Keywords Abstract
Romanini, Anicoli, Bruno Gallina, and Liliany Schramm da Silva Gattermann. "A importância do transporte coletivo urbano na mobilidade e sustentabilidade urbana." In 15ª Conferência Internacional da LARES. The importance of urban public transport in urban mobility. São Paulo, 2015. Mobilidade Urbana; sustentabilidade urbana; transporte urbano; Urban Mobility; urban sustainability; Urban Transportation

A mobilidade é tema recorrente nos debates sobre questões urbanas. É através dela que ocorre a vida nas cidades, que se determina a localização das mais diversas atividades e que se determina o rumo do desenvolvimento urbano de cada lugar. É notório que o caos na mobilidade urbana, mesmo em médias cidades, tem dificultado o direito de ir e vir dos cidadãos. Isso se deve a uma política desenfreada ao incentivo ao transporte individual e ao sucateamento do transporte coletivo urbano. No Brasil, o transporte coletivo urbano, até a década de 50, era operado basicamente por permissionários individuais, através de veículos de pequeno porte, como ônibus menores, micro-ônibus e kombis, sendo de responsabilidade dos municípios o seu gerenciamento. Nos anos de 1970, o setor passou a ser controlado pelo governo federal através da criação de diversos órgãos de controle, como as EMTUs – Empresas Metropolitanas de Transportes Urbanos e a EBTU – Empresa Brasileira de Transportes Urbanos, por exemplo. No entanto, com a Constituição Federal de 1987, a responsabilidade sobre o setor voltou a ser dos municípios. Na esfera municipal, Passo Fundo/RS, percebe-se que há uma carência de investimentos nessa área. Os últimos grandes investimentos em infraestrutura datam da década de 1980, com a retirada dos trilhos do centro da cidade e a abertura das vias perimetrais Leste e Sul. Desde então, mudanças pontuais vem sendo implantadas, basicamente com pavimentação e alteração no sentido de vias. Da mesma forma, o transporte coletivo nunca recebeu melhorias significativas. As alterações basicamente ocorreram através de ampliação de linhas e horários. Este é objetivo do trabalho, apresentar o sistema de transporte coletivo urbano da cidade, bem como apresentar soluções possíveis para uma melhor mobilidade e sustentabilidade urbana.

Gaiarsa, Claudio Martins. "A Queda dos Preços dos Imóveis no Brasil, os Índices de Preços, e os Working Papers do BIS: uma perspectiva para as políticas econômica e monetária." In 15ª Conferência Internacional da LARES. Real Estate falling prices in Brazil, price indices, and the BIS Working Papers: a perspective for economic and monetary policies. São Paulo, 2015. BIS-Bank for International Settlements; Fipe-Zap; housing price index; Índice de preços de imóveis; IVG-R; Monetary Policy; política monetária

O setor de real estate vem ganhando relevância no cenário econômico e financeiro brasileiro. Essa relevância tem crescido à medida que os financiamentos habitacionais têm aumentado sua participação nos balanços das instituições financeiras. O monitoramento permanente desses ativos passa a ganhar importância, a exemplo de todos os ativos do sistema financeiro, à medida que a higidez dessas instituições depende, de forma crescente, desses ativos. O crescimento da importância dos ativos imobiliários, em especial dos imóveis residenciais, acrescenta uma nova dimensão ao ciclo econômico, introduzindo uma possiblidade adicional para a geração de crises: a desvalorização dos imóveis, e sua repercussão sobre o sistema financeiro. A forma universalmente adotada para acompanhamento da evolução desses ativos são os índices de preços dos imóveis residenciais, ainda que as maneiras de fazê-lo sejam tantas quantos índices existem pelo mundo. A construção de um índice de preços de imóveis é tarefa muito mais difícil do que de um índice de preços ao consumidor, já que os preços só se materializam no momento da compra e venda de um imóvel, evento pouco frequente, agravado pela singularidade de cada imóvel transacionado. A essa já amplamente reconhecida dificuldade, soma-se a de utilização dessa medição para a elaboração das políticas econômica e monetária. O BIS-Bank for International Settlements, em associação com o FMI, promoveu uma conferência em 2003 para discutir a respeito da construção e utilização desse tipo de índice, com destaque para as dificuldades na sua interpretação e na elaboração de políticas econômicas e monetárias correspondentes. Tanto essa dificuldade é real, que mesmo com todo o empenho daquelas instituições, em 2003, praticamente nada resultou para enfrentar a crise econômica de 2008, originada do exacerbamento do ciclo imobiliário nos países de economia madura. As séries temporais de dois índices brasileiros são comparadas, e são lançadas hipóteses para as divergências surgidas dessa comparação, com base no material elaborado pelo BIS/FMI.

dos Santos Silva, Angela. "Ações de Política Urbana Versus Habitação de Interesse Social na Operação Urbana Consorciada Água Espraiada: Setor Jabaquara." In 15ª Conferência Internacional da LARES. Actions of Urban Policy X Social Housing in the Urban Consortium Operation Aguas Espraiadas: Jabaquara Sector. São Paulo, 2015. Habitação social; operação urbana; Planejamento Urbano; política urbana; Social Housing; social workers; urban operation; Urban Policy

As Operações Urbanas possuem, em tese, aplicabilidade para a criação de políticas urbanas mais eficientes, pois é um instrumento legal de requalificação urbana. Apresenta-se como um instrumento urbanístico de parceria entre o poder público municipal e a iniciativa privada. O objetivo deste artigo é apresentar os resultados do estudo das ações do Poder Público para o atendimento habitacional de interesse social da OUCAE, no setor Jabaquara, pela pesquisa e seleção dos principais agentes envolvidos nesse processo. O método utilizado na pesquisa foi a investigação em informações secundárias coletadas nos documentos técnicos do acervo da biblioteca e amparada em dados primários coletados de entrevistas com alguns moradores da OUCAE do setor jabaquara diretamente atingidos pelos Planos de Melhoramento. Os resultados indicam que, para atingir os objetivos esperados de um programa, no âmbito de uma Política Pública, seria necessário que, estrategicamente, os órgãos municipais, estaduais e federais se articulassem de forma mais institucionalizada.

Bracco, Stefano, and Daniel Falcão. "ANÁLISE DA IMPLANTAÇÃO DE UM SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE NA CONSTRUÇÃO CIVIL: Estudo de caso em uma empresa de pequeno porte do interior de São Paulo." In 15ª Conferência Internacional da LARES. LARES. São Paulo, 2015. Construção Civil; Construction; Model; modelo; pequenas empresas; qualidade; Quality; Sistema; small company; System

Nos últimos anos o cenário da construção civil, em modo particular o subsetor edificações, vem apresentando um maior interesse para o desenvolvimento da qualidade. Órgãos públicos, agente financiadores e clientes estão, cada vez mais, exigindo melhorias dos serviços e dos produtos das construtoras. Nesse contexto as empresas tiveram que dedicar maiores esforços para desenvolverem um sistema de gestão da qualidade. Para as pequenas empresas, que representam a maioria do setor, adotar esse tipo de sistema é um grande desafio devido suas capacidades e características. O presente trabalho apresenta um modelo de sistema de gestão da qualidade baseado na norma ISO 9000:2008 e aplicado em uma empresa de pequeno porte localizada no interior de São Paulo. Além disso, são expostas as vantagens, as dificuldades e os resultados obtidos pela adoção do sistema.

Machado, Marcos Roberto, Marina Rosa Crespo, Antonio Carlos da Rocha, and Celma de Oliveira Ribeiro. "ANÁLISE DA QUALIDADE DE INVESTIMENTO EM UM FII: UM ESTUDO DE CASO." In 15ª Conferência Internacional da LARES. ANALYSIS OF INVESTMENT QUALITY IN A REAL ESTATE FUND: A CASE OF STUDY. São Paulo, 2015. analise da qualidade de investimento; analysis of investment quality.; fundo de investimento imobiliário; real estate; real estate investment fund

O presente trabalho consiste na avaliação dos indicadores da qualidade de investimento apresentados na oferta de cotas de um Fundo de Investimento Imobiliário (FII) real do mercado. Para tanto, foram elaborados dois modelos de simulação do investimento com a finalidade de comparar os resultados com os dados originais de comercialização apresentados aos investidores. O estudo de caso leva em consideração os indicadores e o cenário do mercado no período de lançamento do FII (junho de 2012). As críticas aqui levantadas se justificam devido ao cenário dos negócios de real estate no Brasil, onde muitas vezes o funding necessário para realização de um empreendimento de base imobiliária é formatado com investimento de um FII e as informações inicialmente divulgadas para fomentar a atratividade nos investidores nem sempre são elaboradas sobre bases realistas que possam garantir a rentabilidade mínima projetada diante das futuras flutuações típicas do mercado imobiliário, algumas delas facilmente previsíveis diante do crescimento e da própria saturação causada pela alta na oferta de lançamentos do setor.

Neto, Francisco Maia. "Análise De Valores De Shopping Centers No Brasil." In 15ª Conferência Internacional da LARES. Shopping Centers Value Review in Brazil. São Paulo, 2015. Brasil; Brazil; implantação; implantation; sale; Shopping; Shopping Centers; valores; Value; venda

A partir de uma pesquisa iniciada no ano de 2005, foram obtidos valores de custo de implantação ou de venda de shopping centers em funcionamento, cujo modelo adotou como referência de preço os valores em reais por metro quadrado de ABL (Área Bruta Locável) dividido pelo valor do índice de custo da construção civil, correlacionado a nove variáveis (data, ABL, área construída, área do terreno, número de vagas, total de lojas, lojas âncora, classe social A e B e se o valor é de custo ou de venda).

de Souza, Carolina Koschdoski. "As modificações introduzidas pela Lei no 13.097/2015 e a criação da Letra Imobiliária Garantida (LIG): segurança jurídica para fomentar o investimento com lastro imobiliário." In 15ª Conferência Internacional da LARES. The changes brought by Law No. 13,097 / 2015 and the creation of the Brazilian Covered Bond (Real Estate Guaranteed Letter - LIG): legal certainty to promote investment with real estate collateral. São Paulo, 2015. alterações; Brazilian Covered Bond (LIG); Changes; direito imobiliário; Lei 13.097/2015; Letra Imobiliária Garantida; real estate law; real estate registry; registro imobiliário

O objetivo desta análise é apresentar as principais mudanças trazidas pelos artigos 54 a 98 da Lei 13.097, de 19 de janeiro de 2015. A primeira delas representa o marco legal do princípio da concentração do registro imobiliário, materializado no fato de que todas as informações necessárias para aferição de riscos na aquisição de imóveis deverão constar unicamente da matrícula imobiliária. No intuito de diminuir os custos do comprador, dar maior celeridade aos negócios imobiliários e, sobretudo, aumentar a segurança jurídica, esse novo paradigma privilegia o terceiro adquirente de boa-fé, que passa a gozar plenamente do princípio da fé pública registral, em decorrência da inoponibilidade das situações jurídicas que não constarem da matrícula no Registro de Imóveis, como será explicado. Dessa forma, o ônus passa a ser dos credores dos proprietários de imóvel, que devem adotar as providências de registro/averbação no fólio real a fim de garantir a satisfação do crédito. Serão indicadas as principais polêmicas e dificuldades que os tribunais deverão enfrentar face à nova regulamentação e o prazo para produção de efeitos desta nova sistemática a partir da entrada em vigor da referida Lei. A segunda mudança relevante trazida pela Lei no 13.097/2015 que será apresentada neste artigo foi a criação de uma nova espécie de título de crédito com lastro imobiliário, a Letra Imobiliária Garantida (LIG), conhecida no exterior como Covered Bond e muito utilizado na Europa há longa data. Serão expostas as principais características e inovações que tornam a LIG um título mais interessante em relação a outras fontes de financiamento imobiliário. Essas vantagens advêm, sobretudo, da chamada “dupla garantia”, que consiste no fato de a instituição emissora do título responder pelo adimplemento de todas as obrigações decorrentes da LIG, independentemente da suficiência da carteira de ativos sobre a qual se institui o regime fiduciário. Aliadas a essa vantagem estão, ainda, a forma de tributação mais favorável, em decorrência da isenção de imposto de renda em alguns casos, a possibilidade de conter cláusula de correção pela variação cambial, entre outros atributos. Por fim, serão feitas considerações finais acerca das expectativas geradas por estas duas grandes mudanças introduzidas pela Lei no 13.097/2015 no Direito brasileiro imobiliário registral e no mercado de capitais.

