comunidade com planos e projetos de desenvolvimento e ocupação do espaço urbano com sustentabilidade. O termo Cidade Inteligente tem vários significados: cidade digital, cidade da informação, cidade conectada, etc, propõe-se neste trabalho que seja estabelecido o termo Cidade Cognitiva como uma acepção mais abrangente, pois ao mesmo tempo em que abrange estas descrições, envolve também características humanas da criatividade, englobando a condição antropológica e cognitiva das novas tecnologias, especialmente sistemas de informação baseados na internet, e também adequados ao ambiente de decisão para real estate.

de Paulo Peruzzi, Antônio, Anna Clara M. Grzybowski, Carolina dos Santos Mendes, Dogmar A. Souza, Junior, Maria Teresa S. Cardoso, and Larissa Marçal de Moura. "Metodologia para pesquisa de mercado em linguagem JAVA dos atributos valorativos de empreendimentos imobiliários residenciais conforme as expectativas do consumidor." In 12ª Conferência Internacional da LARES. Methodology for market research in Java language of value attributes in real estate properties according to the consumer expectations. São Paulo, 2012.

A demanda por serviços de menor custo na indústria da construção civil, com a finalidade de atingir uma maior lucratividade, deve desencadear a busca da inserção de inovação tecnológica (IT) no momento em que o “produto edificação” é concebido. Entretanto, essa inserção é dificultada pelo conservadorismo característico no setor imobiliário e também se expressa na ocasião em que o produto é concebido. Logo, a introdução dessa inovação tecnológica deve ser feita com cautela. Na ocasião do projeto do produto devem ser levados em conta os fatores culturais que o futuro consumidor (o usuário) traz em seu “conceito de habitar” e o respeito a esses conceitos são essenciais em se tratando de industrializar a produção de edificações. Para que se alcance um nível satisfatório de inovações tecnológicas no produto ou um nível mais intenso de industrialização, não é suficiente se ater ao âmbito da construção civil propriamente dita, mas é necessário observar também um conjunto de fatores relacionados ao comportamento de compra do consumidor. Uma forma de analisar essa conduta é por meio da comparação entre o interesse do cliente por atributos valorativos e a disponibilidade deles nos produtos disponíveis no mercado. Esse trabalho diz respeito ao estudo de uma metodologia que visa, por meio da pesquisa dos agentes envolvidos no mercado imobiliário, determinar as exigências mínimas e as características desejadas pela maioria dos consumidores em cada faixa de renda e, assim, obter informações que balizem os agentes envolvidos no projeto do “produto edificação” para possibilitar a inserção de características que valorizem o imóvel a ser comercializado. O público alvo utilizado foi aquele formado por interessados na compra de imóveis residenciais em condomínios verticais em cidades de médio porte. O grande avanço obtido foi o desenvolvimento do “formulário de pesquisa” em linguagem Java, que permitiu formular perguntas de caráter “classificatório” (faixa de renda, p.ex.), “eliminatório” (p. exe. “deseja adquirir um imóvel no prazo de um ano?”) e de “confirmação”, na qual o entrevistado era convidado a dar nota de 0 a 5 aos cinco itens escolhidos e, na tela seguinte colocar aqueles cinco itens escolhidos em ordem de importância o que permite avaliar o “nível de certeza” que o entrevistado tinha na ocasião da resposta dos quesitos. A metodologia se mostrou adequada, necessitando apenas de pequenos ajustes.

de Araújo Florencio, Lutemberg. "Modelos Espaciais para Avaliações de Imóveis em Massa com Base em Modelos de Regressão GAMLSS." In 12ª Conferência Internacional da LARES. Spatial Models for Real Estate Mass Appraisal Based on GAMLSS Regression Models. São Paulo, 2012.

