Keywords Abstract
de Abreu Rolim, Emili Caroline, Maria Cecília de Souza e Souza, Luiz Alessandro Pinheiro da Câmara de Queiroz, Priscila Pamplona Pereira Pinto, and Nayara Suassuna da Silva. "A Produção de Garagens em Empreendimentos Imobiliários Residenciais na Cidade de Natal." In 18ª Conferência Internacional da LARES. The Production of Garages in Real Estate Developments in the City of Natal. São Paulo, 2018.

Para o setor imobiliário a década de 2000 foi marcada por um expressivo crescimento da produção de imóveis nas principais cidades brasileiras. Em contrapartida, os anos de 2011 a 2015 registraram uma queda de quase 75% dos registros imobiliários na cidade Natal. Paralelamente a essa redução, ocorreu um incremento de 25% da frota automobilística da Cidade de Natal, situação, segundo dados do Departamento Nacional de Trânsito. O presente estudo tem como objetivo principal estudar o comportamento da produção de vagas de garagem nos empreendimentos residenciais verticais registrados durante o período de 2000 a 2015, observando-se a tendência de mercado. A pesquisa baseia-se em um banco de dados sobre o registro de empreendimentos imobiliários. Para entender a produção de vagas, os indicadores número de unidades e número de vagas totais, e os valores ponderados da área privativa e número de vagas por unidade, foram relacionados. Em seguida, indicadores tais como percentual da área de vagas de automóveis em relação à área real total do apartamento e percentual da área de vagas de automóveis em relação à área privativa, foram calculados para medir o impacto da área de garagem nas áreas dos apartamentos. Foram feitas análises de tendência através de média móvel e ajuste polinomial. As análises apontam que não há variação na quantidade vagas de garagem por unidade habitacional ao longo do período, sendo essa variação mais relacionada com a área privativa dos apartamentos. Quando comparadas a área destinada aos veículos com a área privativa e área total das unidades, nota-se que não há tendência temporal em relação à área de vagas em detrimento a área privativa ou área real total do apartamento.

Vilela, Thiago Rodrigues, Maria Fernanda Acciardi Violatti, and Luiz Eduardo Nantes Saad. "A qualidade dos sistemas de informações do mercado imobiliário de escritórios corporativos no Brasil." In 18ª Conferência Internacional da LARES. The quality of the information systems of the real estate market of corporate offices in Brazil. São Paulo, 2018.

A qualidade das informações quanto ao mercado de locação de escritórios corporativos é tema relevante, sobretudo em momentos como o atual, cuja situação macroeconômica inspira cuidados. Informações de qualidade são essenciais para a tomada de decisão em empreendimentos de base imobiliária, em especial, no segmento de escritórios. Diante deste cenário, o objetivo desta pesquisa é verificar se a qualidade das informações fornecidas pelas principais fontes disponíveis no Brasil, para alimentar essa necessidade acerca do mercado imobiliário de escritórios corporativos, são adequadas para sustentar a tomada de decisão de todos que atuam neste segmento. Com especial destaque as duas maiores empresas existentes no território nacional voltadas para esse fim, Siila Brasil e Buildings, o objetivo inicial é estudar os métodos de coleta, tratamento e a forma como essas informações são apresentadas aos usuários destes sistemas. Em seguida, com o objetivo de entender a qualidade dos dados do país, no qual essas empresas atuam, foi estudado as dificuldades de se obter as informações no Brasil, tendo em vista a carência de transparência, seja por parte dos órgão públicos ou do próprio setor privado, destacando quais atitudes são tomadas por essas empresas para inibir que as informações cheguem de forma superficial ao até mesmo insuficiente aos usuários finais. Como resultado, espera-se identificar se as informações coletadas e fornecidas por esses sistemas são suficientes, atualizadas e com alto grau de confiança para contribuir com o desenvolvimento e gestão de empreendimentos de base imobiliária.

de AndradeLima, Flávia Schmidt, and Gilson Pereira de Lima. "Algoritmos de informação de custos apoiando a decisão de investimento de parceiros em projetos imobiliários." In 18ª Conferência Internacional da LARES. Cost information algorithms supporting the investment decision of partnerships in real estate development projects. São Paulo, 2018.

Em um empreendimento imobiliário é comum que o desenvolvedor busque parceiros para investir no negócio, sejam eles fundos imobiliários, outros desenvolvedores ou até mesmo o proprietário do terreno por permuta. Entretanto, a decisão de investir em negócios estruturados por terceiros esbarra na confiabilidade dos parâmetros utilizados no estudo de viabilidade, normalmente fornecidos pelo captador do investimento.

O custo de construção é o principal parâmetro relativo a desembolso do fluxo de caixa. Diferente do parâmetro do preço de venda, que normalmente é balizado em pesquisa de mercado, o custo de construção costuma balizar-se na experiência prévia da empresa construtora, em busca de uma maior aderência aos custos específicos da realidade daquela empresa, como sua produtividade, política de salários, desperdícios de material, etc. No entanto, tal experiência é normalmente acessada de forma não sistematizada, muitas vezes apoiada no conhecimento tácito das equipes de engenharia. Para um investidor externo é essencial que o parâmetro de custo de construção, devido sua significativa participação nos resultados do fluxo de caixa projetado, seja confiável.

O método comparativo direto de dados preconizado pela norma NBR 14653 – Avaliação de Bens, da ABNT, e amplamente aplicado e difundido para a identificação de preço de venda de mercado é aplicável também para a identificação de custo. A metodologia CUG (Custo Unitário Geométrico) recorre ao tratamento estatístico para identificar os parâmetros populacionais das variáveis explicativas do custo, evitando que variáveis significativas ou dados da amostra sejam negligenciados. Por outro lado, permite a identificação de outliers e o saneamento da amostra, evitando que situações de exceção sejam tratadas como regra. O tratamento dos dados históricos de uma construtora evita a memória seletiva inerente ao conhecimento tácito, transformando dados em inteligência e resultando algoritmos capazes de entregar estimativas precisas e fundamentadas, com alto grau de confiabilidade perante analistas de investimento externos à empresa.

Marinho, Davi Maia, and Marcelo Augusto Farias de Castro. "ANÁLISE COMPARATIVA DA ALAVANCAGEM DO SETOR INCORPORADOR E O ACORDO DA BASILEIA III NO BRASIL." In 18ª Conferência Internacional da LARES. COMPARATIVE ANALYSIS OF THE LEVERAGE OF THE INCORPORATING SECTOR AND THE BASEL III AGREEMENT IN BRAZIL. São Paulo, 2018.

O sistema financeiro como um todo é bastante complexo, pois reúne um entrelaçado sistema de variáveis as quais mudam de forma a todo o momento. Esta complexidade se aprofundou nos últimos anos, período esse em que o fluxo de credito maximizou-se, obrigando aos organizadores e árbitros do sistema a se modernizarem e a organizarem toda esta rede. O controle bancário através de Basileia III surge a fim de evitar através de normas regulatórias, as excessivas alavancagens bancárias, criando higidez e segurança ao sistema econômico. Entretanto, do outro lado existem as Incorporadoras, instituições quase bancárias, representantes do crédito imobiliário e que executam suas atividades de capitalização e alavancagem livres de regulações e de qualquer supervisionamento de classe global. O artigo tem como objetivo analisar e comparar por intermédio do Acordo de Basileia III, as diferenças do grau de alavancagem financeira (GAF) entre bancos nacionais e as grandes incorporadoras de credito habitacional, buscando entender como as regulações influenciam o mercado e quais as diferenças de alavancagem praticada entre ambos, destaca-se a possível viabilidade de regulação pelo lado incorporador, fazendo incitação em relação a está possível necessidade. Para cumprimento da metodologia foi realizada uma pesquisa bibliográfica, utilizando uma amostra de 19 incorporadoras nacionais com o objetivo de analisar e comparar os maiores graus de alavancagem financeira praticados nos setores. A partir dos resultados obtidos, observa-se que as Instituições Bancárias, mesmo sob efeitos regulativos, operam com graus de alavancagem médios de 12,6, obtendo superioridade sobre as incorporadoras as quais chegam a 2,42 de GAF. Conclui-se que cada setor tem claramente suas particularidades que acabam por influenciar as estruturas de capital e de financiamento, possuindo peculiaridades muito individuais e determinando uma grande diferença na estrutura de capital.

Otoch, Pedro Oliveira, and Marcelo Augusto Farias de Castro. "Análise Comparativa de Risco e Retorno entre Títulos Públicos e Mercado Imobiliário de Fortaleza." In 18ª Conferência Internacional da LARES. Analysis of the Impact of the Economic Crisis on the Real Estate Market in Fortaleza Using the Sharpe and Sortino Ratios. São Paulo, 2018.

A atual instabilidade econômica no país, que se agravou nos últimos anos tem gerado insegurança nos investidores imobiliários. Onde antes existiam grandes ganhos, valorização e constantes altas, hoje apresenta risco, estagnação e uma timidez exacerbada em função da dinâmica atual do mercado. Entretanto, as oportunidades de arbitragem podem apresentar melhores rentabilidades levando em consideração a mesma tipologia de investimento. Todavia, o investidor imobiliário deve analisar mais atentamente cada oportunidade antes de tomar a decisão de investir. O objetivo deste trabalho foi comparar os investimentos imobiliários em Fortaleza com os investimentos de renda fixa. Para tanto, foi realizado uma análise comparativa de rentabilidade e risco de mercado utilizando o índice de SHARPE entre os 20 bairros mais negociados de Fortaleza, considerando-os como fundos imobiliários (FII), e os títulos públicos LFT, LTN, NTN-B, NTN-B principal, NTN-C e NTN-F durante o período de janeiro/14 a dezembro/17. Como resultado foi encontrado que, no ano de 2014, 25% dos bairros apresentaram rentabilidade média entre 2% e 3% ao mês e aproximadamente 75% apresentavam rentabilidades maiores do que os títulos públicos, que apresentavam rentabilidades abaixo de 1% ao mês. A partir de 2015, esse movimento se inverteu e os bairros de Fortaleza começaram a apresentar rentabilidades médias menores que os investimentos em títulos públicos, o que significa investimento com riscos maiores para os investimentos no mercado imobiliário. Em 2016, os valores do índice de Sharpe ficaram entre -3,00% e - 0,44%, indicando um aumento do risco no setor. Desta forma, os títulos públicos ficaram mais atraentes entre 2015 e 2017. Em 2017, a rentabilidade média nos bairros de Fortaleza apresentou sinais de melhoria, mas ainda não superaram os investimentos de renda fixa. Os resultados encontrados podem ajudar os investidores a melhorar a qualidade das suas decisões, buscando uma posição mais segurança durante o período de crise.

Neto, Raimundo André Per, and Marcelo Augusto Farias de Castro. "Análise de aspectos sócio econômicos motivadores para a Implantação de lojas de varejo farmacêutico." In 18ª Conferência Internacional da LARES. ANALYSIS OF SOCIOECONOMIC ASPECTS MOTIVATING THE IMPLEMENTATION OF PHARMACEUTICAL RETAIL STORES. São Paulo, 2018.