Rodrigues, David Augusto Ximenes, Ari Holanda, Júnior, and José Ademar Gondim de Vasconcelos. "AVALIAÇÃO DE IMÓVEIS PELO MÉTODO COMPARATIVO DE DADOS E REGRESSÃO LINEAR: Análise de caso de uma região que recebeu grandes investimentos em Fortaleza-CE." In 15ª Conferência Internacional da LARES. PROPERTY VALUATION BY THE DATA COMPARATIVE METHOD AND LINEAR REGRESSION: Case analysis of a region that received large investments in Fortaleza-CE. São Paulo, 2015. avaliação de imóveis; data comparative method; Linear Regression; método comparativo de dados; Property Valuation; regressão linear

A Engenharia de Avaliações norteia uma preocupação da nova conjuntura em que a sociedade está organizada. A avaliação dos bens é extremamente importante para resoluções de algumas necessidades de uma economia de mercado. A determinação do valor de mercado pode munir os agentes econômicos de informações necessárias para uma boa tomada de decisão. O objetivo deste trabalho é, no entanto, fazer duas avaliações de um imóvel no bairro Papicu, no município de Fortaleza-CE, no entorno de onde aconteceram grandes investimentos públicos e privados que começaram por volta do ano de 2012. O grande foco é fazer as avaliações em períodos distintos, uma no ano de 2011 e outra no ano de 2015. As avaliações, em si, já são de fundamental importância para os agentes que desejam investir ou se utilizar de um imóvel na região. Porém, a análise estática dos dois resultados pode nos mostrar a valorização do valor do m2 na região durante o período. Além disso, foram colocados vários índices de preços, em especial um que representa a variação média do m2 no município de Fortaleza, confrontado-os com a valorização obtida com as avaliações para o período 2011-2015. A proposição deste trabalho, no entanto, é de que os grandes investimentos podem influenciar as regiões de maneira positiva em uma valorização excedente a média do município. Com isso, analisamos a hipótese de convergência dos dados obtidos com o que a teoria econômica prediz: que investimentos públicos e privados em infraestrutura influenciam positivamente na renda e no crescimento de determinadas regiões. As avaliações foram realizadas com base no definido pela legislação brasileira, em especial nas regras da NBR 14.653 da ABNT, utilizou-se o Método Comparativo Direto de Dados de Mercado e um Modelo de Regressão Linear Múltipla.

Fernandes, Andrea Cristina Dias, and João da Rocha Lima, Jr.. "Avaliação do Custo de Construção Médio Estipulado nos Leilões de Geração de Energia Eólica no Brasil." In 15ª Conferência Internacional da LARES. Evaluation the Average Cost Construction stipulated in Wind Power Generation Public Sale in Brazil. São Paulo, 2015. cost construction plant; custo construção usina; energy public sale; geração de energia eólica; Investimentos; Investments; leilões de energia; renewable; renováveis; wind power generation

Este artigo trata do custo de construção médio de usinas de geração de energia Eólica estipulado no Brasil e de uma análise se o Setor Privado suporta esta imposição nos leilões. O objetivo é apresentar a demanda de investimento projetado, além de pontos específicos de risco do empreendimento. Serão analisadas as informações de domínio geral publicados pela Empresa de Pesquisas Energéticas – EPE e de questionários aplicados via Associação Brasileira de Energia Eólica - ABEEólica a Empresas participantes dos Leilões de geração de Energia Eólica. De acordo com os resultados, poderemos concluir que os investidores devem se ater a um controle de custo rígido, para que o preço do custo de construção médio praticado nos Leilões possa ser executado com êxito.

Dinis, Henrique, and Célia Regina Meirelles. "Avaliação Mercadológica de Edifícios Residenciais com Personalização de Unidades." In 15ª Conferência Internacional da LARES. Evaluation of Residential Buildings Production with Personalization of Units. São Paulo, 2015. construção com personalização de unidades; mercado imobiliário de edifícios; personalization of units building; real estate buildings; valor agregado; value-added

Este trabalho analisa a percepção de valor em edifícios residenciais, como decorrência do desempenho dos projetos de arquitetura, segundo sua concepção considerando a possibilidade de personalização das unidades. Aborda inicialmente condicionantes vinculados ao marketing do produto, relativamente às expectativas dos consumidores por empreendimentos com flexibilidade no padrão arquitetônico, em especial, no que se refere aos acabamentos, funcionalidade e distribuição interna dos espaços. Explora diferenciais relativos ao produto imobiliário, obtidos com as possibilidades de personalização das unidades, que podem ser revertidos como ganhos na percepção de valor do edifício. Segue com ponderações sobre processos de gestão utilizados atualmente na personalização de unidades em edifícios residenciais de diversos padrões, custos e atendimento a parâmetros de sustentabilidade, relativamente à sua aplicação e consequente resultado em sua vida útil. Em suma, neste trabalho, pretende-se focar a flexibilização construtiva de unidades como valor agregado ao edifício, concluindo-se com as vantagens que se tem verificado, nas várias tipologias.

Honda, Wilson Saburo, and João da Rocha Lima, Jr.. "Certificação da Sustentabilidade de Edifícios de Escritórios Corporativos." In 15ª Conferência Internacional da LARES. Sustainability Certification in Corporate Office Buildings. São Paulo, 2015. Certificação; Certification; Corporate Buildings; Edifícios de Escritórios; empreendimento de base imobiliária; Real Estate Development; sustainability; Sustentabilidade

O crescimento industrial, comercial e de serviços traz para as sociedades mais evoluídas uma série de benefícios, como o desenvolvimento econômico e o crescimento populacional, aliado às maiores oportunidades de emprego e renda. Entretanto, pela falta de uma consciência mais apurada sobre os possíveis impactos negativos de ritmo acelerado de crescimento, acabam-se verificando uma série de problemas sociais e, sobretudo, ambientais. Em razão disto, nos últimos anos, constata-se a preocupação de alguns setores da sociedade na busca do desenvolvimento fundamentado em práticas mais sustentáveis.

Isto não tem sido diferente no setor da construção civil. A preocupação com a sustentabilidade nos empreendimentos é tema e foco de diversos eventos, tanto no meio acadêmico, como no profissional e governamental.

Particularmente, o segmento de mercado de EDIFÍCIOS DE ESCRITÓRIOS CORPORATIVOS tem sido alvo de pressão para o uso de práticas mais sustentáveis em todo o seu ciclo de vida, desde sua concepção, projeto, implantação e operação, até a sua revitalização. Para aferir a sustentabilidade dos EDIFÍCIOS DEESCRITÓRIOS CORPORATIVOS, muitas empresas do setor buscam certificações de origem estrangeira, que possuem certas limitações em sua aplicabilidade no Brasil, as quais serão discutidas neste trabalho.

Neste contexto, o objetivo deste artigo é a apresentação preliminar de aspectos da tese de doutorado, que visa a construção de um sistema para a CERTIFICAÇÃO DA SUSTENTABILIDADE DE EDIFÍCIOS DEESCRITÓRIOS CORPORATIVOS no Brasil, que é oportuna e necessária para tratar as condições de contorno e realidade nacional. Para a tese vem sendo realizados: [i] levantamento do estado da arte deste tema; [ii] construção da MATRIZ DE ATRIBUTOS para a avaliação da sustentabilidade dos EDIFÍCIOS DEESCRITÓRIOS CORPORATIVOS; [iii] entrevistas com formadores de opinião deste segmento de mercado imobiliário; [iv] visitas em EDIFÍCIOS DE ESCRITÓRIOS CORPORATIVOS relevantes para as arbitragens iniciais; [v] a construção dos procedimentos, regras e rotina, com testes de validação e calibragem do SISTEMA PARA CLASSIFICAÇÃO, ilustrando-se neste artigo alguns dos aspectos relevantes da certificação.

de Ávila Amaral, Cristiane, and João da Rocha Lima, Jr.. "Comportamento do mercado de imóveis residenciais e o deslocamento do poder de compra." In 15ª Conferência Internacional da LARES. Real Estate Market behavior and purchasing power moviment. São Paulo, 2015. adensamento urbano; capacidade de compra; desenvolvimento urbano; increa sing urban density; índices de preços ofertados; mercado imobiliário; offering price; purchasing power; Real Estate Market; Urban Development

O mercado de imóveis residenciais na cidade de São Paulo observado ao longo da última década mostra preços crescentes, em valores nominais, segundo a leitura do índice de Preços ofertados (FIPE ZAP). Os aumentos de preços ocorrem por fatores relacionados com custos de construção e preços de terrenos. Entretanto a capacidade de compra do mercado, analisada por meio do índice de evolução de renda das famílias (Bacen), ilustra uma curva menos acentuada, apesar do viés de estabilidade configurado nos últimos meses. O desvio entre os preços ofertados e a capacidade de compra reflete no comportamento dos focos de adensamento da cidade e desenvolvimento urbano.

Predominantemente os principais eixos de crescimento são: nordeste, a partir do entorno da Vila Mariana, na direção de Guarulhos, sudeste na direção do ABCD e sentido oeste na direção de Osasco. As características urbanas nestes eixos de crescimento apresentam qualidades distintas na medida em que se afastam do centro, podendo-se destacar: as áreas de estruturação metropolitana, que são identificadas pela grande oferta de infraestrutura e eixos de mobilidade; as áreas de vulnerabilidade urbana, com o elevado índice de áreas precárias, irregularidade e de risco, além de baixa oferta de infraestrutura e saneamento; e a chamada área de contenção urbana, representada pelas grandes parcelas de cobertura verdes intercaladas por atividades agrícolas e chácaras.