Avaliações em massa são de relevante interesse para a administração pública, especialmente para fins tributários. Contudo, as características singulares dos imóveis fazem com que a análise dos valores dos bens seja uma tarefa complexa e o emprego de técnicas não apropriadas pode resul- tar em modelos irrealistas e de conclusões equivocadas. Em parte, as deficiências dos modelos de avaliação em massa estão relacionadas aos seguintes aspectos: (i) a teoria não determina a forma funcional nem as variáveis relevantes para a estimação da função de preços hedônicos e (ii) os modelos estatísticos tradicionalmente utilizados podem apresentar estimadores viesados, ineficientes ou inconsistentes quando defrontados com não-normalidade, heteroscedasticidade e autocorrelação espacial, bastante comuns em dados imobiliários. Visando lidar com estas dificul- dades, o presente trabalho propõe uma nova metodologia para avaliações em massa, baseada no uso de modelos espaciais a partir do emprego da classe de modelos de regressão proposta por Rigby & Stasinopoulos (2005), denominada de modelos aditivos generalizados para posição, escala e forma (GAMLSS), a qual permite o ajuste de uma ampla família de distribuições para a variável resposta e possibilita a modelagem direta, utilizando funções paramétricas e/ou não-paramétricas, da es- trutura de regressão da variável de interesse. Incorporados os efeitos da correlação espacial nos modelos GAMLSS, mostramos – mediante análise empírica com dados de terrenos urbanos situa- dos em Aracaju-SE, Brasil – que a estrutura de regressão GAMLSS aparenta ser mais apropriada para a estimação dos parâmetros da função de preços hedônicos do que os modelos usualmente empregados, como o modelo normal de regressão linear clássico.

Weise, Andreas Dittmar, Jürgen W. Philips, Norberto Hochheim, Andréa Cristina Trierweiller, and Antonio Cezar Bornia. "Mudanças climáticas e prejuízos imobiliários." In 12ª Conferência Internacional da LARES. Climate change and property damage. São Paulo, 2012.

As mudanças climáticas causam impactos crescentes, muitos já conhecidos. Um deles é o aumento do nível do mar que, segundo os relatórios do IPCC – Intergovernmental Panel on Climate Change poderá ser entre 0,26 e 0,59 metros até o ano de 2100 e entre 4 a 6 metros até 2300. E ainda, com o degelo da Groenlândia e da Antártica Oeste, estima-se que este nível atinja 5 a 7 metros. O presente artigo tem como objetivo simular os possíveis prejuízos imobiliários decorrentes de efeitos climáticos na ilha de Florianópolis, estado de Santa Catarina, Brasil. A pesquisa se classifica como descritiva, tendo sido realizada por meio de pesquisa documental e de avaliação empírica simulada dos efeitos e dos custos envolvidos no aumento do nível do mar, com o estudo de caso na ilha de Florianópolis. A Ilha tem grande parte de seu território com baixas altitudes, sendo até 5 metros acima do nível do mar, especialmente, as praias de Jurerê Internacional, Campeche e Ingleses e as avenidas principais: Beira Mar Norte e Baía Sul. O aumento do nível do mar em até 0,59 metros não prevê grandes perdas de terra e de valores; porém, a previsão de aumento em 5 metros no nível do mar é muito grave, pois a ilha se dividirá e grande parte dos terrenos e empreendimentos de alto valor financeiro ficarão abaixo do nível do mar, dentre eles: o aeroporto internacional Hercílio Luz e muitas praias. Isto aumenta a possibilidade de especulação futura sobre as terras nas regiões afetadas. Amenizar impactos negativos é possível; contudo, isso ocasionará um alto custo e calculá-lo para os próximos 200 anos é inviável. Existem várias possibilidades técnicas para proteger a cidade, porém sua implantação envolve problemas políticos e custos. Assim, alerta-se o mercado imobiliário e seus parceiros sobre a importância de estudos quanto à influência do aumento do nível do mar e os possíveis riscos ao mercado.

Pacheco, Mariana Franco, and Maria Carolina Gomes de Oliveira Brandstetter. "Oferta Imobiliária no Mercado Goianiense com Enfoque no Segmento Econômico." In 12ª Conferência Internacional da LARES. Real Estate Offer on Goiânia’s Market with a Focus on Economic Segment. São Paulo, 2012.