O setor varejista farmacêutico vem expandindo muito ao longo das últimas décadas, principalmente pela velocidade de crescimento das grandes redes situadas no Sudeste e no Nordeste do Brasil. A proliferação de novos pontos de vendas se torna mais visível a cada dia, assim como o propósito de suprir as necessidades dos clientes, pois esses estabelecimentos, estão deixando de ser farmácias que vendem medicamentos para serem Drugstores, onde os produtos de conveniência e perfumaria se tornaram prioridade e os medicamentos ficaram confinados a áreas restritas. Nesse contexto, o trabalho buscou entender quais são as características sócio econômicas que podem ser motivadoras para a abertura de novas lojas. Então, averiguou-se quais os possíveis critérios, para se definir uma estratégia de posicionamento dessas redes de varejo farmacêutico nos bairros de Fortaleza. Além de realizar um mapeamento baseado no Geomarketing, prática ainda pouco utilizada no país, avaliando o potencial imobiliário para o cada bairro analisado, foi feito o levantamento dos pontos de vendas das 3 principais redes de varejo da capital nas regiões com pelo menos duas drogarias. Após esse levantamento, as quantidades de bairros analisados totalizaram 24 com um total de 137 farmácias. Como resultado encontrado observou-se que em áreas com elevada renda per capita o número de habitantes por farmácia pode chegar em até 20 vezes menor do que ás com poder aquisitivo reduzido. A média da renda per capita dos bairros com mais de 7 lojas chega a R$ 2376,46 e a renda total maior que 27 milhões de reais. O melhor entendimento desses dados levará a uma maior otimização no posicionamento de novos pontos de venda, pois retratam a estratégia atual de expansão das grades redes farmacêuticas e ainda dar suporte aos varejistas nas questões relativas a localização.

Custódio, Camila Carneiro Canedo, Marcos Túlio Campos Cândido, Maria Carolina Gomes de Oliveira Brandstetter, and Pedro Henrique de Moraes Nogueira. "Análise de viabilidade mercadológica por meio do estudo de macrozonas de oferta." In 18ª Conferência Internacional da LARES. Market feasibility analysis through the study of offer macrozones. São Paulo, 2018.

O dinâmico mercado imobiliário brasileiro tem sofrido mudanças relevantes devido ao contexto de instabilidade econômica e política. Diante de tal cenário, exigem-se estratégias que conduzam a tomadas de decisões mais acertadas quanto ao investimento, baseando-se em dados econômicos, financeiros e mercadológicos confiáveis. Além de planejar de forma criteriosa e realizar estudos prévios antes de empreender, também se torna necessário analisar a sensibilidade do investimento perante a variação de fatores que não são totalmente conhecidos e controlados pelo investidor. Este trabalho justifica-se pela importância dessa análise de viabilidade mercadológica, antes de iniciar um estudo econômico, tendo como objetivo apresentar e analisar indicadores do mercado imobiliário goianiense, relevantes para um futuro estudo de viabilidade econômica, além de buscar identificar quais regiões seriam as mais aquecidas para investimentos futuros. Para tal análise, o mercado inicialmente foi dividido em 10 macrorregiões, chamando-as de macrozonas, contendo bairros com proximidade geográfica, empreendimentos com padrão de acabamento e público semelhantes. Posteriormente foram descartadas 2 delas por falta de dados confiáveis. Das 8 macrozonas restantes, por meio do indicador Vendas sobre a Oferta, chegou-se a 4 regiões mais aquecidas, de maior velocidade de vendas. Posteriormente foi realizada uma análise de campo, por meio de observação in loco, buscando conhecer a infraestrutura das macrorregiões mais aquecidas. Este novo filtro levou à definição de 3 com a melhor infraestrutura para investimento. Dessas 3 macrorregiões foram analisados os indicadores: estoque, lançamentos, preço por área, vendas sobre a oferta e distratos. O trabalho conclui apontando os fatores de maior importância para balizar uma subsequente tomada de decisão, fornecendo dados de entrada para um estudo de viabilidade econômico- financeiro confiável e assertivo.

Otoch, Pedro Oliveira, and Marcelo Augusto Farias de Castro. "Análise do Impacto da Crise Econômica no Mercado Imobiliário de Fortaleza Utilizando os Índices de Sharpe e Sortino." In 18ª Conferência Internacional da LARES. Analysis of the Economic Crisis in the Real Estate Market of Fortaleza Using Risk Ratios. São Paulo, 2018.

No cenário atual, a economia nacional vem de uma turbulenta crise econômica que afeta as diversas áreas do mercado financeiro em todo o Brasil. Investidores adotam posição mais conservadora, segurando os investimentos a fim de evitar perdas de capital. Embora as evidências sejam desfavoráveis, oportunidades de investimento surgem durante a crise enquanto outras são afetadas drasticamente. Assim, o presente trabalho analisa o risco e a volatilidade do mercado imobiliário de Fortaleza, baseando-se na série histórica de dados de preço por metro quadrado médio dos 20 (vinte) bairros mais procurados em compra e venda de imóveis de classe média e classe alta, desde o início da crise econômica nacional, Janeiro de 2014, até dezembro de 2017. Calcular o risco por meio do Índice Sharpe e do Índice Sortino para cada bairro, considerando-os como fundos imobiliários, orienta o investidor mostrando a tendência de risco para o retorno esperado e quando analisado a cada ano, mostra como a crise impactou o mercado imobiliário e as reações da economia nacional. O impacto da atual crise causou um aumento preocupante no risco de investimento imobiliário em Fortaleza, com poucos bairros obtendo retorno médio maior que a média da taxa SELIC. Por outro lado, o cálculo dos indicadores de risco ano a ano mostra que a economia nacional começa a apresentar reação e que os índices voltaram a subir e com perspectiva de melhora.

Saba, Luis Eduardo de. "ANÁLISE DOS IMPACTOS DOS DISTRATOS NA TAXA INTERNA DE RETORNO." In 18ª Conferência Internacional da LARES. THE ANALYSIS OF CANCELLATION LAW ́S IMPACT ON THE INTERNAL RATE OF RETURN. São Paulo, 2018.

O mercado imobiliário foi da euforia à maior crise econômica registrada da história Brasileira, de 2007 a 2015. Nesta janela de tempo a resilição unilateral de contratos, conhecida como distratos, tornou-se um fenômeno importante no mercado imobiliário. Os distratos existem desde a entrada em vigor do Código de Defesa do Consumidor (CDC), entretanto eram poucos e motivados pela falta de condições do adquirente em honrar seus compromissos. Hoje há uma profusão de distratos afetando os mercados Imobiliário, Financeiro e de Capitais. O objetivo deste trabalho é analisar os impactos dos distratos sobre as Taxas Internas de Retorno (TIR) de projetos de incorporação imobiliária residenciais na cidade de São Paulo, para isso foram analisados os efeitos dos distratos sobre os resultados financeiros de um empreendimento teórico e foram identificadas as variáveis-chave do modelo. O mercado de Real Estatese inter-relaciona com os mercados financeiro e de capitais de forma que o estudo dos distratos e seus efeitos sobre as taxas internas de retorno é relevante para o bom funcionamento dos mercados. O estudo foi feito através de uma simulação de um empreendimento teórico na Chácara Santo Antônio, Cidade de São Paulo. No estudo, variaram-se os principais inputs de -10% a +10% ao redor do valor base. Observou-se que as variáveis mais sensíveis do fluxo de caixa descontado são o valor unitário de venda e o custo unitário de construção. O estudo também mostrou uma maior sensibilidade do modelo quando submetido à distratos e demonstrou os efeitos danosos dos distratos sobre a taxa interna de retorno. Conclui-se que o fluxo de caixa sem distratos é robusto, entretanto com a introdução de distratos ele torna-se mais sensível às pequenas variações típicas do mercado imobiliário. Com a introdução dos distratos o projeto imobiliário residencial torna-se financeiramente inviável com pequenas oscilações das variáveis-chave.

Ribeiro, Marcos Paulo Monteiro, and Marcelo Augusto Farias de Castro. "Análise dos Indicadores Financeiros de Lucratividade e Rentabilidade devido a Aceleração da Obra com a Utilização de Painéis de Alvenaria Pré-Fabricada Aplicado a Empreendimentos de Baixa Renda." In 18ª Conferência Internacional da LARES. Rentability Due to the Acceleration of the Building Through the use of Pre-Manufactured Masonry Panels Applied to Low Income Constructions. São Paulo, 2018.

Diante dos riscos do mercado econômico brasileiro, a sua volatilidade, ao aumento da complexidade técnica e gerencial dos empreendimentos, faz com que a indústria da construção civil busque implantar novas tecnologias e métodos construtivos além de ferramentas cada vez mais adaptadas a essa realidade. A busca pela redução dos prazos, maximização da rentabilidade e a integração de informações são fatores motivadores buscados constantemente pelos investidores. O interesse por projetos imobiliários mais lucrativos e rentáveis eleva o gerenciamento a patamares cada vez mais sofisticados e inovadores de forma a tornar mais complexo as tomadas de decisões na busca desses objetivos. O objetivo do trabalho foi estudar e apresentar os indicadores de investimentos associados a um projeto de habitação popular de baixa renda onde foi possível observar claramente como a gestão, inovação e a rentabilidade está associado na busca de uma solução integrada. Para que um empreendimento imobiliário consolide-se de forma mais organizada e rentável se faz necessário planejar o tempo das tarefas bem como os desembolsos financeiros. A metodologia adotada foi pesquisar, tabular, estudar e apresentar os resultados aplicados a 499 unidades residencial de baixa renda, executadas no município de São Gonçalo do Amarante - CE. O empreendimento foi concebido com painéis pré-moldados mistos de concreto e blocos cerâmicos, uma tecnologia testada, aprovada e homologada pelos institutos de pesquisas nacionais e em ascensão em todo o Brasil. Os resultados encontrados na utilização dessa tecnologia deste estudo de caso foram: Uma redução de prazo de obra de seis meses comparado com o cronograma inicial e um aumento da lucratividade em 57,04% além de um lucro financeiro pela aplicação do saldo de caixa após o paybackde 2,17% sobre o faturamento total do projeto.

Pereira Pinto, Priscila Pamplona, Pedro Renan Lopes Costa, Leidian Aragão Torres, Maria Cecília de Souza e Souza, and Luiz Alessandro Pinheiro da Câmara de Queiroz. "Análise e caracterização da produção imobiliária na zona sul de Natal/RN em relação ao processo de urbanização." In 18ª Conferência Internacional da LARES. Analysis and characterization of the real estate production in the southern zone of Natal/RN in relation to the urbanization process. São Paulo, 2018.