Através do mapeamento do índice FIPE ZAP ao longo dos três eixos de desenvolvimento significativos da cidade de São Paulo, o artigo tem como objetivo demonstrar o deslocamento do poder de compra nos últimos 15 anos, através da análise de 47 bairros.

de Souza Silva, Osvaldo Luiz, Luiz Antônio Fonseca Punaro Baratta, and Alice Brasileiro. "Considerações a respeito das atividades propostas pela Lei de Autovistoria em edificações na Cidade do Rio de Janeiro." In 15ª Conferência Internacional da LARES. Considerations about the activities proposed by the Law of Autovistoria (auto inspection) in buildings in Rio de Janeiro City. São Paulo, 2015. auto inspection; autovistoria; building inspection; inspeção predial

Este trabalho objetiva registrar e analisar uma rica experiência obtida em vistorias prediais sob a tutela da Lei Estadual 6400/13 e da Lei Complementar [municipal] 126 de Autovistoria no Rio de Janeiro. Após o desabamento simultâneo de três prédios contíguos no Centro do Rio, essas Leis foram promulgadas para disciplinar a certificação das condições de conservação, estabilidade e segurança das edificações. Cada edifício deve ser alvo de diferentes frequências de vistorias, dependendo das diferentes idades e outras especificidades. As equipes devem ser multidisciplinares, com engenheiros de diferentes habilitações e arquitetos. As vistorias, apenas visuais, produzem um documento, o Laudo Técnico de Vistoria Predial – LTVP, indicando o estado de conservação, as eventuais medidas reparadoras e o prazo para sua execução. Em edificações com até cinco anos após a entrega, cabe aos incorporadores a produção do LTVP e aos mesmos incorporadores é que devem ser reportadas as reclamações, quando o desempenho não for adequado. Ao longo da curta vigência da legislação estadual e municipal, cerca de dois anos, pôde-se constatar que há uma carência de regulamentação dos procedimentos, o que acarreta a geração de resultados irregulares, como até LTVP’s de uma única página para todo um edifício. Soma-se a isso a variedade de tipos e de dimensões das edificações entre as centenas de milhares existentes na cidade do Rio de Janeiro, que demandam categorização e prazo adequado para os procedimentos, por parte do poder público que instituiu as leis, embora órgãos de classe e os sindicatos, como o Crea-RJ e o Senge-RJ, venham reunindo esforços para produzir bem-vindos guias de procedimentos para a autovistoria. O artigo também expõe outros entraves, como os constrangimentos e as dificuldades de acesso às unidades privativas, seja pela ausência do proprietário ou pela falta de autorização legal, conformando um determinado procedimento profissional que deve ser legalmente cumprido, mas que não necessariamente encontra suporte jurídico para isso, configurando uma dificuldade a mais na Engenharia Diagnóstica em Edificações local e que tem a pretensão de ser nacional. Nesse sentido, a introdução do BIM de manutenção poderia ser bem-vinda para o registro do desempenho da edificação.

do Carmo, Maria Helena Custódio. "Direito da Cidade e Ocupação Desordenada das Áreas de Várzeas Urbanas: Breve Estudo de casos na Baixada Fluminense - Região Metropolitana do Rio de Janeiro e Bacia Matanza-Riachuelo - Área Metropolitana de Buenos Aires." In 15ª Conferência Internacional da LARES. Right to the City and Disordered Occupation Areas of Urban Wetlands: Brief Case Studies in the Baixada Fluminense - Metropolitan Region of Rio de Janeiro and Matanza-Riachuelo Basin - Metropolitan Area of Buenos Aires. São Paulo, 2015. cidade; City; direito; floodplains; occupation; ocupação; Right; Urbanisation; urbanização; várzeas

O novo período, denominado por Milton Santos (1994) de Técnico-Científico-Informacional, no que diz respeito ao processo de urbanização, consagra, dentre outras coisas, uma redistribuição das classes sociais no território, sendo as cidades as áreas mais aptas a acolher a população de baixa renda. Nos últimos anos, as atividades antrópicas, mormente nas áreas de ocupação desordenada do espaço urbano das grandes cidades, têm contribuído para a ocorrência de alterações nas bacias de drenagem e seus canais constituintes. Numa escala relativamente curta de tempo, é possível perceber transformações significativas nas áreas de várzeas urbanas ocupadas. De modo que os estudos referentes aos impactos das atividades antrópicas sobre as redes de drenagem urbanas têm sido cada vez mais necessários, uma vez que tais impactos têm produzido uma série de problemas ao meio ambiente afetando, inclusive, o bem-estar da própria população. O estudo pretende desenvolver uma breve análise no campo jurídico sobre a ocupação dessas áreas no contexto do Direito à Cidade, notadamente como essas localidades são tratadas pelos Planos Diretores (PD), destacando os municípios de Duque de Caxias, de São João de Meriti, de Belford Roxo e de Mesquita, pertencentes à Baixada Fluminense, Região Metropolitana do Rio de Janeiro (RMRJ), em território brasileiro; e como a Sentença Mendoza cuida da situação da Bacia Matanza-Riachuelo, Área Metropolitana de Buenos Aires (AMBA), em território Argentino. Destacando, sobretudo como tais instrumentos jurídicos trabalham com a questão da ocupação irregular das áreas marginais.

de Camargo, Cristiane Bueno, Eliane Monetti, and Cláudio Tavares de Alencar. "Diretrizes e recomendações para o estabelecimento de parcerias entre empresas do Real Estate residencial." In 15ª Conferência Internacional da LARES. GUIDELINES AND RECOMMENDATIONS FOR PARTNERSHIPS BETWEEN THE ESTABLISHMENTS OF REAL ESTATE RESIDENTIAL COMPANIES. São Paulo, 2015. alianças estratégicas; diretrizes; Estrategia; Guidelines; parcerias; Partnerships; real estate residencial; real estate residential; strategic alliances; Strategy

O período entre 2006 e 2010 foi marcado pela realização de um grande volume de parcerias entre empresas do real estate em decorrência principalmente do cenário macroeconômico positivo e da intensificação das atividades setoriais. Ao final deste período, ao se iniciar a apuração dos resultados dos empreendimentos objeto de tais parcerias, observou-se a geração de resultados inferiores às expectativas estabelecidas e o encerramento de grande número de parcerias, assim como a retomada das organizações para a realização de empreendimentos de forma autônoma.

Independentemente do cenário verificado no setor do real estate especificamente, estudos indicam que a adoção das parcerias como estratégia vem sendo largamente adotada nos diversos setores da economia e se demonstram uma relevante alternativa para organizações que visam ao crescimento das operações, a elevação da competitividade e/ou a inserção em novas regiões ou segmentos de atuação, entre outros objetivos estratégicos.

Motivado pelo cenário acima exposto e pelo entendimento de que a constituição de parcerias pode oferecer um diferencial competitivo às empresas do real estate, o presente trabalho tem como objetivo apresentar diretrizes e recomendações que possam contribuir para o planejamento e condução de futuras parcerias entre empresas do setor, abrangendo todo o processo que envolve a realização de uma parceria, desde aspectos de planejamento, até aspectos de gestão e operacionais.

Para isto, realizou-se uma pesquisa por meio de um estudo de casos múltiplos envolvendo empresas de capital aberto que atuavam predominantemente nas capitais do eixo Rio-São Paulo, empresas atuantes em nível regional no Norte e Nordeste brasileiro que realizaram parcerias com as empresas do Sudeste, além de empresas de consultoria que estiveram envolvidas nas parcerias por meio de prestação de serviços. Tal pesquisa permitiu identificar as principais dificuldades, vantagens e desvantagens decorrentes das parcerias em questão, cujos dados foram analisados e discutidos à luz da revisão bibliográfica, embasando assim o conjunto de diretrizes e recomendações sugerido.

Chaves, Lorili, and Fernanda Furtado. "Discrepâncias em avaliações de imóveis nas desapropriações: o caso do aeroporto vale do aço." In 15ª Conferência Internacional da LARES. Discrepancies on real estate valuation for expropriation in the public interest: the case of Vale do Aço airport. São Paulo, 2015. Brasil; Brazil; desapropriação; Expropriation; indemnification; indenização; métodos de avaliação de bens; property assets valuation standards

Este artigo é parte de um estudo que teve como tema as avaliações de bens imóveis nas desapropriações por utilidade pública, analisando o instituto da desapropriação e alguns de seus desdobramentos relacionados aos critérios previstos nas normas de avaliações de bens imóveis. Neste escopo, o presente trabalho tem como objetivo trazer uma reflexão sobre a possibilidade de absorção da valorização fundiária em decorrência da modificação de parâmetros do zoneamento urbano que ocorrem em função de projetos de obras públicas. Para tanto, apresentamos o estudo de caso do uso do instituto da desapropriação para a realização do projeto do Aeroporto do Vale do Aço, em desenvolvimento pelo estado do Rio de Janeiro, a ser localizado em uma fazenda em área de uso rural entre as cidades de Piraí e Volta Redonda. Em razão do projeto, a área onde se encontra a fazenda teve seu uso alterado na normativa urbanística, passando de área rural a área de expansão urbana. Como consequência, o Estado efetuou a avaliação prévia do imóvel, em vista da sua indenização, através do método determinado pela Norma. O Perito Judicial, por sua vez, utilizou o método involutivo, tomando como base o novo zoneamento, o que resultou em uma diferença extraordinária entre a avaliação efetuada pelo avaliador do Estado e a calculada pelo Perito judicial. O caso ilustra de modo exemplar a questão de como a inobservância de preceitos na escolha dos métodos avaliatórios dispostos na Norma Brasileira de Avaliação de Bens Imóveis pelo avaliador pode acarretar discrepâncias e trazer grandes impactos não previstos no orçamento inicial de projetos de obras de utilidade pública, causando danos aos investimentos presentes e comprometendo os futuros.

Christersson, Matti, Peggie Rothe, and Christopher Heywood. "Employee perceptions of short distance relocation – A longitudinal study of a Finnish case." In 15ª Conferência Internacional da LARES. La percepciones de los empleados a una reubicación a corta distancia- Un estudio longitudinal de un caso finlandés. São Paulo, 2015. cambio; Change; Corporate real estate; experencia de empleados; finland; finlandia; organizational relocation; reubicación de organización; User Experience

This paper investigates the social impacts of short distance office relocation on individual employees, teams and the organization. The paper studies the employee experiences, engagement and change management communication, as perceived by employees during relocation. The social impacts are identified based on the experiences of approximately 15% (nine employees) of the subject organization two months before, one week before and four months after the relocation. The qualitative data collection is conducted by semi-structured interviews, diaries and participatory action research. 

The subject organization relocated from a closed cell-type office environment into a new building with open office layout located on the same site, implementing an activity-based working policy. The relocation was planned and communicated well ahead within the organization including employee involvement; in fact, some experienced relocation fatigue as they considered it was being treated as a “bigger-than-life” occasion. On the other hand, certain employees did experience resistance towards the change. 

Before the relocation the subject organization’s old premises were considered inadequate. Still, employees had concerns about the new open office environment including the adoption of new ways of working. After the relocation, for example, less paper-dependent working practices were adopted, whereas challenges related to, for example, ergonomics were still constraints to some employees. Experiences of improved inter-organizational communication were reported by most while others experienced just the opposite. Since the last interviews were made four months after the move, certain post-occupancy implications were possibly not yet fully experienced. The paper provides information on the social impacts of organizational relocation process as it identifies employee perceptions during a relocation process with minimal influence from location change. Moreover, the threefold longitudinal research approach enables possible time-depended development of adaptation of change in employee perception to appear and to be analysed in more detail.

Cavazani, Cecilia. "ESTRATÉGIAS PARA A CLASSE C: CONSIDERAÇÕES SOBRE MARKETING E VENDAS PARA A NOVA CLASSE MÉDIA." In 15ª Conferência Internacional da LARES. STRATEGIES FOR CLASS C: CONSIDERATIONS AND MARKETING SALES FOR THE NEW MIDDLE CLASS. São Paulo, 2015. C class; classe C; comportamento do consumidor; Consumer Behavior; imóveis populares; popular habitation

A ascensão da classe C é considerada o maior fenômeno sociológico do Brasil. Porém, estudos sobre o consumo dessa faixa da população, hoje considerada classe média pela Fundação Getúlio Vargas, são muito escassos, principalmente quando se trata da compra do primeiro imóvel. O presente artigo apresenta uma coletânea de informações e estratégias empíricas, utilizadas nas estratégias de marketing e vendas de apartamentos populares enquadrados nas Faixas 2 e 3 do programa Minha Casa Minha Vida, do Governo Federal. Está estruturado em estratégias de marketing direcionadas especificamente para a nova classe média, como a utilização de pontos de venda, neuromarketing e branding, considerando que todo recurso empregado na publicidade reflete diretamente no preço das unidades. A compra do primeiro imóvel é uma decisão complexa e um grande passo para a nova classe de consumidores, e divide-se, resumidamente, na racionalidade do emprego de grande parte de suas economias e renda na aquisição da moradia, além da emoção que habita na expectativa da realização de uma conquista social e familiar sem precedentes.

