In recent decades, especially in São Paulo, we have observed a process of change of the properties and ways of living. From single-family units, we move to multi-family real estate development: Condos, which have reduced private spaces favoring broad areas of leisure and conviviality. The fine line that separates the common area from the private has generated a wide range of problems and conflicts in managing their uses. The purpose is to identify and analyze the different aspects that overlays the new order of social tension that challenges and demands differential management processes. The methodological point of view, the property managers of condominiums, condominium managers, tenants and collected testimonies based on thematic guidelines. The narratives were analyzed in a meaningful discourse about the knowledge of this phenomenon turned into an object of this research. As respects, we highlight the important role played by communication, which takes different forms of manifestation in the face of the complexity of problems and conflicts observed. Notes the importance of new studies linking risk management and the approach of condominium manager perspective of the humanities and social sciences

Nas últimas décadas, notadamente na cidade de São Paulo, assistimos a um processo de mudança das propriedades e das formas de morar. Das unidades unifamiliares, passamos para os empreendimentos imobiliários multifamiliares – os condomínios – , os quais, cada vez mais, apresentam espaços privativos reduzidos privilegiando amplas áreas comuns de lazer e convivência. A tênue linha que separa o espaço comum do privativo tem gerado ampla gama de problemas e conflitos na gestão de seus usos. Este trabalho tem como objetivo identificar e analisar os diferentes aspectos de que se reveste essa nova ordem de tensão social que desafia e requer novos e diferenciados processos de gestão. Do ponto de vista metodológico foram entrevistados administradores de condomínios, síndicos, condôminos, além dos depoimentos com base em roteiros temáticos. As narrativas foram analisadas como discursos significativos acerca do conhecimento desse fenômeno tomado como objeto de pesquisa. Como aspectos relevantes, destacamos o importante papel desempenhado pela comunicação, que assume diferentes formas de manifestação em face da complexidade dos problemas e conflitos observados. Constata-se a importância de novos estudos que articulem gestão e comunicação na abordagem da administração condominial numa perspectiva das Ciências Humanas e Sociais.