O papel crescente do setor imobiliário traz reflexos cada vez mais significativos para a produção do espaço urbano e para a economia. Sua característica cíclica influencia a dinâmica urbana, a distribuição das densidades populacionais e, consequentemente, acarreta efeitos positivos e negativos sobre a infraestrutura local. Entender esse fenômeno passa a ser de grande importância para o gerenciamento das cidades, bem como para elaboração de estratégias para empresas do ramo imobiliário. O caso da Zona Sul do município de Natal, capital do Rio Grande do Norte, apresenta especificidades interessantes por se tratar de área com forte atuação do turismo internacional que passou por um intenso processo de produção habitacional. A proximidade com Zonas de Proteção Ambiental aparentemente contribuiu para atrair uma maior quantidade de empreendimentos imobiliários que, pela ausência de controles de densidade, vêm impactando fortemente a infraestrutura urbana instalada na região. A pesquisa elaborou uma caracterização da produção imobiliária da região, no período de 2000 a 2015, realizando sua associação com a disponibilidade de infraestrutura urbana nos entornos dos empreendimentos. Os principais resultados revelam que a ausência do controle de densidade induz a uma produção intensa de unidades habitacionais, implicando na expansão populacional que tende a saturar rapidamente o sistema de estruturação existente na cidade.

de Albuquerque Ferreira, Marcela, and Marcelo Augusto Farias de Castro. "ANÁLISE EXPEDITA DE POTENCIAL CONSTRUTIVO DE BROWNFIELD COM ANÁLISE DE CENÁRIOS." In 18ª Conferência Internacional da LARES. EXPEDITE ANALYSIS OF BROWNFIELD CONSTRUCTIVE PONTENCIAL WITH SCENARIOS ANALYSIS. São Paulo, 2018.

Nos últimos anos, um fato comum às grandes cidades e suas reorganizações espaciais é que antigos espaços urbanos perderam suas funções produtivas, tornando-se espaços disponíveis e oportunos onde geralmente apresentam uma infraestrutura que pode ser aproveitada. Estes são os chamados vazios urbanos, wastelands ou brownfields. O foco do estudo é na cidade de Fortaleza - CE, onde encontra-se vazios urbanos em localização com excelentes infraestrutura urbana, como consequência de uma segregação social, em que muitas pessoas passaram a morar nas periferias, que são as regiões mais afastadas do atual centro urbano, e que abriga os setores de baixa renda da população. O principal objetivo do trabalho é a realização de análises expedita de viabilidade econômica de projetos imobiliários de forma a ser possível avaliar cenários de lucratividade e rentabilidade associados aos brownfields identificadas na cidade, com a finalidade de implantação de unidades residenciais direcionadas à população de baixa renda. A escolha dessas áreas em desuso se deu após análise de mapas dos bairros do município, concentrados nas sete Secretarias Executivas Regionais (SERs), disponibilizados pelo site da prefeitura de Fortaleza-CE. Os terrenos, de aproximadamente 10.000 m2 de área, foram selecionados com a utilização da ferramenta Google Earth, e se concentram nas SERs I, II, III e IV. Em seguida, foram analisados os índices de aproveitamento e a taxa de ocupação de cada zona. Como resultado dessa pesquisa, foi possível identificar o potencial construtivo dos terrenos através da prospecção de trinta cenários de lucratividade e o preço de venda dos imóveis, proporcionando entender melhor o potencial construtivo de cada um dos brownfields assim como o potencial econômico consolidado.

de Freitas Filho, Antonio Exdras Gomes, and Marcelo Augusto de Farias. "Análise Quantitativa das Demandas de Mercado no Cenário de Crise: Um estudo do Mercado Imobiliário da cidade de Fortaleza-CE." In 18ª Conferência Internacional da LARES. Quantitative Analysis of Market Demands in the Crisis Scenario: A study of the Real Estate Market of the city of Fortaleza-CE. São Paulo, 2018.

O comportamento do setor imobiliário atual é reflexo da conjuntura econômica e da dinâmica interna do mercado consumidor, que vem sofrendo as consequências da retração desde 2014. Buscando compreender melhor esse contexto, este trabalho teve como objetivo estudar as séries históricas de desempenho do mercado imobiliário em Fortaleza nos últimos 36 meses, assim como compreender os resultados obtidos a partir das tabulações desses dados. As informações apresentadas mostram que embora haja uma retomada ainda tímida do mercado, a decisão para o desenvolvimento de novos empreendimentos tem apresentado crescimento. Todavia, a decisão deve ser fundamentada em estudo de mercado que permita aos empreendedores obter uma maior assertividade no retorno desses investimentos. Buscar entender melhor as características construtivas, tais como: tipologia da edificação, área da unidade e localização, assim como a velocidade de venda, podem contribuir na identificação do momento mais adequado de se investir, sendo um fator fundamental na mitigação de riscos, tendo em vista o retorno de longo prazo do investimento. A compreensão da sazonalidade do mercado, por meio de análise das séries temporais que são geradoras das tendências de mercado, possibilita o desenvolvimento de melhores cenários futuros, propiciando, assim, adotar posturas mais conservadoras aplicadas aos novos lançamentos. Nessa perspectiva, foi estudada e analisada uma base de dados composta de 250 empreendimentos e 60 construtoras no período de 2015 a 2017. Como principais resultados observou-se o aumento dos distratos acompanha o aumento das vendas dos imóveis que a valorização do preço do metro quadrado reduziu os estoques de imóveis, que as unidades com dimensões menores apresentaram uma maior velocidade de venda e que houve um aumento da procura em áreas periféricas às áreas mais valorizadas. Com base nessas informações, os incorporadores poderão tomar melhores decisões sobre que características os novos lançamentos devem possuir.

Nasser, Junior, Radegaz, and Wilson Lang. "AVALIAÇÃO DE UM IMÓVEL SINGULAR, COM ACESSO AO CANAL DE BAÍA E COM CALADO SUFICIENTE PARA RECEBIMENTO DE EMBARCAÇÕES. (ESTUDO DE CASO)." In 18ª Conferência Internacional da LARES. EVALUATION OF A SINGULAR PROPERTY, WITH ACCESS TO THE BAY CHANNEL AND WITH DRAFT SUFFICIENT ENTRY FOR RECEIVING VESSELS. (CASE STUDY). São Paulo, 2018.

Este trabalho pretende de forma objetiva e tão simples quanto possível, estabelecer uma marcha numérica baseada em atributos arbitrados através de códigos alocados ponderados, para cálculo do que é definido como sendo o valor de um bem (terreno), com acesso a água em zona propicia a implantação de Estaleiros para embarcações de médio porte. O valor deste terreno, em síntese, é acrescido de uma singularidade, que é possível ser calculada e que reveste o bem e que possa justifica-lo com um bem de valor de fato e que merece ser valorado. Nesse contexto, este estudo retrospectivo, pretende justificar, a atribuição do valor de mercado que possa ser adicionado ao imóvel com estas singularidades.

de Sousa, Rosana Erika Braga, and Marcelo Augusto Farias de Castro. "Construção Verde em Real Estate. Uma Proposta de Aplicação a Projetos Habitacionais de Baixa Renda." In 18ª Conferência Internacional da LARES. Green Construction in Real Estate. A Proposal for Application in Low Income Housing Projects. São Paulo, 2018.

Na era da crise ecológica e econômica muitos projetos de construção nos países em desenvolvimento são considerados insustentáveis, principalmente os voltados à população de baixa renda, portanto a construção sustentável pode ser considerada o ponto de partida para a implantação dos princípios de desenvolvimento sustentável na comunidade. Um dos fatores para a predominância da construção convencional das casas unifamiliares se dá pelo investimento, pois as construções ecologicamente sustentáveis são inicialmente mais onerosas e o aspecto social da sustentabilidade inicialmente não é considerado, porém em vários estudos analisados, o menor custo do ciclo de vida e a vida econômica mais longa das construções sustentáveis foram ponderados como um efeito benéfico sobre o custo total, tendo um impacto positivo no mercado imobiliário de imóveis residenciais verdes. Este artigo faz uma explanação com base na literatura atual sobre os conceitos de sustentabilidade, os sistemas de certificações de sustentabilidade, algumas lições aprendidas nos projetos sustentáveis e uma ampla pesquisa sobre construção sustentável em comunidades de baixa renda considerando como os arquitetos, engenheiros, construtores, proprietários e comunidades podem aplicar melhor a sustentabilidade social para encontrar soluções adequadas de design e construção que maximizem o sucesso do projeto bem como o seu ciclo de vida. Com este estudo pode-se concluir que as decisões arquitetônicas associadas às modernas técnicas de construção podem ter um impacto positivo no valor final das casas sustentáveis.

Campos, Pedro José Trindade, Fabricio Alonso Richmond Navarro, and Mauro César Barbosa. "DETERMINAÇÃO DA CLASSIFICAÇÃO ABC DOS SERVIÇOS DE UMA EDIFICAÇÃO RESIDENCIAL DE ALTO PADRÃO." In 18ª Conferência Internacional da LARES. DETERMINING THE ABC CLASSIFICATION OF SERVICES OF A HIGH- END RESIDENTIAL EDIFICATION. São Paulo, 2018.

Na conjectura atual da construção civil, uma das maiores prioridades dos gestores é a economia durante o processo construtivo das edificações residenciais. Para o mercado do Real Estate, a redução dos gastos com a execução dessas obras constitui uma vantagem para os homebuilders, pois os produtos tornam-se mais competitivos no mercado. O objetivo deste artigo consiste em definir alternativas visando a redução do custo total de edificações residenciais de alto padrão, mediante a análise do diagramas de Pareto, elaborado a partir do orçamento detalhado da obra, localizada em Uberaba-MG. Verificou-se que as etapas mais onerosas foram os revestimentos das paredes e pisos e superestrutura. Por outro lado, o diagrama mostrou que 18 serviços, de um total de 50 itens do orçamento, são responsáveis por 80% do custo da construção. Destes, apenas 8 tem uma significância maior que 50% do custo total. Verificou-se que é possível economizar cerca de 9,37% no valor total do imóvel, realizando composições de custos in loco dos itens mais significativos e investindo em tecnologia, por meio da aplicação de materiais de construção sustentáveis. Por fim, concluiu-se que essa economia representa uma grande vantagem no momento de comercialização do produto.

de Oliveira Brandstetter, Maria Carolina Gomes, João Vítor Cab de Morais, Pedro Paulo Barr Venenutti, Arthur Guimarães Rézio, and Pedro Henrique de Moraes Nogueira. "Diagnóstico do mercado imobiliário de habitações de interesse social no Estado de Goiás." In 18ª Conferência Internacional da LARES. Market Assessment for Housing Social in the State of Goiás. São Paulo, 2018.

Este trabalho propõe um estudo e diagnóstico a respeito do mercado imobiliário para habitações de interesse social (HIS), especificamente para empreendimentos financiados pelo programa Minha Casa Minha Vida (MCMV) da Caixa Econômica Federal (CEF) no Estado de Goiás e na cidade de Goiânia. A revisão bibliográfica trata inicialmente de uma análise da economia nacional no período pós crise de 2008 até os dias atuais, além de um estudo acerca do mercado imobiliário e especificamente para o de HIS. Foi realizado também um estudo de caracterização e quantificação do déficit habitacional no Brasil e no Estado de Goiás, além de um breve estudo acerca da qualidade construtiva em empreendimentos do MCMV. A metodologia buscou a obtenção e tratamento dos dados da Associação das Empresas do Mercado Imobiliário de Goiás (ADEMI) e da Caixa Econômica Federal, todos em relação aos empreendimentos enquadrados no MCMV na cidade de Goiânia e Sul de Goiás. Procedeu-se uma análise comparativa considerando a renda, quantidade de imóveis, valores totais e médios, taxa de venda, sendo possível fazer as análises e conclusões a respeito do segmento específico de estudo e seu desenvolvimento nos últimos anos para a região de Goiânia e Sul de Goiás. O trabalho conclui identificando os riscos atuais de investir na construção de imóveis MCMV e a importância que indicadores como a localização, público alvo e valor de venda tem sob o ponto de vista da viabilidade econômico financeira.