Navarro, Fabricio Alonso Richmond, and Cláudio Tavares de Alencar. "Estudo da possível internacionalização de empresas brasileiras de real estate residencial para o mercado da Costa Rica: sínteses de resultados." In 15ª Conferência Internacional da LARES. Study of the possible internationalization of residential real estate Brazilian companies to the market of Costa Rica: summary of results. São Paulo, 2015. Brasileiras; Brazilian; companies; Costa Rica; empresas; internacional; International; real estate; residencial; Residential

O presente artigo estuda a possível internacionalização de empresas brasileiras de real estate residencial para o mercado costarriquenho com base na análise de fatores externos e internos. Para identificar tais elementos, foi utilizada a ferramenta analítica SWOT, com o fim de estruturar um questionário que foi aplicado a onze importantes empresas do setor residencial brasileiro. Os resultados mostraram que as empresas entrevistadas deram maior atenção ao tamanho do mercado externo e às características de seu sistema financeiro para analisar a atratividade deste, e identificaram a carência do conhecimento local e sua cultura empresarial como elementos que dificultariam sua internacionalização. Conclui-se sobre a possível internacionalização de empresas brasileiras de real estate residencial para o mercado da Costa Rica, que elementos principalmente contingenciais definem esta estratégia, não sendo viável nem vantajoso idealizar um processo de internacionalização nesse mercado, devido às condições de seus mercados locais, às ameaças do mercado costarriquenho e à estruturação de seus ambientes internos.

Frischmann, Carine Villarino. "ESTUDO DE VIABILIDADE ECONÔMICA DE UM EMPREENDIMENTO RESIDENCIAL NO BAIRRO SANTA MARIA GORETTI, EM PORTO ALEGRE/RS." In 15ª Conferência Internacional da LARES. ECONOMIC FEASIBILITY STUDY OF A RESIDENTIAL DEVELOPMENT IN SANTA MARIA GORETTI’S NEIGHBORHOOD, IN PORTO ALEGRE / RS. São Paulo, 2015. empreendimento; enterprise; Feasibility; Imobiliário; Incorporação; Investimento; Investment; real estate; venture; viabilidade

Este trabalho consiste em um estudo de caso de incorporação de um empreendimento imobiliário a ser desenvolvido em um terreno determinado, localizado no Bairro Santa Maria Goretti, Porto Alegre. O terreno estudado é de propriedade da avó da aluna, e nele encontra-se a sede da antiga empresa Egon Frichmann Ltda., que era de propriedade do avô da aluna e atual locatária do terreno. Neste estudo serão apresentadas todas as etapas necessárias para a tomada de decisão de investir na incorporação imobiliária, desde a coleta de dados até a estratégia de vendas, passando pelo desenvolvimento do produto e finalmente pela viabilidade financeira do projeto, que mostrará o resultado financeiro de todo o investimento. Na etapa final, a incorporação imobiliária será comparada a outros investimentos para definição da destinação mais rentável para o do terreno, segundo a visão da proprietária.

Costa, Odilon, and Wesley Mendes-da-Silva. "Explorando o Papel da Qualidade de Ativos na Maximização da Renda no Mercado de Escritórios Comerciais." In 15ª Conferência Internacional da LARES. Revamping Asset Quality to Maximize Income in Office Markets. São Paulo, 2015. asset quality; Brasil; Brazil; commercial real estate; imóveis comerciais; market niches; nichos de mercado; qualidade dos ativos; real estate returns; retornos imobiliários

Utilizamos uma base de dados única com aproximadamente 2.200 torres comerciais localizadas na cidade de São Paulo entre 3T2005 e 3T2014 para estudar a relação entre a qualidade dos ativos e a renda potencial em diferentes nichos do mercado de escritórios comerciais. Nossos resultados sugerem um prêmio de aluguel no nicho de escritórios maiores (corporativo) e que o padrão construtivo é mais relevante na determinação da renda neste segmento. Acreditamos que esta diferença seja decorrente da maior concorrência entre locadores e locatários e da comoditização de padrões construtivos no mercado de escritórios menores (office), pois a renda neste nicho é mais insensível à diferentes níveis de qualidade dos ativos quando consideramos variações de preços entre diferentes regiões. Nós também concluímos que os prêmios de aluguel associados à diferentes categorias de edifícios não são estritamente positivos quando consideramos melhorias no padrão construtivo. Desta forma, proprietários e incorporadoras devem levar em consideração o nicho de mercado e níveis aceitáveis de padrão construtivo para o mercado alvo desde a concepção dos seus planos de investimento a fim de maximizar a renda.

Moreno, Oscar Eduardo Perez. "Incentivando la producción de Habitación de Interés Social en Bogotá (Colombia): Aplicación de instrumentos urbanísticos en la Política Habitacional Distrital entre 2012 e 2015." In 15ª Conferência Internacional da LARES. Encouraging the production of affordable housing in Bogotá (Colombia): Application of planning instruments within the housing policy between 2012 and 2015. São Paulo, 2015. Bogota; instrumentos urbanísticos; vivienda de interés social

Este trabajo analiza la utilización de instrumentos urbanísticos para incentivar la producción de Vivienda de Interés Social (VIS) dentro de la política habitacional de Bogotá (Colombia) entre 2012 e 2015. Se estudian los principales instrumentos urbanísticos que fueron incluidos en el Plan de Desarrollo Bogotá Humana (2012-2016), algunos de los cuales fueron reglamentados a través de la Modificación del Plan de Ordenamiento Territorial (POT) de Bogotá en 2013 y por medio de los decretos que fueron expedidos por la Alcaldía entre 2014 y 2015 para hacer frente a la suspensión judicial de la citada modificación del POT. En la primera parte del trabajo se estudian las disposiciones de la Ley de Desarrollo Territorial (Ley 388 de 1997) en relación con el papel de las administraciones municipales en la producción de VIS. En la segunda parte, se analizan instrumentos urbanísticos implementados para incentivar la producción de VIS, tales como: la calificación y localización de terrenos y porcentajes obligatorios para la construcción de vivienda de interés prioritario –VIP (que es un tipo de VIS definida en la legislación colombiana), la declaratoria de desarrollo y construcción prioritaria, la utilización de bienes fiscales distritales como subsidio en especie o como soporte al desarrollo de proyectos con VIP, la financiación de redes de acueducto y alcantarillado mediante un sistema de distribución equitativa de cargas y beneficios en proyectos con usos diferentes a VIP y VIS, la participación y protección de los propietarios originales en proyectos de revitalización y el derecho de preferencia a favor de Metrovivienda (Empresa industrial y comercial de la Alcaldía Mayor de Bogotá que promueve la construcción y adquisición de VIS). En la parte final, son presentados los principales resultados del trabajo, así como las problemáticas y las potencialidades relacionadas con la utilización de instrumentos urbanísticos para incentivar la producción de VIS con base en la experiencia de la política habitacional de Bogotá entre 2012 e 2015.

do Nascimento, Silvia Augusta. "INDUSTRIALIZAÇÃO, CRESCIMENTO ECONÔMICO E URBANIZAÇÃO EM CIDADES DE MÉDIO PORTE: UMA BREVE ANÁLISE DE MATIAS BARBOSA E TRÊS RIOS." In 15ª Conferência Internacional da LARES. INDUSTRIALIZATION, ECONOMIC GROWTH AND URBANIZATION IN MEDIUM-SIDED TOWNS: A BRIEF ANALYSIS OF MATIAS BARBOSA AND TRÊS RIOS. São Paulo, 2015. crescimento econômico; Economic Growth; gestão urbana; industrialização; Industrialization; Urban Management; urbanização; Urbanization

Neste artigo, propõe-se analisar,brevemente, a relação entre o crescimento do parque imobiliário e a elevação dos índices econômicos e sociais de Matias Barbosa (MG) e Três Rios (RJ), cidades com localização estratégica, às margens da BR 040, entre os três mais importantes centros urbanos nacionais: Rio de Janeiro, Belo Horizonte e São Paulo. Foram identificadas algumas características que induziram o crescimento econômico e sua ligação com o nível da qualidade urbana das duas cidades, perpassando as políticas públicas para desenvolvimento urbano nessas cidades. Para tanto, dados estatísticos relativos aos anos de 2000 e 2010 dos municípios foram utilizados, contemplando dados sobre domicílios permanentes, crescimento populacional e social dessas cidades, no intuito de identificar algumas características que induziram o crescimento econômico e se esse processo de desenvolvimento pode ou não resultar em uma melhoria na qualidade urbana das duas cidades, além de investigar a relação entre o aquecimento do setor imobiliário com o desenvolvimento econômico e o seu desenvolvimento urbano, bem como o nível de orientação em termos de políticas públicas urbanas de ambos os municípios. O estudo pretende subsidiar uma aproximação entre os instrumentos legais de políticas urbanas e os processos socioeconômicos de desenvolvimento urbano, com o objetivo de sugerir melhores mecanismos, considerando o empresariamento da gestão urbana como uma tendência nesse contexto e a função social da cidade e da propriedade como premissa para a qualidade de vida nos municípios.

da Rocha Lima, Jr., João. "INVESTIMENTOS EM EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS PARA VENDA RISCO DOS INVESTIMENTOS EM REAL ESTATE." In 15ª Conferência Internacional da LARES. LARES. São Paulo, 2015.

O artigo discute riscos dos investimentos em real estate para venda, tratando das questões fundamentais: i. o entendimento de riscos, gestão e sua mitigação; ii. riscos sistêmicos e do ambiente, monitoráveis e não; iii. análise de riscos por meio da medida do impacto de quebras de comportamento na qualidade do investimento. Adiante, por meio de um exemplo protótipo, mostramos como fazer a análise do impacto de riscos na qualidade dos investimentos.

Burgos, André Perroni, and Daniel Ferreira Falcão. "Lean Construction – O desafio da sua aplicação na construção civil." In 15ª Conferência Internacional da LARES. Lean Construction – The challenge of the assessment on construction. São Paulo, 2015. Andon; Kanban; lean construction; Sistema Toyota de Produção; Toyota Production System

O presente trabalho tem como tema o ILean Construction”, que se baseia no Sistema Toyota de Produção aplicado a construção civil. O trabalho apresenta um estudo de caso em que são identificados conceitos e ferramentas aplicados na construção civil com bastante sucesso. A revisão bibliográfica apresenta os conceitos e ferramentas da engenharia de produção utilizados nas industrias da Toyota, dentre eles “Just-in-Time”, autonomação, produção puxada, eliminação de perdas, nivelamento e balanceamento da produção, gerenciamento visual e padronização. Depois de criada a base conceitual foi apresentado como os principais pensadores do Lean Construction enxergaram a aplicação do Sistema Toyota de Produção na construção civil, apresentou-se os doze principios de Koskela além dos principios de Bowen e Spears. O estudo de caso apresentou a aplicação do sistema Kanban através da utilização de cartões que definem o fluxo logistico em obras de edificações, tambem foi apresentado o sistema Andon amplamente utilizado na industria automobilistica, que visa o monitoramento de paradas na produção e identificação de suas causas.1

  • 1. Este artigo é fruto de um estudo mais abrangente, apresentado como Trabalho de Conclusão de Curso - Pós Graduação Lato sensu.
Martins, Marcele Salles, Anicoli Romanini, and Marina Bernardes. "Liliany Schramm da Silva Gattermann." In 15ª Conferência Internacional da LARES. Urban Mobility: diagnosis on average city. São Paulo, 2015. cidade para as pessoas; city for people; mobilidade urbana e acessibilidade; urban mobility and accessibility

O uso do transporte tem possibilitado o crescimento de diversos setores, comerciais, educacionais e de lazer, o que influência diretamente na expansão das cidades e no avanço econômico. Entretanto, este crescimento influência no espaço do pedestre diante do veículo, bem como interfere diretamente na poluição do meio ambiente, como a poluição sonora, do ar e da água, desta maneira, é necessário buscar alternativas que possam minimizar estes impactos, num cenário onde a acessibilidade e sustentabilidade possam desempenhar a sua função e qualificar o espaço urbano. Algumas cidades brasileiras estão em um processo de mudança, buscando espaços mais acessíveis as pessoas e adaptados ao uso de outros transportes como a bicicleta e transporte coletivo. “A mobilidade é um componente essencial a saúde da cidade. As cidades não podem ser pensadas para os carros. O ritmo do encontro é o ritmo da caminhada. Precisa-se desenhar as cidades para que o espaço do pedestre seja determinante e que outros modos leves de deslocamento, como a bicicleta, também sejam favorecidos. O transporte público precisa ser de qualidade, oferecendo confiabilidade, conforto e dignidade ao usuário” (Lerner, 2013). A European Enviromental Agency (1995), constata, que o impacto causado pela cidade e seus habitantes vai além dos seus limites, onde as necessidades dos usuários, deveriam ser possibilitadas sem impor demandas “insustentáveis”, isso é evidenciado, já que a cidade moderna vai muito além da cidade em si. A busca pelo desenvolvimento sustentável deste setor tem sido a motivação desta pesquisa, já que se vê necessária a implantação de diretrizes para a mobilidade urbana sustentável, interligando os setores social, econômico e sustentável para que se torne viável. Acredita-se que a sustentabilidade visa o bem-estar da sociedade e busca conservar os recursos naturais, desta forma, o objetivo do trabalho é analisar propostas de mobilidade urbana e acessibilidade para cidades de médio porte, com a finalidade de avaliar soluções para modificar os parâmetros atuais.