Este trabalho propõe uma análise do mercado imobiliário de Goiânia com enfoque no segmento econômico. A revisão bibliográfica trata do mercado imobiliário brasileiro e caracteriza o segmento de empreendimentos de menor padrão e habitações de interesse social. A metodologia abrangeu duas etapas. Na primeira etapa foi feito um levantamento em relação aos indicadores de mercado relativos ao segmento estudado. Para tanto um enfoque maior é dado às edificações residenciais de multipavimentos segundo a tipologia de dois quartos, com destaque para os empreendimentos com mais unidades vendidas, considerando fatores como preço do metro quadrado, área privativa e localização. Em uma segunda etapa foi feito um estudo de caso em uma construtora goiana, buscando identificar as estratégias adotadas pelo mercado de habitação de interesse social aliadas à sua produção. Os resultados confirmam o aquecimento do setor imobiliário goiano no segmento econômico a partir dos dados do levantamento. O estudo de caso confirma as principais dificuldades na construção de casas para esse setor tais como a contratação de mão de obra qualificada, aspectos burocráticos de impostos e financiamentos, além da aquisição de materiais de qualidade com preço acessível e que viabilizem o negócio. Este forte aquecimento deve-se principalmente ao aumento de poder econômico da população, aos subsídios do governo e as possibilidades de financiamento.

dos Santos Silva, Angela. "OPERAÇÃO URBANA ÁGUA BRANCA: Análise do Mercado Imobiliário no Perímetro da Operação." In 12ª Conferência Internacional da LARES. URBAN OPERATION AGUA BRANCA: Analysis of the Real Estate Market in the Perimeter of the Operation. São Paulo, 2012.

A Operação Urbana Água Branca é uma das operações urbanas ativas na cidade de São Paulo. Possui lei específica, porém não utiliza o Certificado de Potencial Adicional de Construção (Cepac) para pagamento de contrapartida mas, sim, dinheiro ou realização de obras pelo interessado. Este artigo apresenta os resultados da análise do mercado imobiliário na região, desde que os primeiros processos foram protocolados na Empresa Municipal de Urbanização (Emurb), atual São Paulo Urbanismo (SP Urbanismo), por volta do ano de 1995, até abril de 2012. No decorrer do estudo, foi analisado o mercado imobiliário na região, considerando as diversas vias, inseridas no perímetro da operação, que possuíam terrenos com potencial para incorporação na época de cada processo de participação na Operação Urbana Água Branca. Concluiu-se que, durante o período analisado, houve aquecimento do Mercado Imobiliário da região. Outro fato observado refere-se à valorização de algumas áreas, que foi fruto da implantação de melhoramentos públicos por parte do Poder Público.

Ebert, Kali Justine Ko, and Eliane Monetti. "Potenciais parceiros estratégicos no segmento turístico-imobiliário segundo características do ambiente competitivo." In 12ª Conferência Internacional da LARES. Potential strategic partners in Real Estate tourism facilities according to competitive market characteristics. São Paulo, 2012.

Empreendimentos turístico-imobiliários são empreendimentos de longo prazo que possuem uma vertente turística, normalmente âncora desses empreendimentos e uma vertente imobiliária de onde provém o resultado principal do negócio. Neste contexto, parceiros estratégicos apresentam-se como um importante meio para obtenção de vantagem competitiva neste segmento de mercado. O objetivo deste estudo é identificar potenciais segmentos de atuação de parceiros estratégicos para empreendedores turístico- imobiliários segundo características deste mercado identificadas pela aplicação da análise das cinco forças de Porter (rivalidade interna, barreira à entrada, substitutos e complementares, poder do comprador, poder do fornecedor).

Abascal, Eunice Helena Sguizzardi, Raquel Cymrot, Angélica A. Tanus Benatti Alvi, and Volia Regina Costa Kato. "PRODUTO IMOBILIÁRIO E PERCEPÇÃO DO AMBIENTE CONSTRUÍDO: UM ESTUDO DA TRANSFORMAÇÃO DA ÁREA-ALVO DA OPERAÇÃO URBANA VILA LEOPOLDINA-JAGUARÉ." In 12ª Conferência Internacional da LARES. PRODUCT PROPERTY AND PERCEPTION OF THE BUILT ENVIRONMENT: A STUDY OF TRANSFORMATION OF TARGET AREA OF URBAN OPERATION VILA LEOPOLDINA-JAGUARÉ. São Paulo, 2012.