Soler, Junior, Mauricio, and Daniel Ferreira Falcão. "DISTRATO – O MAL QUE ASSOMBRA O SETOR IMOBILIÁRIO." In 18ª Conferência Internacional da LARES. CANCELLATION LAW - THE EVIL THAT DESTROYED THE REAL ESTATE SECTOR. São Paulo, 2018.

O mercado imobiliário vem apresentado sequências de resultados negativos desde o início da crise econômica que se instaurou no país em 2014, o efeito tem sido devastador fazendo com que as empresas incorporadoras entrassem em um processo de retração, atingindo prejuízos recordes na ordem de R$7,46 bilhões e gerando no ano de 2016 somente no subsetor da Construção Civil - Construção de Edifícios –uma redução de 156.884 vagas de empregos. Assim este estudo visa entender o efeito do distrato nesse cenário, analisar os impactos financeiros, sociais, econômicos e jurídicos, verificar como outros países tratam situações semelhantes e quem são os adquirentes que solicitam o distrato e ainda demonstrar que devido ao modelo que as grandes incorporadoras do pais trabalham, associada a crise econômica financeira culminou por gerar um ciclo vicioso de aumento de estoques e redução de preços.

dos Reis, Cibele Rudolph Brock, Gabriela Gomes Dornelles, Juliana Carolina Mousquer Torres, Lisandra de Lucena Theil, Monique Genari, and Rafaello Fensterseifer Paim. "DISTRATOS DAS PROMESSAS DE COMPRA E VENDA IMPACTOS E SOLUÇÕES PARA OS INCORPORADORES." In 18ª Conferência Internacional da LARES. DISSOLUTION OF PRELIMINARY SALE AND PURCHASE AGREEMENTS THE IMPACTS AND SOLUTIONS FOR THE INCORPORATORS. São Paulo, 2018.

A crescente ocorrência de distratos preocupa o mercado da construção civil brasileira. O desfazimento de Promessas de Compra e Venda tornaram-se fortemente recorrentes a partir da crise de 2014, que assolou o país após um período de grande euforia do mercado imobiliário. Para embasar melhor este cenário, fez- se um relato do panorama brasileiro, com enfoque na cidade de Porto Alegre, onde se apresentou alguns estudos de caso para ilustrar o momento nacional, além de um breve histórico de como se comportam estas resoluções em outros países e outros segmentos de mercado. Um exame da legislação brasileira pertinente ao assunto, ainda que escassa, também fundamenta este trabalho, com foco nas alternativas que podem trazer maior segurança ao negócio da incorporação imobiliária. Dentro do contexto exposto, o objetivo principal deste estudo é apresentar os impactos e as alternativas de solução para os distratos, a fim de minimizar seus riscos, sob a ótica dos incorporadores.

Campos, Gerardo Ureta. "Economía Compartida: impacto en el mercado inmobiliario de Santiago de Chile." In 18ª Conferência Internacional da LARES. Sharing Economy: impact on the real estate market of Santiago de Chile. São Paulo, 2018.

Si bien el concepto de “economía compartida” lleva algunos años en discusión, en Chile ha estado centrada en los asuntos en relación con el transporte, existiendo poca discusión en el impacto que ha tenido en el mercado inmobiliario. La metodología utilizada fue la de realizar una encuesta a 337 personas de entre 18 a más de 60 años, siendo un 44,21% mujeres y un 55,79% hombres, quienes viven solos o acompañados. Esta encuesta buscó conocer la disposición a disponer en arriendo un dormitorio no ocupado por los propietarios y también la de arrendar la propiedad mientras se está de vacaciones. Se analizaron datos públicos de 8.872 avisos, filtrando según variables como casa o departamento y cantidad de habitaciones disponibles para ofertar, obtenidos desde la plataforma Airbnb en la zona centro y nororiente en Santiago de Chile. Se concluye que son los jóvenes quienes demuestran una mayor valoración a compartir su propiedad con amigos o desconocidos, en especial quienes tienen una propiedad muy bien localizada en lugares cercanos a donde se desarrolla el mercado laboral, puesto que lo que se busca hoy es minimizar los costos que significan los largos traslados dentro de la ciudad, y por otra parte, el que es en los lugares centrales donde se concentran los equipamientos y servicios que buscan las nuevas generaciones de jóvenes, promoviendo la innovación inmobiliaria por parte de los desarrolladores inmobiliarios.

Silva, Carlos Hugo Carvalho, Sheila Cavalcante Pitombeira, and Marcelo Augusto Farias de Castro. "ENTO AMBIENTAL PARA O PARCELAMENTO DO SOLO URBANO SEGUNDO A LEGISLAÇÃO AMBIENTAL DO ESTADO DO CEARÁ." In 18ª Conferência Internacional da LARES. ASPECTS OF THE ENVIRONMENTAL LITIGATION FOR THE URBAN SOIL ADJUSTMENT BY ENVIRONMENTAL LEGISLATION OF THE STATE OF CEARÁ. São Paulo, 2018.

O presente artigo aborda os aspectos do licenciamento ambiental para o parcelamento de solo urbano no Estado do Ceará, à luz da legislação vigente. Têm por objetivo demonstrar as fases do licenciamento ambiental para esta modalidade junto à Superintendência Estadual do Meio Ambiente (SEMACE), órgão ambiental responsável pelos licenciamentos no Estado. Através do presente estudo, se prevê o alcance de uma abordagem que facilite o entendimento das principais características para a implantação de loteamentos; competência do órgão licenciador e da concessão das licenças prévia, de instalação e operação; custos e prazos de validade e análise para a concessão das licenças, bem como os estudos ambientais exigidos. A pesquisa desenvolvida tem como público alvo os empreendedores do setor, buscando auxiliá-los num entendimento mais didático sobre os processos legais e o atendimento as condicionantes do licenciamento, bem como otimizar o tempo e os custos gastos em todo o processo. A metodologia adotada se deu através de pesquisas sobre acervo bibliográfico, leis e diretrizes em meios físicos e digitais. À luz da legislação vigente, conclui-se que o processo de licenciamento de parcelamentos de solo urbano no estado do Ceará é eficaz do ponto de vista processual, no entanto, bastante lento devido o organograma burocrático a ser seguido pelos requerentes, o que determina uma enorme perca de tempo e agilidade na confirmação e aprovação dos projetos, reverberando diretamente nos custos finais do empreendimento. Portanto, este estudo se confere, para além da gestão espacial e ambiental, num importante instrumento de auxílio para maior eficiência administrativa e financeira. O meio ambiente, pensado de forma ecologicamente equilibrada, socialmente justa e economicamente viável, prospera todas as principais premissas conceituadas por um desenvolvimento sustentável eficiente.

da Silva, Nayara Suassuna, Leidian Aragão Torres, Luiz Alessandro Pinheiro da Câmara de Queiroz, Emili Caroline de Abreu Rolim, and Pedro Renan Lopes Costa. "Estudo da atratividade causada na produção imobiliária pelas instituições de ensino superior na cidade de Natal/RN." In 18ª Conferência Internacional da LARES. Study of attractiveness in real estate production by higher education institutions in the city of Natal / RN. São Paulo, 2018.

O processo de estruturação do espaço urbano é resultado de ações de uma ampla variedade de agentes sociais, dentre os quais é possível destacar os promotores imobiliários. Com eles, a produção de moradias assume uma lógica capitalista, procurando a maximização do lucro em detrimento de aspectos ambientais e da disponibilidade de infraestrutura urbana. Desta forma, a proximidade de equipamentos urbanos, áreas verdes e infraestrutura são somados ao valor da edificação, fazendo com que a localização seja uma das principais variáveis a se considerar sobre o preço de uma moradia. Dentre os vários equipamentos atrativos aos consumidores, destaca-se as Instituições de Ensino Superior (IES) por constituírem uma atividade crescentemente necessária nos dias atuais e que exige comparecimento diário. Supõe-se que a lógica dos promotores imobiliários seja atender os anseios do consumidor, localizando seus empreendimentos no entorno próximo desses equipamentos urbanos. Assim, esse trabalho se propõe a correlacionar a distribuição de empreendimentos imobiliários produzidos na cidade de Natal/RN, no período de 1990 à 2017, com as IES existentes no município, analisando a atratividade destas em relação aos empreendimentos. Para isso, foi feito um trabalho de geoprocessamento dos empreendimentos residenciais verticais e das IES da cidade, com posterior geração de mapas que forneceram dados para as análises. Os resultados mostraram que tanto os empreendimentos imobiliários quanto as IES buscam ocupar os mesmos espaços, na tentativa de fornecer aos seus usuários maiores benefícios, como melhor infraestrutura e acessibilidade. Isso faz com que coexistam na cidade espaços de elevada concentração de empreendimentos e IES com espaços desprovidos de ambos.

Neto, Carlos Stozek, and Marcelo de Mattos Bezerra. "Financial feasibility studies for the inclusion of sustainable solutions in multifamily housing in Rio de Janeiro." In 18ª Conferência Internacional da LARES. Estudos de viabilidade financeira para inclusão de soluções sustentáveis em habitação multifamiliar no Rio de Janeiro. São Paulo, 2018.

This study investigates the feasibility of using sustainable system solutions in a multifamily apartment complex in Rio de Janeiro, Brazil. The apartment complex consists of thirty-two units in an eight-story building. The four proposed sustainable systems are photovoltaic power generation system, recycling and reuse of greywater, rainwater catchment and individual water metering. The sustainable systems are described in this paper, as well as the parameters commonly used to carry out a real estate development in Rio de Janeiro. Comparative analyses are undertaken between the scenario without the use of any solution and scenarios where the sustainable systems are implemented, in order to highlight the costs and the reduction of consumption generated by each system. The results are used to evaluate details of interest to developers, such as development indicators (IRR, Margin, etc.), need for adjust sale prices and consumers’ willingness to pay, as well as details of interest to the buying customer, such as generated savings and payback of the investment. This article shows that in order to match the higher cost of sustainable developments, there is a need to increase the sale price of the units. However, the increase can be justified to the consumer when compared to gains from operating expenses. The results of this study indicate that only the photovoltaic and the individual water metering systems can be classified as attractive, increasing the PSV by 1.28% and allowing a reduction to the customer in the accumulated overall cost over time, of 6.14% at the end of a cycle of 60 years. Consequently, the increase in the price of properties is compatible with the reduction of operating costs during the building lifespan, making the sustainable solutions interesting for both the buying customer and the developer.

Juliano, Alice Lepique, Igor Rossi Ota, Julia Guerra de Azeredo, Nicholas McDonnell Cortonesi, and Alex Abiko. "Habitação Social de Aluguel: Experiências no Brasil e Internacionais." In 18ª Conferência Internacional da LARES. Social Housing for Rent: Brazilian and International Experiences. São Paulo, 2018.