Eloy, Claudia Magalhães. "Limites e potencialidades do SFH para o financiamento habitacional no Brasil." In 15ª Conferência Internacional da LARES. The Brazilian Housing Finance System: Limits and potential to expand the residential mortgage market. São Paulo, 2015. FGTS; financiamento habitacional; Housing Finance; Housing Policy; Política Habitacional; poupança; savings; SBPE

O crédito habitacional no Brasil sofreu uma impressionante expansão a partir de 2006, lastreado no antigo e tradicional Sistema de Financiamento Habitacional (SFH). O SFH é composto pelo Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE) e pelo Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), fontes que captam recursos a taxas reguladas, abaixo dos patamares praticados pelo mercado e que tem sua aplicação também regulamentada, com regras específicas em cada caso. A análise do potencial dessas fontes revela que mesmo com o crescimento recente, ainda há uma subutilização em ambas e, portanto, espaço para maior crescimento e utilização mais estratégica, considerando a questão habitacional no país. Em dez/14 o SBPE tinha 52% do estoque de poupança aplicado em crédito habitacional, enquanto o FGTS apenas 43% dos seus ativos totais (dez/13). Há, por outro lado, limites de atuação do SFH que devem ser reconhecidos quando se reflete sobre a expansão do financiamento habitacional no Brasil. A análise conjunta desses limites e potencialidades fornece uma visão ampla e atualizada desse sistema que ainda hoje lastreia o crédito habitacional no país.

de Freitas, Elisabete Maria, and Claudio Tavares Alencar. "MÉTODOS DE GESTÃO DE OBRAS DE EDIFÍCIOS NO BRASIL: ESTADO DA ARTE E PRÁTICA DE MERCADO." In 15ª Conferência Internacional da LARES. BUILDING CONSTRUCTION MANAGEMENT METHODS IN BRAZIL: STATE OF ART AND MARKET PRACTICE. São Paulo, 2015. building construction; Construction Management; construction project management methods; Project Management

O setor de construção de edifícios no Brasil ainda possui características que o classificam como tradicional e conservador e como consequência, de baixa avidez para a implantação de inovações e utilização de métodos de gestão avançados. Apesar disso, muitas organizações têm, dentre outras iniciativas, buscado investir no desenvolvimento de processos produtivos e gerenciais, visando não só a redução de custos, mas também o atendimento às expectativas do cliente, que por sua vez também tem se diferenciado e se tornado cada vez mais exigente.

O objetivo do presente trabalho é apresentar de uma forma resumida o “estado da arte” deste tema combase na literatura referenciada, expondo alguns dos diferentes métodos possíveis de serem utilizados para a gestão das obras de novos empreendimentos, relacionando às teorias do gerenciamento.

Apresenta ainda dados de aplicações no atual mercado adquiridos por meio de entrevistas com dirigentes de empresas construtoras e gerenciadoras, buscando contribuir ao entendimento de como o tema é tratado atualmente no setor assim como sugerir novas pesquisas e estudos a fim de fomentar o contínuo desenvolvimento de métodos de gestão de obras de edifícios dentro do mercado brasileiro.

Como resultado da pesquisa dentro do universo considerado, foi possível sugerir que de uma forma geral as empresas de construção de edifícios de médio porte tendem a se utilizar de uma sistemática de gestão baseado em atividades, e os métodos mais utilizados são PERT e CPM e que não há praticamente aprofundamento e prática de diferentes modelos de gestão de obras.

Conclui-se que a Construção Civil, em especial o mercado brasileiro necessita ainda de ampliar seus conhecimentos e práticas de métodos de gestão de obra diferenciados, uma vez que conceitos diferenciados aliados a sistemas contratuais específicos poderiam definir o sucesso de projetos de construção.

de Lima Borges, Bruno, and Marcelo Fonseca Ignatios. "Modelo de Desenvolvimento Policêntrico Orientado pelo Transporte: cenários para o Plano Diretor Estratégico de São Paulo." In 15ª Conferência Internacional da LARES. LARES. São Paulo, 2015. cenários de desenvolvimento urbano, desenvolvimento orientado pelo transporte, uso do solo, outorga onerosa do direito de construir, mais-valia

A necessidade de promover um modelo de desenvolvimento urbano mais sustentável tem levado muitas cidades e regiões metropolitanas a buscar formas mais racionais de uso e ocupação do espaço urbano, como o Desenvolvimento Orientado pelo Transporte (ou TOD - Transit Oriented Development).

O objetivo deste modelo é criar redes de transporte público coletivo que interconectem as diversas centralidades no tecido urbano, existentes ou novas, promovendo sua integração, adensamento e desenvolvimento socioeconômico. Tal estratégia, por sua vez, deve estar baseada em um padrão viável de desenvolvimento urbano, no qual a mais-valia fundiária, provocada pela instalação das novas infraestruturas de transporte, seja capturada e revertida para o próprio estímulo deste desenvolvimento, de forma incluir todos aqueles que demandam empregos e moradias nas regiões de adensamento.

Para estudar estes efeitos, construiu-se um modelo de uso do solo compacto, contemplando cenários de desenvolvimento urbano para os próximos 16 anos de vigência do Plano Diretor Estratégico (PDE) da Cidade de São Paulo. Este modelo matemático de cenários, por sua vez, alimenta um modelo de viabilidade econômica, ferramenta utilizada para traduzir a estratégia territorial em parâmetros urbanísticos do PDE.

Durante todo o processo de concepção e aprovação do Plano Diretor, que durou cerca de 18 meses e envolveu intensos debates dentro do Executivo e Legislativo municipal, os modelos serviram de ferramenta para a simulação e avaliação de diversos subcenários até a determinação do cenário basedesejado, demonstrado neste artigo.

de Souza Abdalla, Luciano. "modelos de negócio de incorporação imobiliária: internet e o Bim como Vetores de Redução de Preço dos imóveis, Aumento de Rentabilidade dos Empreendimentos e Grandes transformações no mercado imobiliário." In 15ª Conferência Internacional da LARES. Real Estate Development Business Models. São Paulo, 2015. Building Information Modeling (BIM); business model innovation; business webs; incorporação imobiliária; inovação em modelos de negócio; multisided platforms; plataformas multilaterais; Real Estate Development; redes de negócios

Com o advento da tecnologia da informação e da internet, inúmeros mercados foram sacudidos pelo uso intensivo de novas tecnologias que geraram incontáveis inovações de valor, dando ensejo ao aparecimento de novos e disruptivos modelos de negócio. Entretanto, o mercado de incorporação imobiliária, embora ávido consumidor de tecnologia nas áreas de projeto, engenharia, construção e marketing, encontra-se ainda em um estágio pouco desenvolvido no que tange à aplicação da tecnologia na otimização e inovação dos processos existentes, e, consequentemente, dos modelos de negócio existentes. Esses novos e disruptivos modelos de negócio têm proporcionado enorme geração de riqueza, não somente para seus investidores e empreendedores, mas para todos os participantes do mercado, através de ganhos de produtividade e economias de escala sem precedentes, e aparentemente sem limites. No mercado de incorporação imobiliária não é diferente. Além dos incorporadores, há ganhos para os consumidores, através de melhores preços e produtos mais adequados às suas necessidades; para os proprietários de terrenos, através de maior liquidez para seus imóveis; para os investidores, através de maior retorno para seus investimentos; para os financiadores, através de maior volume e maior atratividade dos financiamentos; e, em última instância, para toda a sociedade. Este trabalho visa a identificar esses benefícios para a atividade de incorporação imobiliária, analisando-a pelas lentes das inovações de valor proporcionadas pela tecnologia, especialmente a internet e o BIM, para propor modelos de negócio alternativos, compará-los com os modelos atuais e avaliar os potenciais ganhos. Essa análise comparativa é feita através do estudo de viabilidade de um mesmo empreendimento realizado em cada um dos modelos, mantendo-se constante a margem líquida a valor presente nas simulações de cenários, e verificando-se os efeitos produzidos na operação, em termos de redução do preço dos imóveis e aumento do retorno sobre o investimento do incorporador.

Sundfors, David, and Magnus Bonde. "Monitoring Green Buildings: A Case Study of Solutions in Experimental Buildings." In 15ª Conferência Internacional da LARES. LARES. São Paulo, 2015. Building Performance; case study; environmental certification system; Green Building; measure performance; monitoring

Today’s buildings are becoming more technologically complex, which has given us an even better possibility to monitor the buildings in-use performance. This paper studies what key performance indicators real estate developers choose to monitor as well as how they go about to collect the necessary data. In addition, it is also discussed how the information from the monitor systems are integrated in the day-to-day maintenance of the building. The paper has a case study approach, in which two commercial developments, with high ambitions regarding the environmental profile, have been chosen.

Pinto, Celina Maria Rodrigues, and Gilda Collet Bruna. "O ALCANCE DA POLITICA URBANA DE MAIRIPORÃ." In 15ª Conferência Internacional da LARES. THE MAIRIPORA URBAN POLICY THRESHOLD. São Paulo, 2015. áreas de mananciais; cantareira; Mairipora.; políticas públicas; Public Policy; watershed areas

O território do Município de Mairiporã, parte dos mananciais do norte da Região Metropolitana de São Paulo (RMSP), está inserido nas Áreas de Proteção e Recuperação do Alto Juquery (APRM-AJ). É considerada zona periférica da mancha urbana metropolitana. As Taxas Médias de Crescimento Anual (TGCA) IBGE/CENSO 2010, mostram o alto crescimento da área. A urbanização de núcleos dispersos neste território amplia o desmatamento e impermeabilização do solo. No entanto, espera-se que a política urbana iniciada com a aprovação da Lei 297/2006, (Plano Diretor), recentemente revisado, traga melhorias ambientais. Este artigo apresenta uma análise dos resultados desta política através da busca de externalidades das proposições constantes no PD 2006/2015 que incidam positivamente sobre a melhoria do meio ambiente e sobre a qualidade da água do Reservatório Engenheiro Paulo de Paiva Castro.1

  • 1. Este Texto foi escrito como parte da Tese: “Áreas de Mananciais e Políticas Urbanas: do Informal ao formal,” a ser defendida na Faculdade de Arquitetura da Universidade Presbiteriana Mackenzie em junho de 2015. Orientadora: Gilda Collet Bruna. Pesquisa financiada pela CAPES/PROSUP/TAXAS.
Cazassa, Eduardo Fernandes. "O Mercado Brasileiro de Securitização Imobiliária: uma análise comparativa de spreads." In 15ª Conferência Internacional da LARES. The Brazilian Real Estate Securitization Market: a Comparative Analysis of Spreads . São Paulo, 2015. CRI; financiamento imobiliário; precificação; Pricing; real estate financing; securitização; securitization; spread

Este trabalho busca apresentar o contexto do mercado brasileiro de Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRIs) como instrumento de dívida, desenvolvimentos recentes e uma análise comparativa de spreads desses títulos.