Este artigo baseia-se em pesquisa1 que discute a relação entre a transformação urbana pelo mercado imobiliário e o desenvolvimento induzido proposto pelas Operações Urbanas. O objetivo específico é investigar o que foi proposto no plano para a Operação Urbana Vila Leopoldina-Jaguaré em 2003 para sua área-alvo, em perímetro definido nesses distritos, e as realizações do mercado imobiliário, na forma de condomínios residenciais verticais. Essa Operação Urbana, produto de estudos realizados pela então equipe técnica da SEMPLA, não foi implementada, sequer regulamentada. Investigaram-se as relações entre o ambiente proposto pelo plano e a transformação urbana real: a percepção que consumidores de unidades em condomínios verticais de médio e alto padrão têm do bairro, razões para sua escolha, justificativas de aquisição de imóveis na área, utilização dos recursos do bairro e eventuais vantagens/desvantagens. A pesquisa envolve moradores da Rua Carlos Weber, via intensamente ocupada por condomínios e símbolo da transformação urbanística operada pelo mercado, e demais vias no perímetro da OU, em que vem ocorrendo verticalização. A metodologia consiste em aplicação de questionário aos responsáveis por domicílio na área-alvo da OU, disseminado na Internet e realização de análise estatística. Respostas obtidas na Rua Carlos Weber foram comparadas com de outras vias, através testes para diferenças de variâncias e para diferenças das médias das variáveis medidas nas duas situações. Também foram realizados testes de independência entre morar ou não na Carlos Weber e outras variáveis pertinentes. A análise estatística dos dados coletados, com recorte analítico da Rua Carlos Weber e demais vias da região, sugere que as principais razões que justificam a transformação urbana são a aquisição de produtos imobiliários em condomínios fechados, com equipamentos de lazer coletivos, e a percepção de “um bairro agradável para morar”, embasada nas características do produto imobiliário e no modo de vida envolvendo posse de automóvel.

  • 1. A pesquisa tem recursos do CNPQ (Edital 2/2010 – Ciências Sociais Aplicadas), vigendo até agosto de 2013. O grupo de pesquisadores é integrado pelos professores Eunice Helena S. Abascal, Angélica A. T. Benatti Alvim, Claudia V. Stinco, Gilda Collet Bruna, Marcelo de Mendonça Bernardini; Paula Raquel Jorge Vendramini; Raquel Cymrot, Ricardo Hernán Medrano, Vladimir F. Maciel e Volia Regina C. Kato. Os estudantes de graduação com iniciações científicas vinculadas ao projeto são Mariana Ignacio, Simone Cavalette Piccolini Fernandes e Tomas Antonio Giannatasio Bozeda.
Grassiotto, Maria Luiza Fava, Denise de Cássia Rossetto Januzzi, and Junker de Assis Grassiotto. "QUIOSQUES: UM MODELO DE NEGÓCIOS INCLUSIVO." In 12ª Conferência Internacional da LARES. KIOSKS: AN INCLUSIVE BUSINESS MODEL. São Paulo, 2012.

Os quiosques surgiram na Turquia no século XIII e, recentemente, foram redescobertos como um modelo de negócios inclusivo, atingindo novos grupos de usuários. Como consequência tiveram ampliação de suas funções e alteração de sua tipologia característica. Originalmente localizados nas ruas das cidades foram incorporados no interior dos shopping centers, assim como nos aeroportos e estações de metrô e ônibus dentre outras. Este texto, inicialmente procura resgatar as origens do quiosque e seu caminho pela Europa e no Brasil. Em seguida discorre sobre a nova realidade do negócio identificando os diferentes usuários, tais como: empresários iniciantes; pequenas franquias; marcas locais; além de grandes redes nacionais e internacionais. Alguns exemplares significativos são analisados de modo a ilustrar a diversidade de funções, as tipologias surgidas, a industrialização das unidades e as especificidades de projeto decorrentes desse novo momento. Comentários são feitos sobre a tendência do negócio que nas duas últimas décadas vem passando pelo “boom” da redescoberta. Através da apresentação de alguns números do setor, ressalta-se a importância das franquias, principalmente das microfranquias na expansão do uso dos quiosques, enumerando-se algumas vantagens da adoção do modelo. Ao final, destaca-se a realização do I Congresso Internacional de Quiosque, realizado na África do Sul em 2009, no qual o país se credenciou para ser sede principal do desenvolvimento da indústria de quiosque.