Buscou-se fazer um levantamento de alguns exemplos em que o aluguel social é aplicado para verificar quais são as características e melhores práticas que podem ser adaptadas para a situação do Brasil e também quais são os principais pontos de atenção de experiências passadas. Soluções para os problemas habitacionais são pensadas ao redor de todo o mundo, independente do nível de desenvolvimento do país. Cada tipo de alternativa depende muito das conjunturas locais, variando desde soluções mais centralizadas nas mãos do estado federal até descentralização por municípios, ONGs ou empresas privadas com os mais diferentes modelos de operação. Alguns exemplos são os de aluguel social na França (HLM), em Cingapura, na América Latina (Chile, Colombia, México), além de nos Estados Unidos e Inglaterra.

No Brasil, com um déficit habitacional de 6,1 milhões de residências os programas de moradia do governo são em sua maioria voltados para a propriedade do imóvel. O Minha Casa Minha Vida (MCMV) é a principal bandeira do governo federal para prover moradia a famílias de baixa renda entregando 2,8 milhões de unidades de 2009 quando foi lançado até maio de 2016. Apesar dos grandes avanços, o modelo não é suficiente para resolver o problema de habitação brasileiro. Modelos complementares voltados à locação são menos conhecidos e têm tentado ser uma alternativa para complementar o leque de soluções. No Brasil são três os principais programas existentes que visam diminuir a demanda habitacional através da locação: Programa de Arrendamento Residencial (PAR), Programa de Locação Social (PLS) e o Auxílio Aluguel. Além dos modelos em funcionamento, vale citar outros dois modelos propostos que se encontram em fase de discussão na cidade de São Paulo: Parceria Público Privada de Locação Social, encabeçado pelo município de São Paulo e o programa de Locação Acessível Residencial (LAR), proposto pelo SECOVI-SP.

Atala, Rogério Calil Haddad, and Cláudio Tavares de Alencar. "Hierarquização dos atributos de localização e de características de moradia considerados nos processos de escolhas residenciais de moradores da cidade de São Paulo." In 18ª Conferência Internacional da LARES. Hierarchy of location attributes and housing characteristics considered in the processes of residential choices of São Paulo city residents. São Paulo, 2018.

Este trabalho discorrerá sobre a análise comportamental das famílias quanto aos seus anseios relacionados aos atributos de localização e de características de moradia na cidade de São Paulo quando submetidos a processos de escolhas múltiplas para futura residência, tendo como resultado a hierarquização dos atributos escolhidos em grau de importância.

Para a análise dos anseios das famílias foram utilizados questionários enviados por e-mail a clientes que adquiriram apartamentos de uma incorporadora na cidade de São Paulo ou que visitaram seus stands de vendas, totalizando um potencial de 386 respondentes. O banco de dados fornecido pela incorporadora era composto por nome, endereço residencial, endereço de e-mail, idade, renda familiar. Estes questionários tiveram como base os artigos de MONTGOMERY e CURTIS(2006) e WIDMANN E KELLY (2011) e foram distribuídos ao público por intermédio da plataforma Survey Monkey. As perguntas foram baseadas em variáveis de atributos de localização e de características de moradia, segundo BURGESS E SKELTYS (1992). Quanto ao público, as perguntas foram em relação à estrutura familiar, a localização da sua residência atual, idade e faixa de renda.

Os resultados estão apresentados por meio de gráficos demonstrando as preferências de cada público identificado, estratificando-o segundo às suas estruturas familiares e idades, faixa etária e por fim renda familiar em relação aos atributos elencados na fase de elaboração do questionário. O público alvo deste trabalho são famílias pertencentes à classe média e média alta, residentes em São Paulo, com renda familiar entre 11 e 20 salários mínimos.

Espera-se com este artigo entender os anseios das famílias residentes da cidade de São Paulo quanto as suas prioridades no que diz respeito às escolhas de características de moradia e de localização. Como produto final do trabalho disponibilizar dados, informações e recomendações que possam ser utilizados em pesquisas futuras, atendendo às necessidades dos desenvolvedores de produtos imobiliários, profissionais de marketing e da área de real estate .

Mingione, Caio, and Daniel Pitelli de Britto. "Impacto da Crise de 2014 a 2017 no desempenho dos Fundos de Investimento Imobiliários brasileiros listados em bolsa." In 18ª Conferência Internacional da LARES. Impact of the 2014-2017 crisis on the performance of Brazilian Real Estate Investment Trusts. São Paulo, 2018.

Entre 2005 e 2017, cresceram os investimentos em Fundos de Investimento Imobiliário (FIIs) listados na BM&F. Durante o período de crise econômica entre 2014 e 2017, a taxa de crescimento diminuiu, mas o volume negociado manteve-se em patamares relativamente elevados. O objetivo dessa pesquisa foi analisar o desempenho dos FIIs listados na BM&F Bovespa visando verificar se esse produto de investimento é atrativo como forma de proteção de capital em épocas de crise econômica. Trata-se de uma pesquisa quantitativa por meio de análise documental, valendo-se de dados públicos disponibilizados pela BM&F. Com base nos dados coletados, foram calculados indicadores de retorno e risco (volatilidade e liquidez) para uma amostra de FIIs, e comparados com os índices IPCA, CDI e Ibovespa, para um período de estudo de julho/2013 a dezembro/2017. Ainda, analisou-se o retorno por segmento de atuação dos FIIs. Como resultado, durante o período de estudo, a taxa de retorno mediana, equivalente ao mês, foi de 0,56% e a taxa de retorno média, ponderada pelo volume negociado, equivalente ao mês, foi de 0,33%. No mesmo período, observou-se uma taxa equivalente ao mês do IPCA de 0,12%, CDI de 0,79% e Ibovespa de 0,47%. Observou-se que a taxa de retorno variou significativamente entre os diferentes segmentos de FIIs. Quanto à volatilidade, o desvio-padrão dos retornos medianos, acumulado para o período de estudo, foi de 3,77% para a amostra, contra 1,14% do CDI e 11,01% do Ibovespa. A mediana do volume mensal negociado dos FIIs da amostra foi R$ 1,9 milhões/mês. Concluiu-se que o investimento em FIIs durante a crise se mostrou, em termos de risco x retorno, em geral mais atrativo do que a Ibovespa e menos atrativo do que o CDI. No entanto, ressalva-se que todos indicadores apresentaram grande amplitude para a amostra.

Kuga, Tifani Kiyomi, and João da Rocha Lima, Jr.. "Indicadores de desempenho de mercado imobiliário residencial." In 18ª Conferência Internacional da LARES. Performance indicators within residential Real Estate. São Paulo, 2018.

O setor da construção civil caracteriza-se como rígido, competitivo e com elevada demanda de capital; atrelado, assim, a riscos. Evidencia-se, portanto, a relevância da etapa de planejamento do empreendimento, na qual é ideal explorar o maior conjunto de fatores que influenciam a qualidade dos investimentos.

A etapa de planejamento é composta por um vetor de análise qualitativa dos atributos do produto e outro correspondente à análise da qualidade do investimento – AQI (equação de fundos e resultado dos investimentos). O comportamento dos empreendimentos, em geral, apresenta relação inversamente proporcional; quanto melhor o resultado da análise qualitativa, menor o risco de liquidez; em contrapartida, quanto melhor o resultado da AQI, maior o risco. A configuração do empreendimento pretendido deve refletir um equilíbrio entre as duas análises. Neste artigo, apresentamos metodologia para traduzir a competitividade de empreendimentos residenciais em notas de qualidade. Procuramos criar a oportunidade de se estabelecer uma hierarquia formal entre empreendimentos, conferindo notas aos atributos embarcados. A aplicação ilustrará como a qualidade de formatação arquitetônica impacta na qualidade do empreendimento.

A metodologia de traduzir atributos qualitativos em números (notas) compreenderá o levantamento dos atributos que conferem valor (anseios do comprador) aos empreendimentos. Tais atributos serão hierarquizados por meio de notas conforme a importância verificada para melhorar a liquidez de cada produto. A cada empreendimento será atribuída nota correspondente ao valor total de seus atributos qualitativos; assim, quando comparadas às notas dos empreendimentos competitivos do entorno, indica-se a capacidade de penetração de cada empreendimento.

A partir da caracterização de empreendimentos existentes, é possível impor meta de qualidade para um empreendimento pretendido atrelada à AQI. Essa combinação deverá conferir um menor grau de risco ao empreendimento planejado.
Este artigo integra pesquisa mais abrangente que constitui dissertação de mestrado em andamento no programa de Pós-Graduação de Engenharia Civil da Escola Politécnica da USP.

de AndradeLima, Flávia Schmidt, Gilson Pereira de Lima, and Marcia Danielle d Su. "KPIs com valores individualizados e aderentes às características específicas das unidades operacionais na avaliação de desempenho dos gestores de facility e nas estimativas dos custos de operação de empreendimentos de base imobiliária." In 18ª Conferência Internacional da LARES. Individualized target KPIs adherent to the specific characteristics of the operational units in the facility managers performance rating and properties operational cost estimating. São Paulo, 2018.

O custo de operação é fator significativo no desempenho financeiro de empreendimentos de base imobiliária, correspondendo a cerca de 80% do custo acumulado ao longo da vida útil de cinquenta anos, enquanto o de construção corresponde a menos de 20%. Estimar com precisão os custos de operação ainda na fase de estudo de viabilidade contribui para um investimento seguro. Na fase operacional, uma gestão de facility eficiente é essencial para o controle do custo de operação das edificações que, em empreendimentos de base imobiliária, influencia no preço de locação da ABL, tão menor quanto maiores as taxas condominiais. O uso de KPIs (Key Performance Indicator) para avaliar o desempenho dos gestores é prática comum. A maioria deles baseia-se em taxas de consumo de recursos (funcionários, material de limpeza, água, etc) por área construída.

Entretanto, o consumo de recursos por área construída de uma edificação depende de características específicas da própria edificação. Um exemplo é a quantidade de seguranças por área em um shopping. Quanto mais estreito e labiríntico o mall, mais funcionários serão necessários para supervisionar uma mesma área total. Isso se dá porque o trabalho de segurança é realizado por rota, considerando a amplitude visual. Diante de tal variabilidade, é um desafio comparar o desempenho de gestores de facility de unidades operacionais distintas. A cobrança de metas únicas, obtidas pela média dos KPIs das diversas unidades, é inadequada pois fixa metas inalcançáveis para unidades com maior consumo de recursos justificada por suas características enquanto premia consumos que, apesar de baixos, pode ser excessivo para uma unidade que não tenha características que os justifique.

Este artigo propõe a utilização do tratamento estatístico múltiplo para a identificação dos parâmetros populacionais das variáveis explicativas do custo operacional, resultando modelos que contribuam para estimativas precisas na fase de estudo de viabilidade, avaliação justa e eficiente dos gestores em exercícios findos e a identificação de oportunidades de redução do custo de operação em exercícios futuros.

Wiersma, Simon, Dr. Michael Heinrich, and Prof. Dr. Tobias Just. "La Aplicación del Análisis Clúster en los Mercados Inmobiliarios." In 18ª Conferência Internacional da LARES. The Application of Cluster Analysis on Real Estate Markets. São Paulo, 2018.

