The paper presents a research of the theory on corporate governance and its applicability in Real Estate Investment Funds. Facing the crisis of subprime and derivatives, the item Corporate Governance takes emphasis. Item of fundamental importance in any operation, should never lose focus, much less be forgotten, but the items are not exactly of governance requirements. In the U.S. you can see now, a major concern and the search for rules and the obligation related topics in Brazil rare and little regulation requirements. The article seeks to identify the weak point of financial transactions, the lack of information. Even where there is awareness of the risks involved in the transaction by the investor. The governance is not only an organizational structure, it also involves the rules of information within and outside the corporation.

O trabalho apresenta um levantamento da teoria sobre Governança Corporativa e sua aplicabilidade nos Fundos de Investimento Imobiliário. Diante da crise dos subprime e dos derivativos, o item Governança Corporativa ganha ênfase. Item de fundamental relevância em qualquer operação, nunca deveria perder destaque e muito menos ser esquecido, porém os itens de Governança não são exatamente exigências. Nos EUA é possível observar neste momento, uma grande preocupação e a busca por regulamentação e obrigação nos tópicos relacionados, no Brasil pouca regulamentação e raras exigências. O artigo busca identificar esse ponto frágil das operações financeiras, a falta de informação. Até onde existe consciência dos riscos envolvidos na operação por parte do investidor. A Governança não é só uma estrutura organizacional, ela envolve também as regras de informação dentro e fora da corporação.