Beigler, Israel, and Wagner Laurindo Dias. "Renda dos Domicílios Versus Velocidade de Venda: o Impacto no Desempenho de Comercialização nos Diferentes Bairros da Cidade de São Paulo." In 12ª Conferência Internacional da LARES. Householding Incomes Versus Seling Velocity: its Impact in the Sale Performance Among Different Neighborhoods in São Paulo City. São Paulo, 2012.

Nos últimos anos há evidencias de que os preços dos imóveis residenciais na cidade de São Paulo (assim como em todo o Brasil) vêm apresentando um descolamento acentuado em relação ao poder aquisitivo dos compradores, apesar do crescimento da massa salarial como um todo.

A elevação dos preços dos imóveis residenciais é alavancada por vários fatores, dentre eles: custos de aquisição de terreno e implantação do empreendimento, elevação dos custos de mão de obra, materiais e serviços, facilidade de acesso ao crédito e a necessidade de margens que justifiquem os riscos. Nosso ponto de vista é que, independente das causas, estes novos patamares de preços coloca uma grande questão em evidencia: a capacidade do comprador final de pagar pelo bem que será construído. É deste tema que trataremos neste artigo.

Assim sendo, estudaremos a relação entre a renda dos domicílios de um determinado bairro (em uma faixa especifica) e a velocidade de venda dos empreendimentos (em determinada faixa de preço) que foram lançados neste mesmo bairro em períodos recentes. Existe um pressuposto empírico por trás deste estudo, que cerca de 50% a 70% dos compradores de um novo empreendimento reside no bairro do próprio empreendimento ou em sua área próxima de influência.

As conclusões deste artigo estarão suportadas em pesquisas e banco de dados montados pela empresa GEOIMÓVEL (empresa especializada em pesquisa e análise de mercado imobiliário, em inúmeras regiões do Brasil), bem como em dados demográficos e de renda disponibilizados pelo IBGE no Censo de 2010.

de Oliveira, Fausto Pereira, and Eliane Monetti. "REPRESENTAÇÕES GRÁFICAS DIGITAIS EM EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS RESIDENCIAIS: ESTUDO DE CASO DA BROOKFIELD INCORPORAÇÕES." In 12ª Conferência Internacional da LARES. DIGITAL GRAPHIC REPRESENTATION IN RESIDENTIAL REAL ESTATE PROJECTS: A CASE STUDY OF BROOKFIELD INCORPORAÇÕES. São Paulo, 2012.

O presente trabalho faz parte de uma monografia desenvolvida junto ao Poli-Integra para a conclusão do MBA em Economia Setorial e Mercados com ênfase ao setor de Real Estate e foi adaptada ao formato de artigo sendo possível consultar o trabalho original na Biblioteca da EPEC, na USP. Este artigo tem como objetivo analisar a aplicação de representações gráficas digitais, como suporte às atividades de comercialização de empreendimentos residenciais localizados no município de São Paulo. A pesquisa foi realizada a partir de uma leitura do setor de real estate brasileiro no decorrer dos anos de 2.007 até o ano de 2.011, considerando os seguintes aspectos: síntese teórica que abordou assuntos relacionados ao planejamento estratégico de marketing; segmentação de mercado, mercado-alvo e comunicação integrada em marketing e o instrumento de visualização da proposta: a representação gráfica digital. A incorporação da computação gráfica aos métodos de representação existentes promove mudanças não só no ato criativo, mas também na veiculação do produto. Por isso a importância de se pesquisar o impacto da inserção e aplicação da representação gráfica digital na comercialização de empreendimentos residenciais, além de suas transformações e diversificações, para que seja possível verificar suas qualidades, limitações de comunicação e importância no processo de vendas de diferentes empreendimentos e demanda. Este instrumento foi aplicado nos produtos Home Design da Brookfield Incorporações, o qual foi o estudo de caso desta pesquisa. Foi feito um levantamento das representações gráficas digitais presentes nos materiais de venda e uma análise de suas vantagens, desvantagens e função comunicativa.