La política monetaria expansiva en los Estados Unidos y Europa condujo a la inflación de los precios de los activos convencionales. En la búsqueda de activos con rendimientos que compensen por el ambiente de bajas tasas de interés, muchos inversores cambian su enfoque hacia los bienes raíces. Económicamente, Alemania es el país más poderoso de Europa y se considera un puerto seguro para las inversiones. Simultáneamente, los bienes inmuebles alemanes son asequibles por comparación europea y, por lo tanto, atraen a más y más inversionistas nacionales y extranjeros. Entre otros, hay una característica distinta sobre el mercado inmobiliario alemán: No es monocéntrico, como los mercados en Francia con París y en el Reino Unido con Londres. La estructura policéntrica del mercado inmobiliario alemán es resultado de la división del país en el siglo XX y de la organización federal del país. Este último asegura la existencia de varios centros económicos en todo el país. Existe un esquema(el llamado “ABCD- esquema” de bulwiengesa) comúnmente aplicado en Alemania para desglosar yclasificar el mercado inmobiliario de Alemania. Basado exclusivamente en el tamaño del mercado y la liquidez, resulta inadecuado cuando se trata de identificar oportunidades y riesgos en tiempos de política monetaria no convencional y aumento de los precios. Presentamos un nuevo enfoque para la clasificación del mercado que proporciona comprensión sobre el grado de segmentación del mercado alemán y ayuda a los inversores nacionales y extranjeros a evaluar mejor las oportunidades y los riesgos. Según nuestro consentimiento, no existen estudios previos en Alemania que usen el análisis de clúster convencional para la gestión de inversiones inmobiliarias y la gestión de carteras.

Neves, Pedro B. Borba. "Mercado Imobiliário Carioca: o que os últimos anos podem falar sobre os próximos." In 18ª Conferência Internacional da LARES. LARES. São Paulo, 2018.

Os principais indicadores relativos ao mercado imobiliário apontam que os imóveis mais caros do Brasil estão na cidade do Rio de Janeiro, realidade essa facilmente percebida pela sua população. Nos últimos 9 anos a cidade passou por fases bastante distintas, desde o boom imobiliário até a grave crise financeira dos dias atuais.

Inicialmente veio a euforia de grandes investimentos financeiros devido à chegada da Copa do Mundo e dos Jogos Olímpicos, tendo a cidade passado por inúmeras obras e intervenções em sua infraestrutura urbana, bem como a criação de novas políticas de segurança pública, além da liquidez financeira propiciada pelos elevados royalties da produção de petróleo.

Após a euforia chegou a ressaca: a cidade passou, e ainda passa, por grandes desafios, tanto no campo político quanto no campo econômico. O Rio está figurando nas páginas policias exibindo desde crimes violentos até crimesde "colarinho branco” com seus últimos Governadores presos ou respondendoa processos; a taxa de desemprego é das mais altas do país, com o Estado extremamente endividado passando por dificuldades em pagar os salários dos funcionários ativos e inativos.

Diante deste cenário pitoresco, com tantos altos e baixos, o comportamento futuro do mercado imobiliário é uma grande incógnita.

Entender como se comportaram, e se correlacionaram, os principais índices de preços de imóveis e os negócios imobiliários realizados com as oscilações nos valores do mercado internacional do petróleo, as taxas de juros oficiais brasileiras, os índices de Valores de Garantia Imobiliária e índices da construção civil, nos permitirá averiguar o "gap" entre os preços ofertados e os valores das transações efetivadas, jogando alguma luz nas questões relativas a este futuro tão nebuloso.

Filgueiras, Lia Chaves Gom, and Marcelo Augusto Farias de Castro. "METODOLOGIA DE ANÁLISE DA COMPOSIÇÃO DE CARTEIRAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO EFICIENTES E CONSERVADORAS." In 18ª Conferência Internacional da LARES. METHODOLOGY OF ANALYSIS OF THE COMPOSITION OF PORTFOLIOS OF EFFICIENT AND CONSERVATIVE INVESTMENT FUNDS. São Paulo, 2018.

O grande número de investimentos no mercado imobiliário brasileiro nos anos de 2010 a 2012, gerou uma expansão imobiliária no país, todavia nos anos seguintes o Brasil enfrentou uma crise que afetou a econômia, atingindo o mercado imobiliário diretamente. Apesar dos problemas enfrentados no país os Fundos de Investimento Imobiliário disponibilizam diversas oportunidades para os investidores. Porém, são ativos que possuem risco, sendo fundamental indentificar e mensurar o nivel de risco do fundo para que o investidor verifique quais atendem ao seu perfil e resultam no retorno esperado. Este trabalho é um estudo que objetiva elaborar e aplicar uma metodologia de análise que utiliza a Teoria de Markowitz para comparar o risco e retorno de Fundos de Investimento Imobiliário e com a combinação desses fundos formar carteiras de fundo imobiliário eficientes e conservadoras. Para isso será executado combinações de dois fundos de shopping e dois fundos de escritórios que obtiveram maior valorização no ano de 2017 com 2 fundos de shoppings e 2 fundos de escritórios que não obtiveram uma grande valorização, simulando, assim, diferentes carteiras possíveis, oferecendo diversos níveis de retorno e risco, adequando a escolha ao perfil do investidor. Os resultados dessas combinações irão esclarecer o impacto que uma aplicação baseada em somente em indíces recentes podem não garantir um retorno futuro desejado, sendo mais vantajosa uma combinação de fundos variados com grau de risco e retorno adequado, disponibilizando uma carteira eficiente.

de Oliveira, Paulo Sérgio, and João Paulo Monetti. MY PLACE: Student Housing In 18ª Conferência Internacional da LARES. LARES. São Paulo, 2018.

Uma abordagem moderna com à implantação e operação de moradia, com serviços de hotelaria para estudantes Oportunidade de Investimento inovadora, com ótimo retorno e de baixo risco

da Silva, Fernanda Antunes Batista. "Normas de Avaliação: uma comparação entre a norma internacional e a norma brasileira no contexto imobiliário." In 18ª Conferência Internacional da LARES. Valuation Standards: a comparison between the international standard and the Brazilian standard in the real estate context. São Paulo, 2018.

As avaliações de diferentes ativos são amplamente utilizadas em diversos setores e em vários contextos. A crescente globalização dos negócios faz com que seja necessária a existência de padrões internacionais para que as avaliações possam ser conduzidas e entregues com transparência, consistência e credibilidade. Além disso, em função da integração do mercado imobiliário com o mundo financeiro, seja através de fundos ou incentivos ao desenvolvimento, existe uma demanda de atendimento de normas específicas, dentre elas a norma internacional de avaliação. O International Valuation Standards Council (IVSC) é a entidade reconhecida que produz as normas internacionais de avaliação, conhecidas como International Valuation Standards (IVS). No entanto, apesar da existência destas, ainda há as normas locais que, por vezes apresentam variações em relação a norma internacional que podem causar confusões para investidores internacionais e desassociações normativas. No Brasil, a norma responsável por fornecer as diretrizes para o trabalho de avaliação é a NBR 14653 – Avaliação de bens, elaborada pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). O objetivo deste estudo é comparar as referidas normas para o avaliador brasileiro entender seus requisitos e o modo de funcionamento da atividade num cenário internacional e assim, se manter competitivo no mercado e ampliar seu horizonte de possibilidades.

Azevedo, Giselle Arteiro. "O custo das decisões arquitetônicas no projeto de empreendimentos imobiliários." In 18ª Conferência Internacional da LARES. The Cost of Design Decisions in Real Estate Development Projects. São Paulo, 2018.

O projeto de arquitetura é importante definidor dos resultados econômicos de um empreendimento imobiliário, seja por sua contribuição na precificação das unidades em função da qualidade e aproveitamento dos espaços projetados, seja por sua participação no comprometimento dos custos de construção, fortemente dependente das decisões tomadas no desenho e especificações dos projetos. A formação do arquiteto e urbanista, é muitas vezes alheia à essa questão, não sendo incomum existirem arquitetos formados que não compreendem o papel central da arquitetura no processo de desenvolvimento de um produto imobiliário.

O artigo apresenta a experiência da disciplina “Relação Teoria e Prática”, que incluiu o Real Estate no currículo da graduação em Urbanismo da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Com o subtítulo “O Custo das decisões arquitetônicas”, a disciplina teve foco no comprometimento do custo de construção das edificações desde as primeiras decisões do projetista, ainda no estudo de massa, sensibilizando os alunos para a participação das características geométricas da edificação nesse comprometimento.

Com caráter teórico-prático, a disciplina baseou-se em três exercícios. No primeiro os alunos foram desafiados a identificar o custo de diferentes projetos, todos de mesma classificação tipológica, por meio das suas características geométricas, simulando o processo de tomada de decisão de um projetista entre diversas soluções possíveis para um projeto na fase de concepção. No segundo exercício os alunos revisitaram projetos por eles desenvolvidos ao longo do curso, levantando as características geométricas dos projetos e utilizando-as para estimar os respectivos custos construção. Por fim, no terceiro exercício os alunos buscaram as correlações entre as características geométricas e os custos de uma amostra de 31 projetos de empreendimentos imobiliários internacionais. O objetivo da disciplina é contribuir para a formação de projetistas capazes de avaliar os custos de suas decisões, desde o estudo de massa de empreendimentos imobiliários.

de Souza Silva, Osvaldo Luiz, Alice Brasileiro, and William Lima Leão. "O inadequado uso da Inferência Estatística: um estudo de caso de terrenos locados na Cidade Universitária – UFRJ no Rio de Janeiro." In 18ª Conferência Internacional da LARES. The inadequate use of Statistical Inference: a case study of land leased in the University City - UFRJ in Rio de Janeiro. São Paulo, 2018.

Avaliações para a locação de terrenos peculiares por seu tamanho e localização, na Ilha do Fundão, Cidade Universitária/UFRJ, Rio de Janeiro, é o tema deste artigo. O objetivo é a apresentação de caso no qual a inferência estatística foi inadequadamente utilizada, e a consequente necessidade de mudanças de procedimentos que esse entendimento ensejou. Os terrenos possuem grandes dimensões, perto de 200.000,00m2. Entre 2017/2018, a proposta apresentada por um locatário foi baseada na inferência estatística, a partir de uma ‘nuvem’ com valores de 200 imóveis de diferentes regiões da cidade, o quegerou distorções. Uma das principais razões foi a grande diferença entre as áreas, desproporcionalmente menores nos dados amostrais. No mesmo sentido, muitos dados se apresentavam diferentes por considerarem benfeitorias em seu valor ou diferenças ligadas às suas localizações. Uma das questõesenfrentadas foi a utilização da curva ‘área versus valor locatício’ com reduzida significância para o caso.Desse modo, o uso da inferência estatística se mostrou inapropriado, pela exigência do uso de um grande número de dados, tarefa difícil, pela especificidade dos avaliandos. Assim, respeitando-se a NBR-14.653- 2/2011, foi mantido o Método Comparativo Direto de Dados de Mercado, optando-se, de comum acordo (locador/locatário), pelo tratamento por fatores (fonte/área/localização). Embora haja quase um consenso geral de que inferência estatística seja mais contundente, relegando o tratamento por fatores a algo menos preciso, não há mecanismos que garantam uma análise mais verdadeira dos dados utilizados. Com isso,dos 200 imóveis que faziam parte da ‘nuvem’, os cálculos passaram por um refinamento, reduzindo a amostra para 5 desses e, ao final, para 15 imóveis, incluindo-se mais 10 de outra busca, fato que produziu valores menos distorcidos. A definição do valor foi finalmente decidido em acordo, a partir de dois valores exaustivamente trabalhados por dois caminhos diferentes, restando a visão de que a interferência estatística permanece como uma ferramenta que pode mascarar resultados, quando for inadequadamente utilizada.