A literatura existente relata o subdesenvolvimento do mercado brasileiro de títulos de dívida privada. Entretanto, uma análise mais profunda dos títulos de dívida estruturada pode relacionar os motivos para seu relativo sucesso e perspectivas de crescimento. A experiência americana é brevemente descrita. Estatísticas sobre o mercado brasileiro de dívida são apresentadas. O mercado brasileiro de dívida oferece grandes oportunidades para o mercado de dívida privada, apesar da forte existência do mercado de dívida pública.

Neste trabalho, o autor investiga o spread entre os CRIs, títulos da dívida pública e as debêntures locais. Os resultados preliminares indicam um comportamento oportunístico de mercado ao se apropriar de ganhos adicionais em momentos de ajustes econômicos.

Com o objetivo de aprofundamento do conhecimento e do maior uso deste tipo de dívida estruturada, as principais recomendações deste trabalho são: (i) o incentivo ao mercado primário e secundário por meio de padronização das emissões; (ii) maior disponibilidade de informações detalhadas para comparação com benchmark de mercado; (iii) menor exigência de valor mínimo para compradores desses instrumentos; (iv) a existência de um benchmark de vencimento longo assim como de curva de juros pré-fixada de longo prazo. Em resumo, há boas perspectivas para crescimento no mercado de dívida privada, em especial para instrumentos de dívida estruturada.

Honda, Wilson Saburo, and João da Rocha Lima, Jr.. "O Mercado de Real Estate: Baselines da Qualidade e da Sustentabilidade." In 15ª Conferência Internacional da LARES. Real Estate in the Last Decade: Quality and Sustainable Baselines. São Paulo, 2015. Civil Construction; Construção Civil; qualidade; Quality; real estate; sustainability; Sustentabilidade

Para se manterem competitivas, as empresas de real estate que atuam no segmento de empreendimentos para venda (ERE) precisam de agilidade para compreender as mudanças no cenário econômico, para julgar seu impacto nas perspectivas de mercado.

A estabilização econômica, globalização e o código de defesa do consumidor são alguns dos indutores da geração de um ambiente mais competitivo, com reflexo na melhoria da qualidade e redução de desperdícios na implantação das obras do setor. Além disso, com uma sociedade mais consciente da necessidade do uso racional de energia elétrica e de água potável, as ERE começaram a desenvolver empreendimentos mais sustentáveis.

Do outro lado, com a vultuosa disponibilidade de recursos financeiros para aquisição de terrenos, financiamento à produção e crédito imobiliário para aquisição de moradias, as ERE conduziram os seus negócios muitas vezes desprezando princípios adequados de análise de riscos, que somados a uma evidente fragilidade nos sistemas de gestão, resultaram por gerar perdas expressivas.

Diante deste cenário, o objeto deste artigo é discorrer sobre a evolução do mercado de real estate na última década no Brasil. Como conclusão busca-se reconhecer as BASELINES da QUALIDADE e da SUSTENTABILIDADE que foram introduzidos ao longo deste período e que vêm norteando este setor.

de Oliveira, Renata Pereira, and Célia Regina Moretti Meirelles. "O potencial dos Edifícios ZEB - Zero Energia na Construção de Cidades Sustentáveis." In 15ª Conferência Internacional da LARES. The Potential of Zeb - Zero Energy Buildings in Sustainable Cities. São Paulo, 2015. cidades sustentáveis; edifícios de energia zero; edifícios sustentáveis; micro power generation; microgeração de energia; Sustainable Buildings; sustainable cities; zero energy buildings

A presente pesquisa avalia o potencial de mercado com a aplicação do conceito de Net Zero Energy Building – ZEB em edificações sustentáveis. Um edifício de energia zero ou quase zero, exige um balanço entre a energia gasta para manter as atividades do edifício e a energia produzida a partir de fontes renováveis. A discussão integra a viabilidade dos edifícios no Brasil que podem ser tratados como um microgerador de energia a partir de 2012. O projeto de edifício ZEB deve permitir a análise de cenários, buscando a economia de energia, e a integração funcional de todos os sistemas da edificação tais como, geração de energia, automação predial, isolamento térmico, condicionamento do ar interno, integrados com técnicas bioclimáticas. A construção deve ser criteriosamente planejada, garantindo na prática, a execução das soluções técnicas como projetadas. Neste novo conceito a eficiência energética, via de regra, é um dos requisitos que governa o desenvolvimento do projeto, e permite a busca de sistemas tecnológicos altamente eficientes e inteligentes integrados. A pesquisa discute edifícios sustentáveis e mostra a importância do fato de cada edifício poder ser tratado como um microgerador de energia na cidade.

Negreiros, Iara, Léo Tréguer, and Alex Abiko. "O Retrofit Urbano da Operação Urbana Consorciada Água Branca em São Paulo: Análise Comparativa com o Projeto Paris Nord-Est." In 15ª Conferência Internacional da LARES. The OUC Água Branca Urban Retrofit Project in São Paulo: Comparative Analysis to Paris Nord-Est Project. São Paulo, 2015. redevelopment; renovação urbana; retrofit urbano; reurbanização; sustentabilidade urbana; urban renovation; urban retrofit; urban sustainability

Com o constante crescimento da população mundial, e os recursos limitados existentes no planeta, faz-se necessária a criação de novos métodos de aproveitamento da estrutura urbana já construída. O retrofit urbano, uma das soluções a este problema, compreende a renovação urbana e a recuperação de áreas degradadas da cidade – aquelas mal utilizadas, abandonadas e/ou esvaziadas – apresentando grande vantagem frente a criar novas urbanizações e infraestruturas, do ponto de vista da sustentabilidade urbana. Portanto, este trabalho tem por objetivo a análise comparativa de dois estudos de caso, projetos de retrofit urbano. Um deles é a OUC Água Branca, no município de São Paulo, objeto desde 1995 de profundas transformações urbanas pela municipalidade, na intenção de propiciar um bairro mais densamente povoado, com uso misto, inclusão e diversidade social. O outro projeto é a Opération Paris Nord-Est, nos subúrbios ao norte de Paris, iniciado em 2002 com o propósito de transformar esta área afastada em um novo centro econômico e urbano, através do retrofit da infraestrutura existente e promovendo uso misto, comercial e residencial. A metodologia para a coleta de informações compreendeu uma revisão bibliográfica, pesquisa documental, bem como consultas, entrevistas e visitas técnicas. O resultado é uma comparação entre dois projetos de retrofit urbano, nos contextos de São Paulo e de Paris, em termos de semelhanças e diferenças entre prioridades, perspectivas, diretrizes e políticas urbanas, valendo-se de indicadores urbanos para quantificar as comparações, e pontuando as respectivas vantagens e desvantagens do processo de implementação do retrofit urbano.

Filho, Paulo Roberto Kozlowski Tannenbaum. "O Setor Público e o Mercado Imobiliário: a escala do negócio e as modalidades de atuação." In 15ª Conferência Internacional da LARES. The Public Sector and the Real Estate Market: business scale and methods of operation. São Paulo, 2015. BTS; mercado imobiliário; obra pública; PPP; Public Sector; public work; real estate; Setor Público

Na construção civil do Brasil parecem existir dois mundos, com práticas, jargões e profissionais que guardam pouca relação entre si: o mercado imobiliário e as obras públicas.

Agentes de obras públicas estão usualmente envolvidos com uma série de balizas, ora legais, ora derivadas da atuação dos órgãos de controle; com procedimentos para o cumprimento de cada etapa do processo; e com questões como o julgamento, além de técnico e econômico, da conveniência política do empreendimento.

Agentes do mercado imobiliário representam a construção civil com maior proximidade do conceito tradicional de indústria. Preocupam-se com a melhoria continuada de seus produtos, por meio da estruturação de linhas de produção especializadas, nas quais o próximo empreendimento retrará os acertos de seu antecessor, e apresentará soluções para os erros. Preocupam-se com questões de mercado, como aceitação do produto e velocidade de vendas; e desenvolvem maneiras sofisticadas de financiar seus empreendimentos.

Esses dois mundos distintos possuem, todavia, uma interseção, representada pela operação do Setor Público como um importante agente do mercado imobiliário, demandando largamente áreas a serem ocupadas e serviços profissionais da cadeia da construção civil.

O gestor público que se vê diante da necessidade de novas áreas, muitas vezes não possui o conhecimento técnico do mercado de construção civil, tampouco o conhecimento das ferramentas à sua disposição para cumprir o intrincado encadeamento de procedimentos necessários em cada uma das diferentes modalidades de contratação.

De outro lado, gestores do mercado imobiliário necessitam conhecer a escala e as especificidades desse mercado, com o intuito de habilitarem-se para atuar prestando serviços ao Governo.

Será apresentada uma visão geral da Administração Pública Brasileira, com destaque às suas necessidades no mercado imobiliário. Em seguida serão apresentados os principais métodos de contratação disponíveis para a obtenção de instalações adequadas à Administração: construção, parcerias público-privadas, fundos imobiliários e aluguel.

Souza, André, João Luiz Calmon, and Teresa Cristina Carneiro. "Processo de Decisão de Novos Empreendimentos Imobiliários para Pequenas e Médias Empresas." In 15ª Conferência Internacional da LARES. Decision Making Process of New Real Estate Projects in Small and Medium Enterprises. São Paulo, 2015. real estate; small and medium enterprises; strategic decision making; Viability Study

A indústria da construção predial caracteriza-se por produção por projetos, com processo de implementação de longa duração – inicio, meio e fim bem definidos - falta de flexibilidade após o inicio da construção, alta barreira de saída, e grande comprometimento de recursos financeiro. Assim, o tempo de duração dos empreendimentos possui um prazo bem definido para terminar, e a sobrevivência, ou a propensão a auto-perpetuação dessas organizações, depende da renovação desse ciclo. O objetivo geral do estudo foi desenvolver e interpretar o processo de decisão de novos empreendimentos imobiliários nas pequenas e médias empresas da construção civil. Tendo como foco a formalização de um modelo que represente esse processo, assim como compreender sua dinâmica: o grau de estruturação de cada fase, o quanto existe de formalidade e informalidade, os aspectos políticos, o uso de metodologias analíticas e intuitivas, quem participa de cada fase e o por quê, e o tipo de influência que cada ator adiciona ao processo. Trata-se de um estudo multicasos e comparativo com 4 pequenas empresas e 4 médias empresas de construção predial do Espirito Santo. A coleta de dados foi por meio de entrevistas com os sócios fundadores dessas empresas e a análise de dados foi realizada com o uso de técnicas de análise da narrativa, análise de conteúdo e análise de correlação estatística. Os resultados apresentaram i) um modelo de decisão de novos empreendimentos imobiliários para pequenas e médias empresas com seis fases, dinâmico e flexível; ii) em relação as médias empresas, as pequenas empresas realizam o processo de forma menos estruturada, com o poder da decisão centralizado nos sócios proprietários, e o uso da experiência e intuição em sobreposição ao uso de metodologias analíticas.

Majid, Rohayu Ab, and Rosli Said. "Public Preferences towards Residential Placement in a Township Area: Case Study of Malaysia." In 15ª Conferência Internacional da LARES. LARES. São Paulo, 2015. affordability; housing; Malaysia; residential placement; township

Housing is a basic human need and considered as the most expensive item in the life of a certain group of people. The high cost of owning a housing unit will affect the level of affordability among public at large. This is because the unique criteria of properties and different environmental conditions at a certain location contribute to high house prices. This situation directly affects people placement mode either as a tenant or homeowner. In fact, every placement decision is always influenced by various factors such as properties itself and the current financial situation. This research aims to examine the extent to which these factors affect the placement decision toward the best residential properties. Putrajaya, the main administrative centre of the government of Malaysia, situated in a self-contained township on its own has been chosen as a case study. A group of respondents was interviewed to consider their decision on housing placement in the township. A total number of sub-factors were analyzed using a Chi-square test to establish the significant effect on residential placement. The study found that these preference factors played significant roles in influencing the placement decision of residential properties by the public in a township area).

