The cities need to be managed with competence, creativity and participation. These demands can be facilitated by the use of the concepts and applications of strategic thinking and the project management. These two concepts can by complementary to each other by their relations and can also facilitate the growth of the urban real state market. The methodology research was applied, where the emphasis is in the concepts elaboration established by the exploratory research, involving bibliographical surveys, authors’ experiences and examples analyses that stimulate the comprehension of this study. The objective of this study is to discuss and evaluate the relations between strategic thinking and the project management in the cities, forming a relational and comparative “knowledge base”. It can also contribute with municipal public policies and can contribute with the growth of the urban real state market. The literature review contemplates the themes: strategic thinking and strategic management; municipal strategic plan; new public management; project management and municipal public policies; and urban real state. The reports originated initially in the theoretical classification dedicate themselves to the reason of the strategic thinking, the application of the strategy and the administration form in the municipal public sphere. The precepts related to project management build the theoretical support used to reach this study proposed goals. The conclusion can formalize the existing relationship between strategic thinking, the project management and the urban real state market, as well as, classify the forms of existing relation between these themes. The contribution is addressed to academy and to the practice in the prefectures (town hall). The contribution also searches to identify factors that prove the relations and as a consequence, a wider articulation in the urban real state.

As cidades precisam ser geridas com competência, criatividade e participação. Essas exigências podem ser facilitadas pelo uso dos conceitos e das aplicações do pensamento estratégico e da gestão por projetos. Esses dois conceitos podem se complementar entre si por meio de suas relações e facilitar o crescimento do mercado imobiliário urbano. A metodologia de pesquisa teve sua natureza aplicada, onde a ênfase está na elaboração de conceitos estabelecidos pela pesquisa exploratória, envolvendo levantamentos bibliográficos, experiências dos autores e análises de exemplos que estimulam a compreensão do estudo. O objetivo desse estudo é discutir e avaliar as relações entre o pensamento estratégico e a gestão por projetos nos municípios, formando uma base de conhecimento relacional e comparativa para contribuir com as políticas públicas municipais e com o crescimento do mercado imobiliário urbano. A revisão da literatura contempla os temas: pensamento estratégico e gestão estratégica; planejamento estratégico municipal; new public management; gerenciamento de projetos, políticas públicas municipais; e mercado imobiliário urbano. Os relatos originados inicialmente na classificação teórica dedicam-se a razão do pensamento estratégico, a aplicação da estratégia e a forma de gestão na esfera pública municipal. Os preceitos relacionados à gestão por projetos formam a sustentação teórica utilizada para o alcance dos objetivos propostos desse estudo. A conclusão pode concretizar o relacionamento existente entre o pensamento estratégico, a gestão por projetos e o mercado imobiliário urbano, bem como, classificar as formas de relação existentes entre esses temas. A contribuição está direcionada para academia e para a prática nas prefeituras que procura identificar fatores que comprovam as relações e como conseqüência, uma maior articulação no mercado imobiliário urbano.