Ribeiro, Rayana Gama. "O papel do grafite no mercado imobiliário, como agregador de valor e transformador local." In 18ª Conferência Internacional da LARES. The role of graffiti in the real estate market, as a value aggregator and local transformer. São Paulo, 2018.

Existe em grande número estudos a respeito da apropriação do espaço público por meio de grafites e pichações, sendo constantemente analisado no ponto de vista do artista da intervenção e sua motivação. Entretanto, alguns autores das áreas de ciências sociais aplicadas e ciências humanas têm se debruçado no conceito de “apropriação estética” como valorização e atração de um lugar através do uso da publicidade da vida marginalizada. Assim, acredita-se que análises dos grafites sob a ótica desse pensamento possa trazer resultados interessantes para a compreensão da relação com o mercado imobiliário e a sua associação de valor. Este trabalho tem como objetivo compreender a relação entre o grafite e o mercado imobiliário, através da valorização, ou não, de um edifício, via ou bairro. Respondendo a seguinte questão: o grafite pode ser usado no mercado imobiliário como agregador de valor e transformador local? O objeto de estudo utilizado para a análise parte de intervenções em áreas, antes degradadas, e agora revitalizadas. Sendo aplicada nos murais de: Boulevard Olímpico do Rio de Janeiro - RJ, Wynwood Walls de Miami – FL, Beco do Batman em São Paulo – SP, Salvador – BA e Castelo Kelburn na Escócia. A partir do revisão bibliográfica dos conceitos levantados; da análise dos estudos de caso, com a avaliação da valorização ou não imobiliária ; relacionando-os com a procura desses espaços, para compra e venda ou de turismo ; e como resultado, concluiu-se a relevância do grafite na revitalização desses espaços e o seu potencial como ferramenta de valorização no mercado imobiliário.

Perbeils, Henriette S., and Mauro Cesar O. Santos. "O potencial do Selo Casa Azul na produção de habitação de interesse social sustentável." In 18ª Conferência Internacional da LARES. The potential of Selo Casa Azul in the production of sustainable low-income housing. São Paulo, 2018.

O surgimento do Selo Casa Azul expedido pela Caixa Econômica, principal banco financiador da produção habitacional, corrobora a tendência da construção de empreendimentos habitacionais sustentáveis, inclinação que também alcança o setor da habitação de interesse social, por gerar redução de gastos com moradia, qualidade na vida do usuário e diminuição no impacto ambiental. Sob esse ponto de vista, este artigo busca analisar o potencial do Selo Casa Azul na produção de habitação de interesse social sustentável. Para avaliar esse potencial, destacam-se dois empreendimentos já certificados pelo Selo em nível ouro: O edifício HAB 2 na comunidade da Babilônia, no Rio de Janeiro e o Condomínio E e G na comunidade de Paraisópolis, em São Paulo. Com base na análise dos critérios que foram alcançados e em tabelas elaboradas, verificam-se os quesitos em comum, bem como os mais relevantes para a conquista do selo em nível ouro. Ademais, é realizada uma comparação entre o Selo Casa Azul e a Norma 15575 – Edificações Habitacionais – Desempenho, com o propósito de identificar similaridades entre os quesitos do selo e os critérios da norma. Como resultado, sistematiza-se os pontos em comum detectados. Dessa maneira, observa-se que o Selo Casa Azul pouco se aproxima da NBR 15575, e nos dois empreendimentos analisados, o Condomínio E e G conquistou maior número de critérios, porém concentrou-os em uma única categoria. O edifício HAB 2, embora obteve menor quantidade de critérios, conseguiu distribuí-los de maneira mais uniforme e equilibrada, não priorizando uma única categoria. Por fim, conclui-se que o Selo é uma ferramenta importante na inserção de empreendimentos destinados à habitação de interesse social no contexto das edificações sustentáveis.

de Almeida, Isabela Baracat, and Roberto Righi. "O programa Minha Casa Minha Vida na produção imobiliária: São Paulo de 2009 a 2017." In 18ª Conferência Internacional da LARES. The Minha Casa Minha Vida program in real estate production: São Paulo from 2009 to 2017. São Paulo, 2018.

O Programa Minha Casa Minha Vida, o chamado PMCMV, foi lançado em março de 2009 pelo Governo Federal tendo como principal objetivo a redução do déficit habitacional por meio do incentivo à compra de imóveis. O programa foi desenhado para atender três porções distintas da população, estabelecendo três faixas, que vão da renda mínima familiar de R$ 1.800,00 até R$ 7.000,00 como arrecadação máxima da faixa 3. Desde então o programa se expandiu tanto do ponto de vista financeiro como quanto territorial, trazendo consigo os diversos agentes imobiliários que atuavam em outros segmentos e também novos players que surgiram durante o período. Segundo o Secovi, por meio das informações da Embraesp (Empresa Brasileira de Estudos do Patrimônio) houve uma recuperação do setor imobiliário no ano de 2017, representando cerca de 48% superior à 2016. Das mais de 28 mil unidades lançadas na cidade de São Paulo, as características que predominaram foram as enquadradas no Programa Minha Casa Minha Vida. Vê-se claramente a representatividade da produção de imóveis“econômicos” dentre a relevância do setor, mudando seu mapa de atuação que nos anos 2000 traziam osimóveis de alta renda como protagonistas. Por meio das informações fornecidas pela Embraesp, Caixa Econômica Federal e CBIC – Câmara Brasileira da Indústria da Construção, o objetivo do presente estudo é evidenciar a produção de empreendimentos pertencentes ao PMCMV, seus agentes e produtos, durante o período e traçar as principais mudanças e questões políticas e urbanas que tiveram ressonância ao fato.

Navarro, Fabricio Alonso Richmond, and Pedrita Fernanda Silva. "O VALOR DA SUSTENTABILIDADE PARA OS STAKEHOLDERS DE PROJETOS IMOBILIÁRIOS." In 18ª Conferência Internacional da LARES. The value of sustainability for stakeholders of Real Estate projects. São Paulo, 2018.

A construção civil é uma atividade que gera grandes impactos ambientais pelo alto consumo de recursos naturais requeridos para a implantação e operação de seus projetos. Diante disso, tem sido demandado pelo mercado de real estate a incorporação de Sistemas de Avaliação de Desempenho Ambiental (SADA) como um indicador de sustentabilidade nos empreendimentos. Neste contexto, o trabalho aborda a temática de investir nesses indicadores e expõe como seu valor é gerado a partir do tipo das relações dos stakeholders do mercado imobiliário. Mesmo admitindo que as pesquisas mostram que a sustentabilidade pode ter benefícios aos seus usuários e gerar lucros para os stakeholders nas diferentes etapas de um projeto, porém, existe o risco de que os resultados obtidos nesses estudos não sejam alcançados com sucesso. Conclui-se que o investidor deve avaliar os custos incididos e os riscos para cada caso em particular, sabendo-se queessa performance não pode ser aplicada como “receita” em qualquer empreendimento, esperando sempre retornos favoráveis.

Ali, Khuloud, and Virginia Vasconcellos. "Os Mega Projetos Imobiliários e Seus Impactos Sociais. O Caso da Ilha Palm Jumeirah." In 18ª Conferência Internacional da LARES. LARES. São Paulo, 2018.

Após Cingapura, Vancouver e Xangai terem vivenciado um forte crescimento e desenvolvimento urbano, Dubai, também testemunhou um desenvolvimento urbano mais rápido. Desde o início de 2001, Dubai tem se esforçado para remodelar sua forma urbana e se juntar à lista das principais cidades globais. Seus megaprojetos, únicos, são uma força motriz no desenvolvimento econômico local. A alta renda derivada da venda de petróleo permite aos cidadãos alcançar altos níveis de renda e qualidade de vida. Políticas flexíveis de Dubai desempenham um grande papel para atrair vários fluxos migratórios. Cerca de 80-90% dos habitantes dos Emirados Árabes Unidos são estrangeiros, o que acarreta sérios desafios para a sustentabilidade política, econômica, social e cultural do País. O objetivo deste trabalho é estudar os efeitos sociais que aparecem por causa desses megaprojetos imobiliários, tendo a Ilha Palm Jumeirah como exemplo. Um estudo de campo foi necessário, devido à falta de pesquisas similares anteriores. Visitar e observar a ilha, diariamente, permitiu uma análise mais apurada da situação que acomete os moradores locais, levando-nos a buscar entender como este processo migratório interfere na sociedade local. Avaliar como se dá a integração população local- imigrantes, e como a população original entende esta fluxo populacional, com hábitos e costumes tão diferentes. A pesquisa foi realizada a partir dessas visitas e contatos com a população local, além de buscas em material bibliográfico e iconográfico sobre o processo migratório em Dubai. Os resultados mostraram que a Ilha Palm Jumeirah, foi planejada pela elite econômica e política, enquanto a população local, não foi consultada sobre seus reais interesses e demandas e não participou do processo de tomada de decisões. Da mesma forma, esta situação gerou uma nova mudança social na localidade e formaram uma nova categoria social, que não necessariamente está ligada a questões econômicas e sim a questões culturais.

Affonso, Cláudia, and Emília Malcata Rebelo. "Os novos desafios do planejamento urbano em contextos de crescentes processos de financeirização." In 18ª Conferência Internacional da LARES. The new challenges of urban planning within the scope of increasing financialization processes. São Paulo, 2018.

A tarefa de prover um solo urbanizado tem se tornado um desafio cada vez mais complexo frente ao crescimento populacional desenfreado das grandes cidades. As projeções, a curto e médio prazo, apontam para o agravamento desta situação prevendo, até 2050, uma população global superior a nove bilhões, com um maior crescimento nos países em desenvolvimento (Overseas Development Institute 2015).

Mediante este desafio e a pressão para a promoção de infraestruturas, bens e serviços públicos, os governos municipais têm encontrado dificuldades para lidar com as questões fiscais e orçamentárias do planejamento urbano. Os processos de globalização, desregularização econômica, descentralização e privatização e, os emergentes processos de fragmentação e polarização social, econômica e espacial, também têm colaborado para o agravamento deste cenário.

Neste contexto, algumas cidades desenvolveram capacidades negociais e instrumentais para atrair investimentos de capital financeiro para solucionar os problemas de restrição orçamentária municipal e dar respostas às necessidades locais. Os projetos de desenvolvimento urbano têm sido apontados como o grande palco para a atração do capital global. Para tal, a inovação de instrumentos financeiros e a combinação entre vários deles tem sido a esperança para o desenvolvimento economicamente sustentável de grandes áreas da cidade.

No entanto, sob a influência e pressão do mercado de capitais, alguns pesquisadores apontam que tais projetos e instrumentos podem ser responsáveis por uma descontextualização do ambiente construído e das necessidades locais, colocando as cidades como reféns de um processo de financeirização do ambiente construído e das políticas urbanas. Assim, mediante este cenário, torna-se necessária uma reformulação no processo de se planejar e formular novas políticas e instrumentos urbanos.