Marchesin, Mariana Matayoshi, Eliane Monetti, and João da Rocha Lima, Jr.. "RECOMENDAÇÕES PARA GERENCIAMENTO DE PROJETOS APLICADO À REVITALIZAÇÃO URBANA." In 15ª Conferência Internacional da LARES. RECOMMENDATIONS FOR PROJECT MANAGEMENT APPLIED TO URBAN REVITALIZATION. São Paulo, 2015. gereciamento de projetos, revitalização urbana; Project Management; urban gentrification

Os projetos de revitalização urbana (PRU) são atualmente foco de discussões internacionais sobre como devem ser ajustadas às necessidades de um mundo mais veloz, globalizado e capaz de proporcionar uma melhoria de qualidade de vida à sociedade civil, sendo considerado tema de grande relevância para a gestão pública.

Desde meados da década de 90, a gestão pública brasileira está passando por uma fase de transição para um modelo gerencial nomeado como Modelo de Excelência de Gestão Pública (MEGP) criado pelo governo federal. Porém, as limitações de uma empresa pública, as deficiências na estrutura gerencial e a falta de capacitação interna da administração pública prejudicam ou inibem a implementação dos fundamentos do modelo.

Deste modo, o presente trabalho teve por objetivo auxiliar na implementação dos fundamentos do MEGP, no âmbito dos projetos de revitalização urbana, através de recomendações para o gerenciamento de projetos com base nas proposições do Guia PMBOK _5a edição.

Como resultado, foi possível reconhecer e organizar um conjunto de ações fundamentais para o desenvolvimento de PRUs em três passos: (i) Organizar os Níveis de Gerenciamento por Escalas Urbanas; (ii) Organizar os Grupos de Processos dos PRUs; e (iii) Planejar e Implementar as Áreas de Conhecimento mais relevantes dos PRUs sendo estas: integração, escopo, tempo, comunicação, qualidade e partes interessadas.

O presente artigo é parte de uma pesquisa mais abrangente e detalhada da dissertação de mestrado apresentada no programa de Pós-Graduação de Engenharia Civil da Escola Politécnica da USP.

Cruz, Arthur Clemente, and Eliane Monetti. "Shopping Centers - onde, quanto e o porquê dos erros." In 15ª Conferência Internacional da LARES. LARES. São Paulo, 2015. oversupply; shopping-center; shopping-centre; sobreoferta

O mercado de Shopping Centers no Brasil conviveu com uma expressiva oferta de novos empreendimentos e expansões em empreendimentos existentes a partir de 2011, em diferentes cidades, em especial fora das regiões metropolitanas.

Estudo inicial desenvolvido em 2013, nas cidades do interior do Estado de São Paulo, já apontava que, consideradas as expansões e inaugurações previstas para 2014, diversas cidades ficariam com uma oferta de Área Bruta Locável - ABL/1.000 habitantes superior à verificada na própria capital do Estado, sugerindo que estas cidades estariam com sobreoferta de área desses empreendimentos.

A pesquisa atual expande a área para todo o território nacional, analisando a oferta de shopping centers frente à demanda orientada pelas rendas e respectivas frações derivadas para compras em shopping centers, não só considerando os limites dos municípios, mas todos os deslocamentos observados para compras intercidades apontados pelo REGIC 2007 - Região de Influência das Cidades (IBGE,2007), permitindo que se reconheça o grau de overbuilding de shopping centers no país e as regiões e razões de sua ocorrência.

Gama, Priscila J. M., and Daniel Ferreira Falcão. "Stakeholders e as Medidas Sustentáveis em Empreendimentos Imobiliários Residenciais." In 15ª Conferência Internacional da LARES. Stakeholders and Sustainable Measures in Real Estate Residential Development. São Paulo, 2015. Construção Civil; Construction; Eficiência Energética; Empreendimento Imobiliário Residencial; Energy Efficiency; reaproveitamento de água; residential real estate project; sustainability; Sustentabilidade; water reuse

O presente estudo discute como a adoção de medidas sustentáveis em empreendimentos residenciais verticais, com foco na eficiência do consumo de água e energia na fase de uso do edifício, pode ser interessante para todos os envolvidos no processo e o papel de cada um deles no redirecionamento da construção civil brasileira para um caminho mais sustentável. Com o grande impacto ambiental causado pela construção civil e a crise das mudanças climáticas, faz-se necessário que o consumidor reveja seu consumo, que o incorporador reveja o seu produto e que o poder público se reposicione. Todos estes stakeholders cumprem um papel fundamental na busca pela sustentabilidade e esta, por sua vez, pode e deve deixar de ser vista como um custo adicional e passar a ser encarada como uma oportunidade: o consumidor reduz seus gastos operacionais, o incorporador tem seu imóvel valorizado e o poder público reduz a demanda por altos investimentos.1

  • 1. Este artigo é fruto de um estudo mais abrangente, apresentado como Trabalho de Conclusão de Curso - Pós Graduação Lato sensu.
Valentini, Fernanda, and Daniel Ferreira Falcão. "SUSTENTABILIDADE NA CONSTRUÇÃO CIVIL: VANTAGENS DA ECOEFICIÊNCIA." In 15ª Conferência Internacional da LARES. LARES. São Paulo, 2015. Building; Construção Civil; consumo sustentável; sustainability; sustainable consumption; Sustentabilidade

Nas últimas décadas, a sustentabilidade tem sido apresentada como um dos principais desafios do século XXI. Coloca-se a necessidade de a atuação empresarial estar voltada para contribuir com a sustentabilidade global. Devido à sua importância na dimensão econômica, urbana, social e ambiental, a indústria da construção civil está diretamente relacionada com o desenvolvimento sustentável. Esta pesquisa contribui para uma discussão, em nível teórico, das pressões externas por mudanças ambientais que passaram a atuar nas empresas e as possíveis respostas das empresas a esses vetores de demandas ambientais. O trabalho foi desenvolvido com base em pesquisa bibliográfica e entrevistas com especialistas. O objetivo é demonstrar as tendências do setor da construção civil e de seus consumidores frente às diretrizes da sustentabilidade.

Said, Rosli, Rohayu Majid, and Amir Saufi Norzin. "The measurement of sustainable housing affordability using a multiple criteria decision-making (MCDM) framework: Case Study of Malaysia." In 15ª Conferência Internacional da LARES. LARES. São Paulo, 2015. affordability; COPRAS; housing; MCDM; sustainability

Rapid urbanisation and economic development in Malaysia since the late 1980s has resulted in a significant expansion of housing development in urban areas. The Malaysian housing sector has thrived owing to growing market and active supply-demand dynamics. However, the increase in housing price has aroused greater public concern about the future direction of the housing sector in this country. Cheap and low-quality houses have often been associated with affordable housing. Nevertheless, this may not be true if sustainability is taken into account. In dealing with sustainable housing affordability, the factors or criteria are necessary to be weighed-in in determining the best alternative or options available in any particular area. This research has been conducted in five urban areas in Klang Valley, Malaysia using COPRAS method (one of the MCDM methods). The method could be realized by giving weigh to individual factors. The findings indicate that area with high utility degree is the best area that conforms to the sustainable housing affordability factors. Likewise, an area with lower ranking in utility degree can be described as a worst-performing area in terms of conforming to sustainable housing affordability factors. The originality of this research has contributed to a new picture in sustainable housing affordability in the country because it is the first paper in Malaysia to address such issues using COPRAS framework.

Marchiori, Nicolle Chidiac, Anderson Luís Walker Amorin, and Andreas Dittmar Weise. "Um estudo sobre a relação de risco entre os fundos de investimento imobiliário e o mercado em geral." In 15ª Conferência Internacional da LARES. A Study about the risk relation between the Brazilian Reits and the overall market. São Paulo, 2015. autoregressive models; Fundos de Investimento Imobiliário; modelos autoregressivos; Real Estate Investment Trusts; relação de risco; risco no mercado imobiliário; risk in real estate market; risk relations

Os fundos de investimento imobiliário tornaram-se uma opção de investimento com certa popularidade nos últimos anos. Esta modalidade de investimento teve sua origem nos Estados Unidos, sendo regularizados no Brasil na década de 90. Dentro deste contexto, o mercado de capitais também se tornou de maior popularidade. Sendo assim, estes dois índices representam opções de investimento no mercado brasileiro, e apresentam riscos e retornos inerentes a sua natureza de aplicação. Desta forma, esta pesquisa tem como objetivo, demonstrar a relação de risco entre os Fundos de Investimento Imobiliário, e o mercado de capitais em geral. Com isso, para alcançar os objetivos da proposta pesquisa, foi utilizado um modelo econométrico misto, usando inicialmente uma modelagem autoregressiva AR(1), para as séries do índice IFIX e IBOBESPA. Com isso, posteriormente foram encontrados os erros de estimação (et), os quais foram elevados ao quadrado, obtendo a variância das séries univariadas. Sendo assim, partiu-se para a estimação de uma regressão com os erros quadráticos dos modelos univariados dos índices estudados. Como resultados, foram estimadas as estatísticas descritivas de média e desvio padrão das séries estudadas, onde o índice do mercado imobiliário apresentou menor média e desvio padrão (IFIX) em relação ao índice de mercado (IBOV). Partindo disto, foram estimados os modelos AR(1) para as duas séries, sendo eles aceitos já que apresentaram coeficientes. Tendo estes modelos estimados, os resíduos destas modelagens foram utilizados para a estimação de uma matriz de correlações, onde foi demonstrado que existe uma correlação fraca entre os erros quadráticos, demonstrando assim, que existe uma fraca relação de entre os riscos do mercado de fundos imobiliários e o mercado em geral. Sendo assim, a pesquisa demonstrou que existe uma baixa relação de risco entre os fundos imobiliários e o mercado em geral, encorajando o uso destes ativos em uma carteira de investimentos.

Amorin, Anderson Luís Walker, Luiz Alberto Wagner Pinto, Jr, and Andreas Dittmar Weise. "Um estudo sobre o efeito da entrada de alunos nas Universidades de Santa Maria – RS, nos preços de venda de apartamentos de 1 dormitório." In 15ª Conferência Internacional da LARES. A Case Study of the student entrance effect in the universities of Santa Maria – RS in sales price for one bedroom apartments. São Paulo, 2015. mercado imobiliário; multiple regression; preços de imóveis; Real Estate Market; Real estate prices; regressão múltipla; universidade; University

O advento de grandes entidades, ou fenômenos que trazem o efeito de deslocamento de pessoas para uma localidade cria mudanças nas dinâmicas deste determinado local. Sendo assim, a cidade de Santa Maria no estado do Rio Grande do Sul, é um exemplo destes fenômenos. A cidade localizada na região central do estado possui uma das maiores universidades públicas do stado, assim como outras grandes instituições de ensino, transformando-se assim em um polo de educação no RS. Partindo disto, com a vinda de jovens para todas estas instituições, faz com que a demanda por imóveis seja afetada. Desta forma, este estudo visa demonstrar por meio de uma modelagem hedônica de preços de imóveis, como os índices de custos para o setor de construção civil e outras variáveis econômicas juntamente com uma dummy representando a entrada de alunos na cidade, como se comportam os preços de venda para apartamentos de um dormitório na cidade de Santa Maria. Para isto, foram utilizados dados oficias de custo como o INCC, SINAPI, IPCE e econômicos, como o IGP-M, salário mínimo da população, assim como os preços de aluguéis. Por fim, foi encontrado que levando em conta a entrada de alunos, o INCC, SINAPI e o preço de aluguel são as variáveis que mais contribuem positivamente para o movimento dos preços de vendas destes apartamentos.

