Vertical Farm, indoor agricultural production in the metropolitan area, has been deployed in evolved economies. In Brazil, there is already interest from a Swiss company, through research availability of idle top roofs slabs for vegetable planting deployment in São Paulo, however there is no evidence of the quality of this type of investment in Brazilian cities, for lack of literature about. At this point of industry shakeout, where there is growth of the vacancy number in corporate buildings, because revenue shifts in portfolios of real estate based enterprises, the occupation of empty spaces for additional uses is presented as an opportunity to mitigate losses. This means that, hypothetically, the Vertical Farm would be an option to supplement the income of an enterprise in operation, if the income earned in this new occupation is efficient enough to provide a satisfactory return on investment. Therefore, the article aims to speculate which (i) lease value limit the Vertical Farm stand to ensure the operation and (ii) to compare with the real estate market prices, through exploratory research, investment analysis model and mapping rental prices of office buildings in the city of São Paulo, in certain lines of development. 

Vertical Farm, produção agrícola indoor em área metropolitana, tem sido implantada em países de economia evoluída. No Brasil, já há interesse de uma empresa suíça, por meio de investigação de disponibilidade de lajes de coberturas ociosas para implantação de plantio de hortaliças em São Paulo, entretanto não há evidência da qualidade deste tipo de investimento em metrópoles brasileiras, por falta de literatura a respeito. Neste momento de abalo setorial, onde há crescimento do número de vacâncias em edifícios corporativos, consequentemente a redução de receita em portfólios de empreendimentos de base imobiliária (EBI), a ocupação dos espaços ociosos por usos complementares apresenta-se como oportunidade de amenizar ou compensar prejuízos. Isso significa que, por hipótese, a Vertical Farm seria uma opção para complementação da receita de um empreendimento em operação, caso a renda auferida em nesta nova ocupação seja eficiente a ponto de apresentar satisfatório retorno para o investimento. Portanto, o artigo tem como objetivo especular qual o (i) limite de valor de locação que a Vertical Farm suportaria para garantir a operação e (ii) comparar com os preços de imóveis no mercado, através de pesquisa exploratória, modelo de análise de investimento e mapeamento de preços de locação de edifícios corporativos, na cidade de São Paulo, em determinados eixos de desenvolvimento.