Magalhães, Alex Ferreira. "Retomando o debate sobre o Direito à Moradia na ordem jurídica brasileira: notas essenciais e questões inescapáveis a seu respeito." In 12ª Conferência Internacional da LARES. Reappraising the Right to Housing in Brazilian legal system: some essential notes and unavoidable questions on this juridical institution. São Paulo, 2012.

Nos últimos 10 anos o Brasil assistiu o ressurgimento da política habitacional em escala nacional, por meio de diversas iniciativas, tais como a criação do Fundo Nacional de Habitação de Interesse Social, do Plano Nacional de Habitação, e do surgimento do programa intitulado "Minha Casa, Minha Vida". De um angulo jurídico, a análise das medidas que interferem no quadro das necessidades habitacionais possui uma referência fundamental, incorporada expressamente à Constituição da República: a instituição do "Direito à Moradia". Diante desse quadro, o presente trabalho visa apresentar uma sistematização de referências jurídicas sobre essa instituição - de ordem legislativa, teórico-doutrinária e jurisprudencial - a fim de atualizar o debate a respeito do significado e dos efeitos jurídicos concretos decorrentes da enunciação do Direito à Moradia na Carta Magna brasileira. Trata-se de um debate de grande relevância jurídica e social, na medida em que a questão do acesso à moradia adequada ainda está por ser equacionada para amplos segmentos da sociedade brasileira. Entre os resultados esperados, almeja-se consolidar uma série de indicações e diretrizes jurídicas que sirvam para a avaliação de políticas, programas e projetos em curso no setor habitacional, bem como da própria legislação em vigor, tanto a que se refira especificamente à questão habitacional, quanto aquela que, de algum modo, interfira ou produza efeitos sobre o acesso e desfrute da moradia.

Barkham, Richard, and Claudia Murray. "SUATAINABLE SOCIAL HOUSING: ANAYLISIS OF AWARD WINNING CASES:." In 12ª Conferência Internacional da LARES. LARES. São Paulo, 2012.

This paper looks at award winning social housing schemes from across the world. The awards are either for the schemes’ achievement in sustainability or/and architectural design. The term sustainability comprises: economic, environmental and social factors. The schemes are ranked according to the number of awards received and selected best cases from varied regions: Europe, North America, Asia and Latin America. The aim was to identify emerging ‘best practice’ best practice in the area of social housing in completely different markets. The highest ranked cases were analysed within the economic and government structures in which they were developed. In this analysis, their best and worst features were uncovered. The aim was to draw a set of recommendations from global best practice in social housing which to be useful reference for policymakers at central, regional or local level – these recommendations will be presented. From a real estate perspective, the analysis reveals that the area of social housing design is rapidly becoming one of the most fast moving and creative areas of real estate, which merits much more attention from investors and academics.

Murray, Claudia, Kathy Pain, and Sandra Vinciguerra. "THE GATEWAY CITY CONUNDRUM: HOW IS SÃO PAULO FARING IN CONTEMPORARY GLOBALISATION?" In 12ª Conferência Internacional da LARES. LARES. São Paulo, 2012.