Stertz, Estefana da Silva, Anderson Luís Walker Amorin, Sandrine Flores, and Andreas Dittmar Weise. "Uma análise sobre o comportamento dos preços dos imóveis na cidade de Porto Alegre/RS." In 15ª Conferência Internacional da LARES. An analysis about the residential real estate prices in Porto Alegre/RS. São Paulo, 2015. Economic Factors; fatores econômicos; House Prices; mercado imobiliário; Porto Alegre; preço dos imóveis; Real Estate Market

O estudo analisa o quanto que os fatores econômicos, como a taxa Selic, Índice Nacional de Custo da Construção, Índice de Velocidade de Vendas de imóveis, Produto Interno Bruto, bem como, a Renda média da população e a População economicamente ativa, influenciam nos preços dos aluguéis e de venda dos imóveis na cidade de Porto Alegre/RS. O valor de um imóvel está relacionado às suas características, e economia de seu país, porém após um período de ascensão do mercado imobiliário verificou-se que os imóveis passaram a ter uma valorização inferior à inflação. Para tanto, diversas variáveis podem explicar esse fenômeno como, a estabilidade de preços, a queda na taxa de juros e a expansão do crédito. Para testar a influência dos fatores macroeconômicos nos preços dos imóveis, utilizou-se a técnica estatística de regressão linear múltipla, assim como, testes de normalidade dos resíduos, Kolgomorov-Smirnov, Lilliefors e Shapiro-Wilk. Para multicolinearidade das variáveis independentes, realizou-se o teste fator de inflação da variância, ou Variance Inflation Factor e para a homocedasticidade analisou-se a variância constante. Destaca-se que a valorização/desvalorização dos imóveis foi influenciada pelo aumento gradativo do Índice Nacional de Custo da Construção, tal como pela Renda Média da População e pela População Economicamente Ativa. Portanto, esses fatores contribuíram para que o objetivo da pesquisa pudesse ser atingido.

Grassiotto, Maria Luiza Fava, Denise de Cássia Rossetto Januzzi, and Junker de Assis Grassiotto. "Uma nova tipologia em shopping centers: rua aberta aliada ao mall coberto." In 15ª Conferência Internacional da LARES. A new typology in shopping centers: open street combined with covered mall. São Paulo, 2015. alameda comercial descoberta; commercial spaces typology; open commercial street; open shopping mall; rua comercial aberta; shopping center aberto; shopping center‟s typology; tipologia de centros comerciais; tipologia de shopping centers

A arquitetura de espaços comerciais tem se transformado a cada dia, alterando sua linguagem e conceito, permitindo o agregar de valor ao ato de fazer compras, que agora acontece com prazer, satisfação e maior comunicação. Na era da experimentação, o consumidor procura a surpresa e o deleite. Deseja ser inspirado, desafiado, estimulado. A experiência da compra se transformou em parte integrante do desejo de conexão e relacionamento (KELVER, 2008). Depois de aproximadamente meio século, o antigo centro puramente de compras sofreu inúmeras transformações em termos funcionais e espaciais de modo a atender novos hábitos e aspirações do usuário/consumidor. No decorrer do processo evolutivo dos centros comerciais, uma tipologia inovadora surgiu na última década visando atender a esses anseios da sociedade contemporânea, recompondo o dinamismo das antigas cidades, recuperando aspectos dos centros comerciais tradicionais: uma rua comercial aberta ligada ao mall coberto, compondo o percurso do pedestre. Este texto, primeiramente aborda aspectos da evolução das tipologias e geometria de centroscomerciais, como: “I”, “L”, „T‟; dentre outros até a geometria em circuito da realidade atual. Emseguida analisa exemplares que adotaram a nova tipologia, destacando particularidades de cada um. Dentre eles: Kanyon Mall em Istambul; Westfield Stratford Shopping Center e Westfield London Shopping Center, ambos em Londres; e o Parque Dom Pedro de Campinas. A solução inovadora nos centros comerciais europeus, em função do clima de contrastes, representa uma otimização e ocupação dos espaços em todos os períodos do ano. No caso brasileiro, implica no resgate da oportunidade de realizar compras, passeios e lazer ao ar livre. Ao final, destaca-se que a inédita tipologia é capaz de oferecer um ambiente interessante, onde o usuário pode freqüentar espaços multiusos, experimentando os melhores momentos das atividades no verão, ou no inverno, que propiciam uma diferenciada qualidade de vida.

da Silva Estertz, Estefana, Anderson Luís Walker Amorin, Nicolle Chidiac Marchiori, and Andreas Dittmar Weise. "Uso de analise fatorial para identificação do perfil dos potenciais compradores de imóveis em Santa Maria/RS: Estratificação por homem e mulher." In 15ª Conferência Internacional da LARES. The usage of factorial analysis to identify the profile of potential real estate buyers in Santa Maria/RS: Differences by men and woman. São Paulo, 2015. analise fatorial; analise multivariada; factorial analysis; house buyer profile; mercado imobiliário; multivariate analysis; perfil do comprador de imóveis; Real Estate Market

O setor imobiliário brasileiro, depois da vasta estagnação que durou alguns anos, voltou a se aquecer. Até o ano de 2013, este setor foi motivado pela constante queda nos juros, baixas porcentagens da inflação, o aumento de renda da população, associado ao crédito fácil, isto fez com que o mercado imobiliário se consolidasse. Porém, com as mudanças abruptas do cenário econômico brasileiro; resultou para o mercado imobiliário, um crescimento menos vertiginoso se comparado aos anos anteriores, no entanto seus níveis de progresso encontram-se ainda acima da inflação. Diante do exposto, este estudo tem como principal proposta investigar os atributos que os consumidores julgam prioritários para comprar ou locar um imóvel na cidade de Santa Maria/RS. Paralelamente, realizou-se uma pesquisa quantitativa e descritiva, a qual utilizou como instrumento de coleta de dados um questionário estruturado, com questões sobre o perfil do entrevistado, como também, os critérios para a realização da compra ou locação, dispostos em uma escala Likert com 5 pontos , variando de “muito importante” a “sem importância”. Para tanto, realizou-se a análise de aglomerados, bem como, a análise fatorial a fim de gerar uma descrição que explique a seleção dos critérios pelo perfil do consumidor.

de Araújo Florencio, Lutemberg, and Rômulo Pereira Lemos. "Valuation de empreendimentos de base imobiliária em implantação: proposta de valor potencial para fins de tomada de decisão em operações de financiamento de crédito." In 15ª Conferência Internacional da LARES. Valuation of real estate income properties under implementation: potential value proposition for decision-making in credit financing operations. São Paulo, 2015. credit financing; empreendimentos de base imobiliária; financial institutions; financiamento de crédito; income properties; instituições financeiras; potential value; valor potencial; Valuation

O financiamento por instituições financeiras do custeio da produção para a implantação de empreendimentos de base imobiliária (EBIs) está cada vez mais difundido no mercado brasileiro. Decorre que a política de concessão de crédito promovida pelos agentes financeiros está relacionada, dentre outros aspectos, com o valor da garantia real pré-existente prestada pelo agente econômico em favor do banco, no que se denomina de índice de garantia (IG). No caso do financiamento para implantação de EBIs, a vinculação em garantia hipotecária do próprio empreendimento beneficiado com o crédito é o tipo de colateral mais comum nestas operações. Neste caso, o IG é representado pela razão entre o valor do EBI, no momento da contração da operação de crédito, e o volume total de recursos pleiteado pelo agente econômico. Contudo, quando da fase de implantação do EBI e para fins de compor a análise do IG, a prática adotada pelos agentes financeiros, sob o argumento de reduzir a exposição a riscos, é admitir que o valor para garantia do empreendimento é formado exclusivamente pelo valor do terreno mais o custo de reedição das eventuais edificações existentes, o que, invariavelmente, acaba sendo um fator restritivo de acesso aos recursos. Neste sentido, o presente artigo propõe, para EBIs em implantação, uma rotina para a arbitragem do valor potencial do empreendimento, cujo processo de valuation está apoiado no conceito de valor da oportunidade de investimento e suportado por mecanismos de mitigação de riscos, como seguros de performance bond completion bond. A análise e validação desta proposta exigiu a estruturação de um protótipo de EBI – shopping center, cujas características e informações de desempenho e financiamento podem ser admitidas como bastante semelhantes a empreendimentos no Brasil, especialmente da região Nordeste do país. A aplicação do protótipo evidenciou a possibilidade de uso do valor potencial do EBI para subsidiar o processo de tomada de decisão das instituições financeiras acerca das operações de crédito, não apenas no que tange à análise do IG, mas em relação à otimização da alocação de recursos e à manutenção da dinâmica de acesso ao financiamento, sem, contudo, expor os agentes financeiro e econômico a riscos latentes.

Gatto, Naiara Moraes, and Paola Torneri Porto. "Venda de participação societária em projetos imobiliários: a utilização de recursos de parceiros como fonte complementar de capital." In 15ª Conferência Internacional da LARES. Share Sales of real estate companies: using partners resources as an additional source of capital. São Paulo, 2015. Diversificação de investimentos; Equity de parceiros; equity funds; fonte de recursos no real estate; investment diversification; real estate funding; share sales; venda de participação societária

No Brasil, o ano de 2014 foi marcado por um baixo ritmo de crescimento econômico, apresentando um pequeno aumento do PIB de cerca de 0,1%1; um ambiente inflacionário elevado, com o IPCA alcançado o valor acumulado de 6,41%2; e um ascendente patamar de juros, levando a SELIC ao fim do ano a 11,65%3. O mercado imobiliário, como resultado de um cenário macroeconômico fraco, também apresentou sinais de desaquecimento, com a desaceleração dos preços dos ativos imobiliários, diminuição dos lançamentos, aumento dos estoques e potencial período de exaustão da fonte de financiamento pelo SBPE (Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo). A perspectiva para 2015, não se mostrando melhor que o cenário observado em 2014, tem levado a maioria das incorporadoras a duas situações principais: (1) maior necessidade de fontes alternativas de funding para cumprimento de suas obrigações e (2) crescente interesse em mitigar o risco percebido de seus portfólios através da diversificação de seus investimentos. Dado este cenário, o objetivo deste trabalho é referenciar, a partir de um estudo de caso, como a venda de participação societária pode representar uma complementação da fonte de recursos para as incorporadoras e sustentar seu crescimento. Esta prática se mostra de muita relevância, pois no momento que aumenta a disposição do originador em mudar sua posição de investimento, há um momento propício para que os investidores aloquem seus recursos. Concluiu-se, a partir do estudo de caso, que se trata de uma opção atrativa para o originador, uma vez que há diminuição relevante na necessidade de recursos próprios a curto prazo, embora tenha como certo a partilha de resultado futuro do empreendimento. Assim, esta entrada de recursos adicionais pode servir como funding para uma possível necessidade de caixa do próprio projeto como até mesmo para o investimento em projetos adicionais.

Roulac, Stephen E.. "What Do Students Need To Know About Property? What Do Textbooks Actually Teach About Property?" In 15ª Conferência Internacional da LARES. LARES. São Paulo, 2015.

[excerpt] 

To function effectively in multiple roles and priorities concerning property, students need to know property knowledge that they would not know prior and sadly, all too prevalently, after to an introductory real estate principles course. These roles subsume responsible citizen, consumer of property goods and services, choosing place in which to live, selecting and arranging the terms of a particular property interest, property in business, development and the place making process, property financing and investing, and the various functions of property and the careers associated with those property functions.

This big scope, big scale, big tent knowledge prescription implies an audience for property education extending well beyond those who might work in the property discipline per se. Introductory property textbooks, however, are predominantly oriented to those who would pursue property careers.

The design of a property curriculum necessarily follows from consideration of the scope and particulars of the property discipline as widely recognized and practised.

...