Bello, Angelo Augusto Caldas, Dayana Bastos Costa, and Thiago Augusto Caldas Bello. "PANORAMA DO SETOR DE REAL ESTATE EM SALVADOR - BA." In 18ª Conferência Internacional da LARES. Real Estate Overview at Salvador/BA. São Paulo, 2018.

Salvador é a quarta maior cidade em população do Brasil, possui um dos 15 maiores PIBs do país, sendo 6% destes referentes ao mercado da construção. Apesar de o mercado imobiliário local ser relevante, há uma demanda de formação de profissionais e de estudos voltados para a abrangência da indústria do Real Estate que sejam aplicados à realidade da cidade, para que se melhor compreenda e analise as circunstâncias do mercado local. Este trabalho buscou posicionar Salvador no cenário nacional em relação ao nível atual de desenvolvimento do setor de Real Estate, acompanhado de projeções para o desenvolvimento do setor para a cidade. Essa análise foi realizada em diferentes mercados brasileiros, tendo como principal referência a cidade de São Paulo e de cidades com características socioeconômicas semelhantes a Salvador, como Recife e Fortaleza. O método de pesquisa englobou análises dos bancos de dados das entidades setoriais, como ADEMI, CBIC, SINDUSCON e entrevistas com profissionais de relevante atuação no mercado soteropolitano. A conclusão principal desta pesquisa é que Salvador possui um mercado imobiliário residencial maduro e com forte tradicionalismo, entretanto, no mercado de base imobiliária, ações ainda são necessárias para um maior amadurecimento setorial e desenvolvimento do negócio Real Estate, passando principalmente pelo processo local de formação de profissionais no setor. Destaca-se também as recomendações para futuras pesquisas na área, visto o número limitado de publicações do segmento para a área.

Borges, Elcileni de Melo, Aristides Moysés, and Celene Cunha Antunes Monteiro Barreira. "Política pública habitacional e produção do ambiente construído: o caso Goiás e a Goiânia city contemporânea (a metrópole do cerrado)." In 18ª Conferência Internacional da LARES. LARES. São Paulo, 2018.

Partindo da premissa de que a produção das cidades no Brasil vem se alterando profundamente no período recente (anos 2000), tendo na produção do ambiente construído o principal vetor das transformações socioespaciais, este paper analisa e procura empreender uma síntese dos impactos evidenciados na urbes metropolitanas de Goiânia (capital do Estado de Goiás). Entre os principais fatores determinantes desse processo, consideram-se: as alterações no circuito imobiliário, no contexto da globalização financeirizada; o dinamismo do mercado imobiliário nacional no período pré-crise 2015 (considerado um dos melhores países para investimento, entre 2009 e 2013, pela AFIRE); a reestruturação da política pública de habitação, a qual promoveu expansão dos subsídios e dos financiamentos (via fundos estatais aportados ao setor privado) e a retomada da provisão pública a partir dos programas Crédito Solidário, PAC Urbanização e Minha Casa Minha Vida. No caso de Goiás, esse dinamismo soma ainda as ações do programa estadual Cheque Moradia (crédito outorgado de ICMS para construção, melhoria/ampliação de moradias), reformulado em seu arcabouço normativo visando amparar as parcerias com o Governo Federal (via “Cheque Complemento”).

Esse conjunto de fatores desencadeou uma série de transformações urbanísticas, como: o deslocamento da habitação social para áreas perimetropolitanas; a produção do segmento econômico de imóveis nas bordas da cidade e a “periferização da verticalização”, a partir do MCMV/PNHU, com a presença de grandes Incorporadoras (MRV, Tenda, PDG, Rossi, Living, Viver, entre outras); que somadas ao modismo de lançamentos de novos bairros planejados nas imediações de parques urbanos; à verticalização alto padrão, tanto residencial quanto business (life style, mixed use e lajes corporativas) e aos imponentes CHFs (a “periferia rica”), vemconsolidando um novo padrão de urbanização (“morfológico expandido”), de segregação residencial, novos modos de morar, novas sociabilidades e a metropolização da jovem capital do cerrado

de Freitas Filho, Antonio Exdras Gomes, and Marcelo Augusto Farias de Castro. "Proposta de Desenvolvimento de um Índice Imobiliário como Ferramenta de Acompanhamento do Mercado Regional." In 18ª Conferência Internacional da LARES. Proposal for the Development of a Real Estate Index as a Tool for Monitoring the Regional Market. São Paulo, 2018.

Em meio à volatilidade do mercado imobiliário brasileiro apresentado através do dinamismo dos cenários na última década, onde se vivenciou momentos antagônicos nesse período, a falta de informações mais detalhadas e qualificadas dificultou um melhor e mais adequado posicionamento dos players desse setor. Apesar da importância do setor da construção na economia nacional, faltam indicadores que explicam com maior abrangência os comportamentos dos mercados regionais. Essa abrangência propicia uma melhor verificação o comportamento das ofertas e demanda de imóveis novos em diferentes momentos da conjuntura. Isso ocorre, principalmente, pela ausência de dados quantitativos, contidos em séries temporais, obtidos com transparência e de fácil acesso aos stakeholders desse setor. Desse modo, é comum a utilização de indicadores que não refletem, necessariamente, as reais condições dos mercados locais, dificultando uma melhor explicação dos movimentos para a atração de novos investimentos. Com o intuito de contribuir com essa análise, desenvolveu-se um indicador, utilizando dados referentes a vendas e preço das unidades ao longo do tempo, a fim de representar com maior exatidão o desempenho das negociações em cada período. Esse modelo foi criado a partir de adaptações do cálculo aplicado no Ibovespa, com metodologia de fácil entendimento e aplicação, para proporcionar a facilidade de interpretação e difusão desse índice em outros mercados. A validação desse indicador foi com base em amostra obtida a partir do levantamento de dados de imóveis novos, de 250 obras e 60 construtoras, com diferentes tipologias e localização, no período de 2015 e 2017, em Fortaleza-CE. Esse estudo pode contribuir para a identificação de regiões potenciais e elaboração de estratégias mais assertivas de investimentos no mercado imobiliário.

Porto, Mariana Aderaldo, and Marcelo Augusto Farias de Castro. "Proposta de metodologia para desenvolvimento de brownfields revitalizados." In 18ª Conferência Internacional da LARES. Proposal of methodology for the development of revitalized brownfields. São Paulo, 2018.

Brownfields são áreas marrons, campos escuros, ociosos ou em subutilização. São antigas construções industriais ou comerciais que, atualmente, são produtos do dinamismo econômico e social ao qual as cidades estão inseridas. O processo esperado de cada cidade é o crescimento de atividades econômicas e surgimento grandes empreendimentos imobiliários. Este movimento desencadeia o adensamento e intensificação de determinadas áreas e, concomitante, abandono e degradação das outras – os brownfields. Estas áreas, no entanto, são dotadas de rugosidades sociais, capazes de aderir à contemporaneidade da região e dar espaço a parques e passeios públicos, complexos residenciais e comerciais e espaços culturais– os brownfields revitalizados. Revitalizar é atribuir nova função ou vida. Dessa forma, após o processo de revitalização, os brownfields recebem a missão de contribuir com a paisagem urbana, criando um urbanismo pós-industrial. O presente trabalho buscou apresentar e sequenciar a cadeia de valor para propor o desenvolvimento de um projeto direcionado às aglomerações ociosas, partindo do estudo de leis regionais e municipais, assim como histórico da cidade e análise de valor agregado do terreno, viabilizando uma estrutura capaz de direcionar gerenciadoras, incorporadoras, setor público e partes interessadas, permitindo a replicação em diferentes escalas de projetos de revitalização urbana. Os resultados obtidos fazem parte de um processo de compilação de informações levantadas e seis diferentes habilidades. A correta aplicação destas habilidades aumenta as chances de sucesso em uma ampla série de projetos diferentes. As habilidades, então, são conhecidas por: (i) Iniciação, (ii) Formulação, (iii) Planejamento e Estrutura, (iv) Execução, (v) Monitoramento e Controle e (vi) Encerramento. Ao final, ressalta-se a importância de revitalizar aglomerados urbanos ociosos e as habilidades estratégicas que possibilitaram tornar estas regiões em brownfields revitalizados, projetos-modelos capazes de serem replicados em diversas modalidades e regiões do mundo.

Heinrich, Michael, and Thomas Schreck. "The Interest Rate Sensitivity of Institutional Real Estate Investments." In 18ª Conferência Internacional da LARES. LARES. São Paulo, 2018.

Real estate is known for high risk-adjusted returns and its diversification qualities. However, apart from traditional volatility-based risk measures, institutional investors also have to manage the interest rate risk of their portfolios. In practice, the interest rate sensitivity of the assets must be matched with the interest rate sensitivity of the companies’ liabilities. Regulation standards like Solvency II incentivize life insurance companies to minimize their interest rate risk exposure by requiring large amounts of economic capital to cover remaining interest rate risk. Furthermore, the current low interest environment raises the question of how sensitively real estate assets react to positive interest rate shocks. We estimate the interest rate sensitivity of real estate empirically, using a panel regression model. We find a strong link between the level and the term structure of market interest rates and the valuation of real estate. By dividing our sample into different subsamples, we identify both interest shock sensitive and interest shock robust submarkets. To the best of our knowledge, this is the first study analyzing the influence of interest rate shocks on real estate valuations based on actual portfolio data of a major life insurance company.

Furtado, Fernanda, and Isabela Bacellar. "Transferência do Direito de Construir: bases para a regulação municipal a partir da avaliação de questões na implementação." In 18ª Conferência Internacional da LARES. Transfer of Building Rights: bases for municipal regulation from the evaluation of implementation issues. São Paulo, 2018.

Este artigo trata da regulação e implementação do instrumento de política urbana denominado como Transferência do Direito de Construir (TDC) pelo Estatuto da Cidade (Lei Federal n.10257 de 10 de julho de 2001), disponível para ser adotado pelos municípios brasileiros, mediante lei municipal baseada em seus Planos Diretores. A lei federal define a TDC em linhas gerais, em seu artigo 35, como a autorização do poder público ao proprietário de imóvel urbano, a exercer em outro local, ou alienar, o direito de construir previsto no plano diretor ou em legislação urbanística dele decorrente, quando o imóvel for considerado necessário para determinados fins públicos. O trabalho parte da explicitação e discussão de algumas das principais questões que surgem quando da implementação do instrumento para cada uma das finalidades previstas. Para tanto, são apresentados os resultados de estudo sobre experiências de implementação da TDC em cinco municípios: Porto Alegre/RS, com a utilização da TDC na implantação de uma nova avenida perimetral; Natal/RN, em um caso de proteção ambiental; Nova Lima/MG, em um caso que passa pela doação de terreno, para fins ambientais; Curitiba/PR, que faz uso da TDC para preservação de seu patrimônio cultural; e Salvador/BA, onde a TDC foi implementada para fins de regularização fundiária. O estudo realizado revela que as questões presentes na implementação do instrumento são principalmente advindas de lacunas nas legislações municipais e de entendimentos equivocados dos propósitos da TDC, de suas potencialidades e seus limites. Esses resultados são então tomados como bases para uma elaboração sobre a regulação municipal do instrumento, com foco nos elementos essenciais a serem considerados para a implementação da TDC como instrumento coadjuvante da política urbana municipal.