This paper draws on advanced producer services data for banking, accountancy, law, advertising and consultancy from the Globalization and World Cities (GaWC) research network for the years 2008 and 2010. The aim is to examine the changing position of São Paulo in the ranking of world cities at the time the financial crisis developed. Rossi & Taylor (2006, 2007), have argued that São Paulo is Brazil’s ‘gateway city’ for global banking but how can we explain its rise from 21st to 14th top world financial centre during the crisis? Quantitative data suggest that the financial sector continues to be the main agent in São Paulo’s increasing global network connectivity, but the qualitative research discussed here shows that the concept of a gateway city should not be interpreted simplistically. This paper demonstrates that real estate capital flows for the development of prime office space can affect the “physicality” of the gateway city, making it more or less attractive for business, and that complex relational patterns and politics at a regional level, can influence a city’s domestic and global network ranking, particularly in an area that it is still trying to prove itself as an attractive and reliable destination for foreign investment.

da Luz Neto, Manoel Altivo. "Urbanismo Discreto: A Evolução do Financiamento para o Planejamento Turístico-imobiliário e o Desenvolvimento Sustentável de Cairu (Único Município-arquipélago do Brasil) – A Terceira Âncora – 2007/2012." In 12ª Conferência Internacional da LARES. Discreet Urbanism: Financing Real Estate and Touristic Planning for Sustainable Development of Cairu (The Brazilian Single County- archipelago) – Evolution 2007/2012 - The Third Anchor. São Paulo, 2012.

A TERCEIRA ÂNCORA é uma proposta de vanguarda para viabilizar a execução de um plano de desenvolvimento estratégico e institucionalizar uma Agência de Desenvolvimento municipal. Foro destinado a abrigar as relações de cooperação entre a Academia, o Governo, a Sociedade e a Iniciativa Privada em contexto geopolítico ímpar no Brasil. Território insular que tem no potencial imobiliário e turístico as principais vertentes do desenvolvimento sustentável. Esse esforço será materializado, inicialmente, através da construção de um condomínio-modelo com edificações concebidas nos mais altos níveis de sustentabilidade. Espaços planejados como exemplos para a ocupação ideal do território com baixo impacto ecológico e uso de tecnologias limpas. As operações financeiras e patrimoniais estão consorciadas para criação de um Fundo Municipal de Desenvolvimento com lastro em estruturas urbanísticas discretas.

Cavazani, Cecília Reia. "“BUILT-TO–SUIT”: FORMAS DE CONTRATAÇÃO PELA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA." In 12ª Conferência Internacional da LARES. “BUILT-TO-SUIT”: PUBLIC ADMNISTRATION WAYS OF HIRING. São Paulo, 2012.

A Administração Pública tem enormes despesas com a construção de prédios para instalação de seus serviços ou mesmo para adaptação de imóveis por ela locados, pois dificilmente encontra prédios com condições de instalar os órgãos públicos de modo satisfatório. As vantagens do “built-to-suit” para o setor privado podem e já estão sendo aplicadas ao setor público. A contratação “built-to-suit” contorna a carência de orçamento para a construção de prédios públicos e no caso de edifícios locados diminui os custos envolvendo mobilização para reforma e adaptação do prédio.

Esse tipo de contração no setor privado é complexo, não tendo ainda regras específicas, sujeitando-se aos preceitos gerais dos contratos. Quando se trata de contratação com o Poder Público faz-se uma relação ainda mais complicada, conjugando-se normas de direito público e suas prerrogativas indisponíveis, com o direito privado, que rege, em regra, as locações mesmo que feitas pelo Poder Público.

Analisaremos de forma crítica a possibilidade de duas formas de contratação “built-to-suit” pela Administração Pública. A primeira é contratação de “built-to-suit” por contrato de locação atípica entre a Administração e o particular, avaliando a necessidade ou não de licitação, a segunda forma avaliada é a contração de parceria-público-privada feita por intermédio de licitação, nessa modalidade de contratação a Administração constituiria direito de superfície de terreno público ao particular que realizaria a construção, a locação se daria por um prazo suficiente para o retorno do investimento e aferimento de lucro pelo particular e, após esse prazo, a construção se incorporaria ao patrimônio público.

O presente estudo pretende colaborar para o aperfeiçoamento da contratação “built-to-suit” pela Administração Pública visando um equilíbrio contratual, tendo o particular segurança ao contratar com o Poder Público e a Administração possa instalar seus órgãos de modo satisfatório sem prejuízos ao erário.